CPADNews

Igreja evangélica é incendiada e bombeiros são baleados após apagar chamas, no Chile

Depois que os bombeiros apagaram as chamas da Igreja Metodista em Las Cardas, seu caminhão foi atacado com tiros e pedras

Igreja evangélica é incendiada e bombeiros são baleados após apagar chamas, no Chile

Uma igreja evangélica, que também serve como casa pastoral no Chile, foi incendiada na quinta-feira passada (22). Membros do Corpo de Bombeiros que tentavam apagar as chamas também foram atacados.

A Igreja Metodista em Las Cardas, na comuna de Victoria, foi incendiada por volta das 23 horas (horário local). Depois que o Corpo de Bombeiros conteve as chamas, seu caminhão foi atacado com tiros e pedras por desconhecidos que fugiram.

O comandante do Corpo de Bombeiros de Victoria, Álvaro León, disse ao jornal chileno Araucanía Diario que o crime ocorreu quando eles voltavam do incêndio.

Um bombeiro foi baleado uma das mãos e ferido com vidro em um dos olhos. Ele recebeu atendimento médico e passa bem.

A Igreja Metodista é localizada a apenas 50 metros de outra igreja, a Comunidade Católica Pailahueque, que foi alvo de incêndio criminoso em 11 de abril. Dentro da paróquia há também uma escola, que foi totalmente destruída pelas chamas.


Bombeiros foram atacados a tiros e pedras por desconhecidos. (Foto: Reprodução/BioBioChile)

O chefe da Polícia de Araucanía, o general César Bobadilla, repudiou os atos de violência ocorridos nos últimos dias na região.

“Ninguém pode pensar que queimando igrejas, escolas, agredindo civis inocentes, pode encontrar a solução para seus problemas”, disse Bobadilla, reiterando que estes são atos violentos e covardes.

Ele também lamentou o incêndio à igreja e o atentado contra os bombeiros que voltavam do trabalho. “Quando o carro-tanque da 3ª Brigada de Incêndio de Victoria voltava ao seu quartel, ele foi covardemente atacado com tiros contra o caminhão e as pessoas. Eu insisto, é um ato repreensível e condenável, que deixou um ferido”.

 

Fonte: Guiame / Foto: Twitter/APRA Chile (27.04.21)