Colunistas

Pr. José Wellington

Pr. José Wellington

Deus nos amou primeiro

Qui, 14/02/2013 por José Wellington

 

Eu convido o prezado leitor a meditar comigo na seguinte mensagem extraída da Carta de Paulo aos Romanos: “Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores” (Rm 5.8). Aqui, o apóstolo estabelece uma das mais importantes doutrinas da Bíblia e, mais à frente, mostra os resultados da justificação pela fé.

Alguns comentaristas afirmam que esta Carta é a mais detalhada exposição do Evangelho da Salvação. Nela, seu autor destaca o resultado do amor de Cristo. Tenho ouvido grandes ensinadores falarem, e também tenho falado, do amor de Jesus, mas confesso que nestes anos exercendo meu ministério
pastoral, ouvindo e divulgando o amor de Deus, eu ainda não consegui ouvir ou dizer tudo o que representa para a humanidade a grandiosidade do amor de Deus.

Quando estudamos a biografia e o ministério de Jesus, conseguimos identificar a personificação do amor, porque Seu ministério foi voltado inteiramente aos seres humanos. O homem sempre foi carente do grande amor de Deus. Podemos observar que ao longo da narrativa exposta pelos evangelistas, alguns acontecimentos nos enchem de satisfação, por nos darem a chance de conhecer a maneira como Jesus ama a cada um de nós. E quando eu observo a Igreja, procuro compreendê-la como uma amálgama de seres humanos formando um Corpo.

A Igreja é um organismo de composição a mais complexa possível, porque o nosso Deus não faz acepção de pessoas. O apóstolo Paulo escreveu a Timóteo e disse que o plano de salvação é universal, ou seja, para todo o mundo. O Senhor deseja que “todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade”.

Por meio de Jesus, nós somos alcançados pelo amor de Deus, somos acoplados ao Corpo de Cristo e passamos a sentir a vida que emana da Cabeça, que é Cristo, em Seu Corpo, que é a Igreja na face da Terra.

O crente sente-se fortalecido, porque a sua força é proveniente de Jesus: “Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu na cruz sendo nós ainda pecadores”. Esta é a prova do grande favor de Deus, e porque fomos alvos dessa graça, nossos nomes figuram no Livro da Vida. Meu conselho para você é este: ame a Jesus. Entregue sua vida a Ele!

4 comentários

Felipe ramom de Araujo Gomes

Até hoje eu tento entender o por que JESUS me ama, sempre fui rebelde e pecador ,mas mesmo assim ele ainda morreu por mim na cruz , cuida de mim a cada passo que dou para que eu não corra o risco de cair , por isso que a cada dia eu acordo e digo eu TEAMO meu DEUS ,dou graças a ELE por tudo, e ainda assim é pouco se for comparar com o que ELE fez para todos nós . "Oh porque JESUS me ama , eu não posso te explicar ..."

Ricardo Gonçalves Martin

Éssa foi a maior decisão da minha vida e até hoje posso glorificar ao SENHOR por tudo que tem feito na minha vida e de minha familia . paz !

marcos da silva pereira

nossa que palavra é essa tem vez que nós lemos só que passamos batido nas cartas de paulo, o que eu mais gostei foi o que o pastor José Wellington disse que "DEUS fez um grande favor por nós" nossa essa cortou meu coração, quase chorei agora, DEUS eu te amo muito obrigado.

josias fogaça da silva

q palavra maravillosa me sinto amado por DEUS ainda mais au ler esta mensagen meu PASTOR DEUS continui a usar poderosamente em suas mão

Deixe seu comentário







Perfil

José Wellington Presidente do Conselho Administrativo da Casa Publicadora das Assembleias de Deus (CPAD), Presidente da Igreja Evangélica AD em São Paulo, Min. do Belém e Presidente Convenção Fraternal e Interestadual das Assembleias de Deus do Ministério do Belém no Estado de São Paulo (Confradesp).

COLUNISTAS

ARQUIVO