Colunistas

Pr. José Wellington

Pr. José Wellington

Uma visita incomparável e para ficar

Qui, 01/11/2012 por José Wellington

 

Desejo compartilhar com o prezado leitor uma mensagem extraída de Salmos 106.4, que diz: “Lembra-te de mim, Senhor, segundo a tua boa vontade para o teu povo; visita-me com a tua salvação”. Ao ler essa passagem bíblica, recordo-me que, certa vez, um de nossos governantes aceitou o convite para visitar a minha residência para um almoço. Na ocasião, tive todo o cuidado em preparar a refeição e tornar o ambiente agradável para o visitante. Mas, recebi um telefonema dando conta de que, por motivos alheios, o compromisso teria de ser cancelado.

O Salmo supracitado, fala da ansiedade de um homem que convidava o Senhor para ser seu visitante. Desejo falar nesta oportunidade que não existe uma visita mais ilustre para o ser humano do que a presença de nosso Deus. Por que, então, não abrir as portas do lar para que Ele venha fazer morada? Se um amigo importante é motivo de alegria e prazer, e investimos no conforto de nossa casa para que o visitante se sinta bem, imagine a pessoa a quem estamos nos referindo: o grande e soberano Deus, o Deus maravilhoso que, acima de tudo, concentra em Suas mãos o controle de toda a criação!

O Senhor tem como objetivo estar junto ao ser humano. Cito, como primeiro exemplo, a origem do homem, quando este ainda morava no Jardim do Éden. A Bíblia revela que, no crepúsculo, o Criador se aproximava e mantinha comunhão com o primeiro casal. Que visita maravilhosa! Certamente Adão e Eva sentiam o máximo prazer em recepcionar Deus no paraíso e dialogar com o Senhor. Mas, mesmo após a Queda, não foi apenas Adão que recebeu a visita do Altíssimo. A Bíblia registra outros incidentes como este: Abraão, que foi surpreendido na porta da sua tenda, local em que o patriarca entrava em colóquio com Deus. Em contrapartida, o Senhor também visitou Ló, que estava sentado à porta de Sodoma - este não é um lugar para receber a presença de Deus.

Quantas pessoas não se encontram dessa maneira: pensando em ter um encontro com Deus? Aqueles mais cuidadosos entram no templo, recolhem-se dentro de si, procuram consagrar a sua vida para ter um encontro com o Senhor, mas outros se distanciam de seu Deus. Alguns buscam os folguedos mundanos e, mesmo lá, ainda manifestam o desejo de suplicar a presença divina. Mas, eu quero dizer-lhe que o Senhor é santo, e Ele somente vai habitar no lugar onde a Sua presença possa se fazer sentir. O homem no pecado necessita saber que sempre será alvo do amor de Deus, porque Ele ama o ser humano, porém deve saber também que Deus odeia o pecado. Alguns perguntam: “Como posso receber Deus em minha vida?”, e eu respondo: "É somente você abrir seu coração e entregar a sua vida a Jesus, deixando que Ele seja o Senhor da sua vida". No livro de Apocalipse 3.20, está escrito: “Eis que estou à porta e bato”. Deus está batendo na porta de seu coração, e deseja fazer morada em sua vida e no seu lar!

4 comentários

canuto borges leal

Que mensagens boa

Lúcia Reis Maia

A Paz do Senhor! Que Deus continue fazendo de ti este GRANDE ESCRITOR iluminado. Tenho uma admiração enorme pelo seu trabalho. Lúcia Reis

João Paulo

Veja só que importante

Ricardo Gonçalves Martin

graças e DEUS por esta palavra e que possamos anunciar mais este evangelho para que JESUS venha ser morada permanente em muitos corações .

Deixe seu comentário







Perfil

José Wellington Presidente do Conselho Administrativo da Casa Publicadora das Assembleias de Deus (CPAD), Presidente da Igreja Evangélica AD em São Paulo, Min. do Belém e Presidente Convenção Fraternal e Interestadual das Assembleias de Deus do Ministério do Belém no Estado de São Paulo (Confradesp).

COLUNISTAS

ARQUIVO