Colunistas

Pr. Elienai Cabral

Pr. Elienai Cabral

Prevenindo-se das heresias (Parte III)

Seg, 14/05/2012 por Elienai Cabral

Nesta série de estudos sobre as seitas apresentaremos tão somente aquelas principais destacando suas principais doutrinas para dar aos leitores uma visão panorâmica dos perigos que ameaçam a nossa fé e como evitá-las. Neste artigo, destacaremos, inicialmente, as Testemunhas de Jeová.

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ

Fundada em 1874, nos Estados Unidos da América do Norte, por Charles Taze Russell, o qual era advindo do adventismo. Discordando dos ensinos adventistas resolveu interpretar por conta própria as Escrituras. A partir de então nasceu a “SociedadeTorre de Vigia”e “Arauto da Presença de Cristo”. Suas doutrinas discordantes confrontavam com os ensinos da Bíblia e sua idéia sobre a inspiração da Bíblia seguia a teoria da “inspiração progressiva” que acreditava que o que vale das Escrituras são as idéias e os pensamentos contidos na Bíblia e não as palavras. Admitia que a Bíblia pode sofrer mudanças porque a sua inspiração é dinâmica e progressiva. Com esta idéia, Russell se achava com o direito de modificar as doutrinas bíblicas de acordo com as suas conveniências e heresias. Contrariava, portanto, a inspiração verbal e plenária das Escrituras. O criador dessa seita falsa morreu em 1916 e assumiu em seu lugar um juiz chamado Joseph Franklin Rutherford, o qual deu continuidade à organização deixada por Russell. Rutherford exerceu forte liderança sobre os membros dessa nova seita e desenvolveu fortemente as suas doutrinas. Na verdade, uma doutrina instável e contraditória ao longo da sua história. O nome “Testemunhas de Jeová”foi usado pela primeira vez pelos membros dessa sociedade em 1931.


SUAS PRINCIPAIS OBRAS

Para divulgar suas idéias, Russell escreveu muitos artigos e livros, ajudado por tantos outros que aceitaram suas doutrinas. Entre as principais obras das TJ estão: a "Bíblia Tradução Novo Mundo" ( uma tradução pobre e com o propósito de fortalecer suas idéias absurdas); "Estudos nas Escrituras"; "A Verdade vos tornará livres"; "Do Paraíso Perdido ao Paraíso Recuperado"; "Cumprir-se-á, então, o mistério de Deus"; "Caiu Babilônia, a Grande"; "A verdade que conduz à vida eterna". Todos esses livros são editados e publicados em mais de 95 idiomas e só as revistas "Sentinela" e "Despertai” são editadas para mais de 10 milhões, para a maior parte do mundo.

PREDIÇÕES FALSAS DE RUSSELL

(1) Russell declarou que os Tempos dos Gentios terminaria em 1914, referente a cidade de Jerusalém e à Palestina na Grande Tribulação. Passaram-se 90 anos e esse tempo ainda não cumpriu-se. Segundo seus cálculos, os Tempos dos Gentios iniciaram no ano 606 a.C. e haveria de continuar por 2520 anos, terminando em 1914.

(2) Declarou que o Cristianismo seria destruído até 1914. (3) Predisse que a Batalha do Armagedom aconteceria em 1915. (4) Predisse que o Papado da Igreja Romana teria sua queda em 1914. (5) Declarou que o milênio começou no ano 1873. Depois corrigiu esse número para 1874. (6) Declarou que a 2ª. Vinda de Cristo aconteceu em 1874. (7) Declarou que os mortos em Cristo ( a igreja) ressucitaram em 1878. (8) Declarou que a 2ª. Vinda de Cristo iniciaria na “colheita”, a última grande colheita de almas e terminaria em 1915. Todas estas delcarações e previsões escatológicas contém erros de interpretação, de datas e locais. Referem-se, antes de tudo, a um tempo futuro, a maioria relativa à Israel. Ao longo dos anos de suas atividades heréticas, tanto Russell quanto Rutherford fizeram declarações absurdas e torceram a Palavra de Deus.

SUAS PRINCIPAIS HERESIAS

(1) Negam a doutrina da Trindade tenazmente em todos os seus escritos. Mt 3.16,17; Mt 28.19; Jô 15.26; 1 Pe 1.2. (2) Negam a Divindade de Jesus Cristo ( Jô 10.30; 17.21; 14.8,9; Cl 2.9; Rm 9.5; Tt 2.13; Hb 1.3,8,9. (3) Negam a ressurreição corporal de Cristo, afirmando que o Cristo ressurreto não era o mesmo Cristo humano, mas que era um espírito invisível. Lc 24.39-43; Jô 20.25-27; At 1.9. (4) Negam a personalidade e a divindade do Espírito Santo. At 8.29 ( fala); Rm 8.26,27 ( intercede); Ef 4.30 (tem sentimentos); At 16.6,7; 13.2 ( ordena, dirige as pessoas); 1 Co 12.11 ( tem vontade própria); Rm 15.20 ( ama). (5)Ensinam que apenas os 144 mil irão para o céu, e o restante viverá aqui na terra no período milenar. (6) Negam a existência da alma imortal depois da morte. A Bíblia indica plena consciência do ser humano após a morte ( 2 Co 5.8; Lc 23.43; Fp 1.23; Lc 16.19-31). Estas doutrinas das TJ além de errôneas e perniciosas, tem produzido grande confusão na cabeça de pessoas simples, especialmente, aquelas que pouco contato tem com a Biblia. É indiscutivelmente, uma seita diabólica que deve ser desmascarada.

2 comentários

Eder

Na minha opinião essa é a mais diabólica das seitas heréticas que se dizem cristãs.

Xavier Campos Joaquim

Grandes alertas!Que Deus abençoe!

Deixe seu comentário







Perfil

Elienai Cabral Pastor Elienai Cabral é conferencista, teólogo, membro da Casa de Letras Emílio Conde, comentarista de Lições Bíblicas da CPAD, membro do Conselho Administrativo da CPAD e autor dos livros “Comentário Bíblico de Efésios”, “Mordomia Cristã”, “A Defesa do Apostolado de Paulo – Estudo na Segunda Carta aos Coríntios”, “Comentário Bíblico de Romanos”, “A Síndrome do Canto do Galo”, “Josué – Um líder que fez diferença”, “Parábolas de Jesus” e “O Pregador Eficaz”, todos títulos da CPAD.

COLUNISTAS

ARQUIVO