Anterior

ANTERIOR

Quase 550 igrejas evangélicas foram fechadas em um semestre, na China

22/09/2020

Universo Cristão

Sequência de “A Paixão de Cristo” será o `maior filme da história mundial´, diz ator

O ator revelou que já recebeu o que seria uma pré-edição do filme, enviada por Mel Gibson

Fonte: Guiame, com informações da CBN News - Imagem: Youtube / Reprodução | 14/09/2020 - 10:10
Sequência de “A Paixão de Cristo” será o `maior filme da história mundial´, diz ator

Uma sequência de "A Paixão de Cristo", de Mel Gibson pode estar se aproximando do início do lançamento. O ator que interpretou o papel de Jesus, Jim Caviezel, diz que o filme pode ser lançado em breve.

De acordo com o site americano Breitbart, Jim Caviezel revelou: "Mel Gibson acabou de me enviar o terceiro ‘rascunho’ [do filme]. Está chegando. Chama-se 'A Paixão de Cristo: Ressurreição'. Vai ser o maior filme da história mundial".

A sequência, que se concentrará na ressurreição de Cristo, continuará de onde o outro filme parou, conforme Jesus ressuscita da morte para a vida logo após a crucificação.

Em 2004, o filme arrecadou US $ 612 milhões em todo o mundo com um orçamento de produção de US $ 30 milhões e foi o filme de maior bilheteria na América do Norte.

Caviezel explicou que sua carreira de ator deu uma guinada única depois de interpretar Jesus em A Paixão de Cristo.

"Tive de lutar para sobreviver", disse ele a Breitbart. “O filme explodiu. Estava fora das paradas. Você pensaria, 'Oh, você vai trabalhar muito.' Não, não foi assim. Eu não estava mais na lista de estúdios. Isso se foi ... por causa do que eu faço como ator. Essa é minha habilidade e foi dado a mim por Deus. Eu não o dei a mim mesmo, mas é algo em que tenho um grande alcance".

Caviezel estrelou um programa de televisão de sucesso, intitulado “Person of Interest”, de 2011 a 2016 e o ??filme “Paulo, Apóstolo de Cristo em 2018.

Apesar do filme ter um efeito negativo em sua carreira, Caviezel considera sua fé o mais importante.

"Eu realmente senti que a fé era muito maior do que a indústria e Hollywood, e maior do que o Partido Republicano ou Democrata ou qualquer coisa assim", acrescentou.

No início deste ano, Caviezel disse à Fox News que filmes baseados na fé são essenciais hoje em dia, mas a oposição dentro da indústria cinematográfica aumentou.

"É tão importante neste momento", explicou o ator. "Esses filmes não podem ser feitos agora. Os filmes que eles fazem são filmes da Marvel Comics. Você verá o Superman. Você não verá Jesus ... Eu tenho que interpretar o maior super-herói que já existiu".

Uma possível data de lançamento para a sequência ainda não foi divulgada.