Anterior

ANTERIOR

Homem paralisado por 9 anos volta a andar após entregar sua vida a Jesus

13/08/2020

Universo Cristão

Cristãos são exemplos de prevenção e otimismo durante pandemia

Crise econômica, falta de acesso à saúde e COVID-19 não desanimam seguidores de Jesus

Fonte: Portas Abertas | 14/07/2020 - 17:00
Cristãos são exemplos de prevenção e otimismo durante pandemia

A Portas Abertas contou a história de como os cristãos no Iêmen lutam para manter a confiança em Deus, mesmo diante do surto de COVID-19. Muitos seguidores de Jesus testemunharam que estão conseguindo vencer os medos e as incertezas por meio da oração e do relacionamento com Cristo. A nação enfrenta as consequências de uma guerra civil, que já dura seis anos, com o precário sistema de saúde, em que os pacientes suspeitos de coronavírus estão sendo expulsos dos hospitais e obrigados a voltarem para casa, onde morrem sem nenhuma assistência.

Outro fator que agrava a situação é a falta de conscientização da população que não empregou medidas de proteção, como o distanciamento social. Neste momento, os cristãos passaram a ser exemplo de prevenção. “Paramos de dar um beijo de saudação como estamos acostumados a fazer, e me sinto envergonhada porque as mulheres a quem eu visitava normalmente não entendem a importância do distanciamento social", disse uma senhora cristã.

Fé apesar da crise econômica

Um fator que também preocupa a população iemenita é a crise econômica, dificultando o acesso a alimentos, máscaras e artigos básicos para higiene. Todos vivem as consequências da COVID-19, mas cristãos como Hasan não se sentem abandonados em meio às dificuldades. "Apesar dessa pressão, sinto que Deus está comigo e com minha família e tenho certeza de que as portas dele não se fecharão, mesmo quando outras pessoas se recusarem a nos ajudar”, garante o cristão. Há pessoas que estão entediadas também por ficarem isoladas de parentes e amigos, mas até nesses momentos os seguidores de Jesus não perdem o otimismo.  “Muitos reclamam do vazio e do tédio por causa da necessidade de ficar mais em casa, mas achei uma oportunidade valiosa de orar e me aproximar de Deus”, comemora uma cristã local.

Apesar de não terem recursos que garantam um futuro seguro, os cristãos no Iêmen ensinam as igrejas ao redor do mundo a dependerem apenas do cuidado de Deus. "Eu e muitos outros estamos sentindo a grande pressão que a propagação deste vírus adicionou às nossas vidas. Então, percebo que nós temos esperança, que nos ajuda com a certeza de que amanhã será melhor. Se Deus quiser, passaremos por essa e por todas as ansiedades e medos que nos cercam”, conclui Naser, um cristão iemenita.