Anterior

ANTERIOR

Cristãos mostram marcas de torturas realizadas em prisões comunistas, na China

10/07/2020

Universo Cristão

Advogado distribui marmitas e evangeliza nas ruas em meio à pandemia: `Deus me exortou´

Wildson de Oliveira explicou que sentiu Deus falar com ele durante um momento de devocional, que ele deveria ajudar os mais necessitados

Fonte: Guia-me / com informações Jornal O Sollo / Foto: Arquivo Pessoal | 05/06/2020 - 14:20
Advogado distribui marmitas e evangeliza nas ruas em meio à pandemia: `Deus me exortou´

A pandemia do novo coronavírus tem gerado preocupação e medo de forma geral, mas também tem tocado o coração de muitas de muitas pessoas que se dispõem a estender a mão a quem precisa. É o caso de Wildson Dias Totoca de Oliveira, que desenvolveu com sua esposa, Jociane, um trabalho social, distribuindo cerca de 50 marmitas semanalmente nas ruas de Teixeira de Freitas (BA).

Conhecido pelos amigos simplesmente como Totoca - nome que inseriu em seu registro após decisão judicial - Wildson é advogado e reside há 41 anos na cidade baiana e desenvolveu esse projeto para ajudar pessoas situação de rua ou de maior vulnerabilidade socioeconômica.

“Infelizmente, veio a pandemia pela covid-19. Com ela, o mundo iniciou um terrível desgaste de toda ordem, inclusive, o financeiro, acarretando um acentuado número de pessoas muito necessitadas. Milhares de pessoas não tiveram acesso à ajuda governamental, em nossa cidade principalmente, guardadas as devidas proporções habitacionais“, contou ele em entrevista ao jornal O Sollo.

Totoca contou que em meados de 2018 foi tocado por Deus, que o mostrou atender os necessitados seria uma boa forma de evangelizar. Essa “exortação” divina, como ele mesmo explicou veio durante um de seus momentos de devocional, nos quais também elaborava mensagens bíblicas para enviar às pessoas.

“Como temos o hábito de clamar diariamente, fui exortado por Deus a ajudar as pessoas que passam por angústia e necessidade de alimentação. Foi o que fizemos”, acrescentou.

Ele também explicou que já tinha certa prática na cozinha e fazer as marmitas foi uma forma que encontrou de ajudar o próximo .

Totoca explicou que, na verdade, a ação já era realizada desde 2010, embora anteriormente uma vez por mês.

“Algumas sopas, pães, refeições sólidas, sem compromisso, apenas um desejo que já residia em mim”, contou.

O advogado explicou que a ação também é uma forma de agradecer a Deus por toda ajuda que recebeu quando chegou à cidade, cerca de 40 anos atrás.

“Tudo em gratidão ao Senhor pelos recursos que nos foram ofertados, desde que aqui cheguei, final da década de 70, tempo em que conheci várias pessoas influentes na cidade, dentre tantas, o saudoso pastor Amazias, grande servo do Senhor, pregador do Evangelho e outras atividades neste local. De igual modo, ao hoje pastor Jadilson, outrora proprietário das Farmácias Moraes“, lembrou.

Totoca também confessou que os recursos financeiros são poucos para atender a quantidade de pessoas que eles gostariam, mas, com a ajuda de outras pessoas, ele e sua esposa se sente feliz pela oportunidade de suprir a necessidade primária de alimentação daqueles que perambulam pelas ruas e a quem ele carinhosamente chama de “irmãos”.

“Assim, em cada marmita, escrevemos do próprio punho em fita adesiva, como sendo: ‘Jesus te ama’ e ‘Ora que tudo melhora’”, contou ele, lembrando que a marmita também é entregue com um pão francês.

O solidário advogado ainda lembrou que seus filhos residem nos Estados Unidos e, lá também realizam a mesma ação social do pai.

Ele finalizou, afirmando que seu trabalho social é “apenas uma minúscula parcela de contribuição, sobretudo, porque o Senhor já nos tem ajudado grandemente e inesgotáveis são as bênçãos do Senhor em nossas vidas”.