Anterior

ANTERIOR

Estudo de DNA diz que há descendentes de cananeus entre árabes e judeus atuais

29/05/2020

Universo Cristão

Ativista LGBT é preso após protesto em hospital cristão que atende pessoas com coronavírus

William Talen, de 69 anos, foi preso após tentar atrapalhar o trabalho do hospital de campanha montado pela organização cristã `Samaritan's Purse´ em Nova York

Fonte: Guia-me / com informações do Life Site News - Foto: NBC News | 08/04/2020 - 12:25
Ativista LGBT é preso após protesto em hospital cristão que atende pessoas com coronavírus

Um ativista LGBT expôs todo o seu ódio contra cristãos evangélicos, quando foi levado pela polícia do Central Park na tarde do último domingo (5). O ativista profissional William Talen, de 69 anos, foi preso no hospital de campanha contra o coronavírus, criado no icônico parque de Nova York pela Samaritan's Purse, uma organização internacional evangélica de socorro a desastres.

Talen, que ficou famoso por zombar de líderes cristãos, estava interpretando um papel como "Reverendo Billy", exibindo um penteado loiro, um terno rosa chocante e um colarinho enquanto ele plantava uma bandeira LGBT do lado de fora do hospital que dispõe de 68 leitos para atender pessoas infectadas com coronavírus.

Uma declaração do Departamento de Polícia de Nova York explicou que Talen "foi instruído a deixar a área, ele se recusou e começou a colocar sua bandeira em um mastro no chão".

Quando ele foi levado por seis policiais, Talen gritou com desprezo pela organização cristã, dizendo que eles próprios eram "o vírus".

"Eles são predadores", ele gritou. "Eles são cristãos apocalípticos de direita. Vocês precisam tirá-los da cidade de Nova York”.

"Faça o que puder para tirar essas tendas brancas de nossa cidade", ele continuou.

Mais tarde, Talen twittou um vídeo editado por ele mesmo, escrevendo: “Hoje eu tentei entregar uma bandeira do arco-íris ao hospital de campanha do Samaritan's Purse no Central Park. Franklin Graham e seu Exército dos Lordes estão aqui com sua agitação racista homofóbica. Ajude a conter o ódio”.

O tweet do ativista idoso recebeu uma resposta mista, com alguns leitores, como a notória estrela pornô Annie Sprinkle, 65 anos, criticando a organização cristã, mas muitos outros acusaram Talen de egocentrismo, prioridades equivocadas e de fazer policiais perderem tempo com sua detenção.

"A Samaritan’s Purse apareceu com equipamentos médicos e voluntários que estão arriscando suas vidas", escreveu um usuário. “Billy aparece com uma atitude ruim para fazer uma representação de pantera cor de rosa. Vá embora! Nova York precisa de médicos, não de encenações como essa”.

Segundo a NBC, Talen foi acusado de "resistir à prisão, obstruir a administração governamental, transgressão criminal e conduta desordeira".

Motivações

A objeção de Talen à Samaritan's Purse decorre de seu embates com o reverendo Franklin Graham, filho do falecido reverendo Billy Graham e o CEO da organização. Como um pregador cristão de alto nível que acredita na definição tradicional de casamento e que sexo fora do casamento tradicional é um pecado, Graham se tornou um bode expiatório para ativistas LGBT que desejam interromper a pregação dos valores cristãos. Antes da pandemia de coronavírus fechar todos os locais no Reino Unido, ativistas LGBT e autoridades civis pressionaram todas as empresas que realizavam a turnê de primavera de Graham na Grã-Bretanha para cancelar sua reserva.

A organização Samaritan's Purse também inclui uma referência a suas crenças bíblicas sobre o casamento em sua declaração de fé, dizendo:

“Acreditamos que o plano de Deus para a sexualidade humana deve ser expresso apenas dentro do contexto do casamento, que Deus criou o homem e a mulher como pessoas biológicas únicas, criadas para se completarem. Deus instituiu o casamento monogâmico entre homem e mulher como fundamento da família e estrutura básica da sociedade humana. Por esse motivo, acreditamos que o casamento é exclusivamente a união de um macho genético e uma fêmea genética. Gênesis 2:24; Mateus 19: 5-6; Marcos 10: 6-9; Romanos 1: 26-27; 1 Coríntios 6: 9”.

A organização também é pró-vida, afirmando que "a vida humana é sagrada, desde sua concepção até seu fim natural". Fundada pelo reverendo Bob Pierce em 1970, a fundação de ajuda humanitária oferece suprimentos e ajuda médica às comunidades que sofrem desastres naturais há cinquenta anos.

Em uma declaração à mídia, a Samaritan's Purse negou as acusações de que discriminaria pacientes que experimentam ou até baseiam sua identidade em suas atrações por pessoas do mesmo sexo.

"A Samaritan's Purse não discrimina as pessoas que ajuda, e temos um histórico de décadas que confirma isso. Não fazemos distinções sobre a religião, raça, orientação sexual ou status econômico de um indivíduo", afirmou o comunicado.

“Nossas portas no Hospital de Emergência em East Meadow estarão abertas a todos os nova-iorquinos que precisam de nossa ajuda. Estamos aqui para salvar a vida, que é preciosa aos olhos de Deus - e fazemos tudo isso no nome de Jesus", acrescentou.

Segundo o jornal independente do Reino Unido, Talen "foi preso mais de 50 vezes por protestar contra empresas como JP Morgan Chase, Disney e Starbucks".

Na segunda-feira, 2.738 pessoas na cidade de Nova York haviam morrido devido ao coronavírus COVID-19. De acordo com o Centro de Pesquisas Johns Hopkins, o número de mortos pelo vírus na cidade agora é de 3.485.