CPADNews

ONG dos EUA realizou 81 abortos para cada busca de adoção em 2019

Relatório anual da Planned Parenthood para 2018-19 mostrou que suas clínicas realizaram 345.672 abortos durante esse período

Relatório anual da Planned Parenthood para 2018-19 mostrou que suas clínicas realizaram 345.672 abortos durante esse período
ONG dos EUA realizou 81 abortos para cada busca de adoção em 2019

Novos dados que mostram que a gigante abortista ‘Planned Parenthood’ realiza 81 abortos para cada busca por adoção enfatizam a necessidade de retirar seu financiamento do governo, diz uma importante escritora pró-vida.

O relatório anual da Planned Parenthood para 2018-19 mostrou que suas clínicas realizaram 345.672 abortos durante esse período, mas foram responsáveis ??por apenas 4.279 buscas por adoção, resultando em uma proporção de 81 para 1. Embora isso seja uma melhoria em relação à proporção do relatório anterior (117 para 1), está mais alinhado com a proporção de 2016-17 (83 para 1).

Alexandra DeSanctis, escritora da National Review, disse que os dados devem impactar o debate sobre o financiamento do governo dos EUA sobre a Planned Parenthood. Ela observou que a organização também listou apenas 9.798 casos de serviços de pré-natal, o que resulta em uma proporção de 35 abortos para cada caso de pré-natal.

“Com base apenas nos relatórios da Planned Parenthood, seu financiamento federal deve ser retirado e redirecionado para organizações de saúde que realmente atendam mulheres, em vez de um grupo que lucra com o fim de um número crescente de vidas humanas inocentes, enquanto a taxa de aborto nos EUA continua a cair Escreveu DeSanctis.

De fato, a palavra "adoção" é listada apenas uma vez no relatório de 32 páginas, enqunto a palavra “aborto” é mencionada 48 vezes.

Os 345.672 abortos foram um recorde para a organização, que é a maior provedora deste tipo de procedimento no país. DeSanctis afirmou que o aborto é a principal "missão" da Planned Parenthood.

"No final do ano passado, os Centros de Controle de Doenças divulgaram seus dados para 2016, mostrando cerca de 623.000 abortos no ano e relatando que a taxa de aborto havia caído mais uma vez", escreveu ela. "Segundo as estatísticas do Centro de Controle de Doenças, a taxa de aborto nos EUA caiu cerca de 50% desde 1980. O Instituto Guttmacher, por sua vez, estima que houve cerca de 862.000 abortos nos EUA em 2017, o que explica que nem todos os estados relatam seus dados de aborto para o Centro".

"Com base nas estatísticas do Centro de Controle de Doenças, as clínicas da Planned Parenthood realizam mais da metade do total de abortos relatados nos EUA e, com base nos relatórios de Guttmacher, bem mais de um terço dos abortos anuais estimados a cada ano. Os executivos da Planned Parenthood insistem ritualmente que o aborto é apenas 3% dos 'serviços' do grupo - uma estatística cuidadosamente fabricada que foi considerada imprecisa e enganosa por empresas como Slate e Washington Post - mesmo quando o grupo realiza algo entre um aborto e outro", acrescentou.