Anterior

ANTERIOR

Homem se reconcilia com Deus ao encontrar Bíblia intacta após incêndio

08/10/2019

Próximo

PRÓXIMA

Pastor de igreja vandalizada perdoa e oferece ajuda aos vândalos

08/10/2019

Universo Cristão

Treinamento no Irã fortalece jovens líderes cristãos

Além de estudos bíblicos e aconselhamento pós-trauma, os participantes têm a oportunidade de estar com outros cristãos da mesma idade

Fonte: Portas Abertas | 08/10/2019 - 10:20
Treinamento no Irã fortalece jovens líderes cristãos

A colaboradora de campo da Portas Abertas, Sara, participou de uma conferência de treinamento em profundo sigilo para potenciais jovens líderes de contextos estritamente muçulmanos no Irã. No treinamento, conheceu alguns jovens que mostraram o quão importante é seu apoio para a igreja secreta. Eles parecem capazes de continuar adorando para sempre, cantando, chorando, pedindo oração e orando uns pelos outros. “Eu queria que você estivesse lá para ver quão importante é seu apoio, o quanto é importante poder ter esse tipo de treinamento. Como é valioso o ensino da Bíblia e o treinamento pós-trauma. E a importância desses jovens se encontrarem e terem a oportunidades de conversar com professores experientes. Há muito crescimento nesses treinamentos”.

Uma das jovens é Farideh, de 19 anos. Apesar de seus problemas, ela sabe que o Senhor está sempre ao seu lado. No meio do grupo, pode parecer bastante barulhenta, mas ao mesmo tempo, também é possível ver uma profundidade de dor em seus olhos escuros. Farideh é de um contexto estritamente muçulmano. Há apenas cinco anos, ainda cobria o rosto com nicabe, um véu em que apenas os olhos eram vistos.

Ela lidou, e ainda lida, com a depressão e uma situação familiar ruim. Em casa, sente que precisa carregar o peso de toda a família. Mas no encontro foi ouvida, teve pessoas orando por ela e aprendeu a como lidar com situações estressantes em casa e na igreja. Ela também cresceu e foi encorajada em seu chamado.

Com um pouco de vergonha, Farideh disse que queria ser conselheira de trauma para a igreja secreta. Ela deseja ajudar outros a processarem o trauma da perseguição e o estresse da vida de um cristão secreto. “No treinamento, aprendi a ouvir a voz de Deus. E o que aprendi aqui, irei compartilhar com aqueles ao meu redor. Minha vida é difícil, mas eu rendo tudo a Deus”, disse Farideh.

Encoraje cristãos presos no Irã

No Irã, os cristãos enfrentam uma pressão extrema. Muitos irmãos e irmãs, principalmente líderes de igrejas, são acusados e sentenciados a longos períodos de prisão. Outros ainda esperam o julgamento. Entre os presos está Ebrahim Firouzi, de 31 anos, acusado de “promover o sionismo cristão”. Ele está preso desde agosto de 2013 e foi sentenciado a mais de cinco anos de prisão. Outro caso é o de Nasser-Navard Gol-Tapeh, um iraniano convertido ao cristianismo que cumpre dez anos de prisão por “atividades missionárias”.

Já, o pastor Victor Bet-Tamraz foi preso junto com dois membros de sua igreja, em 2014, enquanto celebravam o Natal. Ele está em liberdade condicional, mas é difícil não saber se será chamado para cumprir sua pena, ou não. Shamiram Isavi Khabizeh, esposa de Bet-Tamraz, também apela contra sua sentença de cinco anos de prisão. Ela espera os resultados do recurso em liberdade condicional. Envie uma mensagem de encorajamento para esses cristãos, para que se firmem em Cristo durante esses dias tão difíceis. Ore para que os apelos sejam ouvidos e que, em breve, estejam em liberdade. Seu encorajamento os ajudará neste momento de incerteza.