Anterior

ANTERIOR

Projeto Nordeste para Cristo 2019 reúne cidades e povoados nos nove estados

20/09/2019

Universo Cristão

Líder da Lista Mundial da Perseguição desde 2002, Coreia do Norte, completa 71 anos

Para os norte-coreanos, o cristianismo é visto como ocidental e os cidadãos devem adorar somente a família Kim

Fonte: Portas Abertas | 09/09/2019 - 13:15
Líder da Lista Mundial da Perseguição desde 2002, Coreia do Norte, completa 71 anos

A história da Coreia do Norte começou no mesmo instante em que a Segunda Guerra Mundial acabou, em 1945. Neste ano, os japoneses foram expulsos da península coreana e forças soviéticas e norte-americanas ocuparam a área. Os soviéticos se estabeleceram ao norte e os americanos ao sul.

Formaram-se, então, dois países divididos que buscavam o direito sobre toda a península. No norte, uma nova Assembleia Popular Suprema foi eleita em agosto de 1948, e em 3 de setembro uma nova Constituição foi promulgada. A República Popular Democrática da Coreia foi proclamada em 9 de setembro, com Kim Il-sung como primeiro-ministro. Um regime de partido único, como o sistema soviético de governo, foi implantado no país e tem sido assim até hoje.

O Dia da Fundação da República Democrática da Coreia, realizada em 9 de setembro, é um dos feriados mais importantes do país, junto com o Dia do Sol (aniversário de Kim Il-sung), Dia da Estrela Brilhante (aniversário de Kim Jong-il) e Festa do Dia da Fundação. Atualmente, na Coreia do Norte não é 2019, mas o ano 108, em referência ao nascimento do líder Kim Il-sung.

A Coreia do Norte é, sem dúvidas, a nação mais fechada do mundo. No país, o cristianismo é visto como ocidental e hostil e se espera que os cidadãos adorem somente a família Kim, que governa o país desde sua fundação. Por isso, cristãos escondem a fé até mesmo da própria família temendo ser presos e enviados para campos de trabalho forçados.

O exercício da fé cristã em comunidade também é afetado, já que igrejas não podem existir, e reunir-se com outros cristãos é uma atividade perigosa, bem como ler a Bíblia ou expressar a fé cristã de qualquer maneira. Apesar da dificuldade em confirmar o número exato de cristãos em um ambiente altamente restritivo, a Portas Abertas estima haver cerca de 300 mil cristãos. Quaisquer que sejam os números, no entanto, as estatísticas mostram que a igreja secreta e doméstica está crescendo de forma lenta, mas firme. Você pode se lembrar dos nossos irmãos norte-coreanos hoje?

Capacite os cristãos norte-coreanos com material de estudo bíblico

Em meio a tanta perseguição e opressão, cristãos norte-coreanos precisam de uma fonte de vida e refrigério. E isso é possível por meio do estudo da palavra de Deus, que os fortalece e encoraja. Por intermédio da campanha de capacitação para a Coreia do Norte, é possível viabilizar que irmãos norte-coreanos recebam material de estudo bíblico. Conheça a campanha, e envolva-se!

Pedidos de oração

- Clame em favor de Kim Jong-un, que ele possa conhecer o único Deus verdadeiro. Peça por mudanças dentro do regime de governo norte-coreano.

- A situação dos cristãos é vulnerável no país. Peça pela proteção daqueles que enfrentam perseguição das autoridades, família, amigos e vizinhos.

- Interceda pelos cristãos que estão nas prisões, campos de trabalhos forçado e em áreas remotas. Ore para que tenham força e resistência e que eles consigam testemunhar de Cristo, independente das circunstâncias.