Anterior

ANTERIOR

Projeto Nordeste para Cristo 2019 reúne cidades e povoados nos nove estados

20/09/2019

Universo Cristão

Cristãos na Síria lidam com as consequências de uma guerra que já dura oito anos

Ore pelo país que é considerado o protagonista da `maior crise de deslocados no mundo´

Fonte: Portas Abertas | 09/09/2019 - 09:20
Cristãos na Síria lidam com as consequências de uma guerra que já dura oito anos

“Orem no Espírito em todas as ocasiões, com toda oração e súplica; tendo isso em mente, estejam atentos e perseverem na oração por todos os santos.” Efésios 6.18

No livro de Efésios, Paulo nos ensina a orar em todas as ocasiões e perseverarmos na oração por todos os santos. Hoje, nosso pedido é que você interceda por nossos irmãos e irmãs na Síria. O país é considerado protagonista da “maior crise de deslocados no mundo”, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU). Mais de metade da população síria antes da guerra – 22 milhões – deixou suas casas. Segundo a ONG Observatório Sírio de Direitos Humanos, 511 mil pessoas já morreram.

Além disso, a guerra, que começou como uma revolta popular em 2011, tem raízes mais profundas e complicadas do que costuma ser noticiado. Isso explica, em parte, porque o conflito evoluiu com rapidez para um conflito extremamente violento que já dura oito anos. Para apoiar os cristãos perseguidos na Síria, a Portas Abertas desenvolve vários tipos de projetos, como reconstrução de casas e igrejas, reabertura de escolas e bibliotecas, e microcrédito.

No entanto, há ainda uma grande necessidade de ajuda emergencial e distribuição de cestas básicas para os irmãos. Através de parceiros locais a Portas Abertas distribui alimentos para 15 mil pessoas na Síria. Sua doação possibilita que, em um mês, três cristãos recebam cestas básicas. É por isso que lhe convidamos a interceder pelo país.

- Ore por segurança nas ruas sírias. Infelizmente, incidentes de sequestros são comuns atualmente. Por exemplo, em junho, um homem cristão foi morto em uma vila fora de Alepo, e sua esposa e filha foram sequestradas. De acordo com fontes, isso foi feito por combatentes do Jabhat Al Nusta, um grupo extremista islâmico.

- Interceda pela recuperação econômica na Síria. Há pouco para comprar e vender, mercados estão vazios, mercadorias estão escassas e há pouca atividade de importação e exportação.

- Peça a Deus para que haja suprimento médico. Alguns remédios e instrumentos médicos não estão mais disponíveis devido às quantidades limitadas e à grande necessidade das pessoas. Vacinas, especialmente para recém-nascidos, estão acabando e, nestas circunstâncias, importar esse tipo de material não é a prioridade máxima. Além disso, convênios médicos são raros na Síria, somente as famílias mais ricas têm.

- Apresente a integridade em faculdades onde pessoas com contatos são facilmente bem-sucedidas, mesmo sem estudar. Atualmente, as perguntas são vendidas para pessoas com dinheiro ou dadas para estudantes que são parentes de professores. Estudantes dedicados que estudam muito não são apreciados ou mesmo reconhecidos.

- A Síria também tem problemas com o fornecimento de energia. Há escassez de combustível, gás e eletricidade. Por conta disso, as pessoas ficam muitas horas sem eletricidade, sentadas na escuridão de suas casas. Clame a Deus para que essa situação seja resolvida em breve.