Anterior

ANTERIOR

Cristãos sírios temem ser exterminados com invasão turca em seu país

21/10/2019

Universo Cristão

Cristão é multado por carregar Bíblias que seriam distribuídas entre os hmong, no Vietnã

Quan* enfrenta riscos para que mais pessoas possam ler a Bíblia

Fonte: Portas Abertas | 15/07/2019 - 12:00
Cristão é multado por carregar Bíblias que seriam distribuídas entre os hmong, no Vietnã

Após Quan, um ex-feiticeiro do Vietnã, passar a seguir a Jesus, começou a ler e aprender da Bíblia. “Para mim, a Bíblia é como água. Sem ela, eu não posso viver. É muito importante para as pessoas. Se elas não têm a palavra de Deus, talvez sua fé seja suavizada e voltem para seu antigo estilo de vida. A Bíblia é a palavra de Deus, uma palavra viva. Então quando lemos a Bíblia é como se conversássemos com Deus. Quando os hmong leem a Bíblia, se sentem próximos de Deus porque ela é uma lâmpada para guiar nossos pés no caminho. A Bíblia é como água e arroz, nos ajuda a permanecermos vivos”, explica.

O compromisso de Quan com a Bíblia significa que arriscaria qualquer coisa para ter a certeza de que ela abre o caminho das pessoas que lidera – e isso é um risco com consequências muito reais. Em teoria, distribuir uma Bíblia no Vietnã não deveria ser um problema. O governo do país tem sido criticado pela Organização das Nações Unidas (ONU) pela falta de liberdade religiosa, então autorizaram casas publicadoras a imprimir e publicar Bíblias na língua vietnamita e outras etnias, incluindo o hmong.

Mas, essas Bíblias são impressas em cidades e levá-las para cristãos em áreas rurais pode ser desafiador. O povo hmong é visto com grandes suspeitas pelo governo, já que lutaram contra as forças comunistas na guerra do Vietnã. Os cristãos hmong são tidos como ainda mais suspeitos, já que o cristianismo é visto como uma religião estrangeira.

Recentemente, Quan foi pego com 50 Bíblias hmong que não mostravam claramente onde foram impressas, o que é ilegal. “Não foi de propósito que eu carregava aquele tipo de Bíblia. Eu nunca tinha quebrado a lei antes e foi apenas um erro. Eles me disseram que seria multado”, conta. Mesmo se a casa publicadora estiver claramente impressa nas Bíblias, ele provavelmente teria sido multado por ser hmong e cristão. A multa foi de cerca de 250 dólares. Felizmente, Quan mantinha contato com um pastor local, apoiado pela Portas Abertas, que foi capaz de ajudar a ressarcir o valor da multa. Dessa forma, Quan foi capaz de se recuperar financeiramente.

Pedidos de oração

-    Apresente os cristãos vietnamitas que não têm acesso à Bíblia, que essa situação possa ser alterada.

-    Ore para que o governo permita que os cristãos tenham suas Bíblias de forma prática.

-    Peça para que ao ler a palavra de Deus a vida desses cristãos seja completamente transformada.