Anterior

ANTERIOR

Premiê de Israel quer discutir mudança da embaixada brasileira na posse de Bolsonaro

18/12/2018

Universo Cristão

`Deus me colocou no mundo com um propósito´, diz mulher que é fruto de estupro

Mãe da modelo Valerie Gatto foi estuprada aos 19 anos, mas criou sua filha com o apoio da família e da igreja

Fonte: Guia-me / com informações CBN News / Foto: Arquivo pessoal | 05/12/2018 - 15:15
`Deus me colocou no mundo com um propósito´, diz mulher que é fruto de estupro

O passado da modelo e ex-Miss Pensilvânia (EUA) Valerie Gatto não se tornou um empecilho para seu futuro. Sua mãe, Theresa, foi vítima de estupro aos 19 anos de idade e ela foi fruto da agressão sexual.

“Quando minha mãe conseguiu fugir, ele ia matá-la, mas surgiu um flash brilhante de luz e ele ficou com medo, ele não queria que ninguém visse o que ele estava fazendo com ela. Então, essa luz deu à minha mãe a oportunidade de escapar — se essa luz não aparecesse, ela teria sido assassinada”, disse Gatto ao site Trib Live.

Depois de descobrir a gravidez, Theresa decidiu não abortar a criança, mas criá-la com o apoio de sua família. Hoje, Valerie é graduada na Universidade de Pittsburgh e vencedora do concurso de beleza.

Embora sua vida tenha um início trágico, Valerie prefere se concentrar no lado positivo. “Eu vivo minha vida pensando nisso não como algo negativo, mas vendo como transformar algo negativo em positivo”, observou. “É uma história que pode inspirar muitas pessoas e, se eu for forte, posso inspirar muitas outras pessoas”.

Valerie destacou a importância da sua família e da igreja em sua vida. “Eu acredito que não deixei isso me afetar muito por causa da minha fé, por frequentar a igreja e ter uma família na igreja e um sistema de apoio próximo”, acrescentou.

A modelo conta que sua mãe não se arrepende de ter dado à luz, apesar da forma como ela foi concebida. “Ela sempre me dizia que eu era a sua luz e eu vejo isso no momento da concepção, quando houve aquela luz associada à escuridão”, explicou.

Valerie diz que confia em sua “espiritualidade e cristianismo” para ter a perspectiva correta sobre a vida e acredita que foi Deus quem salvou a vida de sua mãe.  “Eu sei que Deus me colocou no mundo com um propósito, e Ele é a razão pela qual minha mãe e eu fomos salvas”.