Anterior

ANTERIOR

Premiê de Israel quer discutir mudança da embaixada brasileira na posse de Bolsonaro

18/12/2018

Universo Cristão

Anel que pode ter sido de Pôncio Pilatos é encontrado perto de Jerusalém

Peça descoberta há 50 anos em uma escavação tem inscrição `de Pilatus´ em letras gregas, revelada em análises recentes de pesquisadores, de acordo com um artigo de `Israel Exploration Journal´

Fonte: O Dia / com informações AFP / Foto: Wikimedia/ Domínio Público | 03/12/2018 - 17:00
Anel que pode ter sido de Pôncio Pilatos é encontrado perto de Jerusalém

Datando de há cerca de 2.000 anos, o anel, que servia de selo, pode comportar uma das poucas menções escritas de Pôncio Pilatos de sua época, afirma a revista publicada pela "Israel Exploration Society" e o Instituto de Arqueologia da Universidade Hebraica de Jerusalém.

Foi descoberto em Herodion, um antigo palácio construído na época do rei Herodes, perto de Jerusalém e de Belém, uma cidade da Cisjordânia ocupada. O palácio serviu de fortaleza para os insurgentes judeus que se revelaram contra os romanos.

Os pesquisadores consideram que é pouco provável que o anel teria pertencido pessoalmente a Pôncio Pilatos. Pode ter estado em posse de um membro da administração dirigida por Pôncio Pilatos, ou por outra pessoa.

"Na medida em que a inscrição menciona Pilatos, a primeira ideia que vem à mente é que se trata de Pôncio Pilatos, governador da província romana de Judeia, entre o ano 26 e 36 d.C, na época do imperador Tibério", afirmam os autores no artigo.

Os pesquisadores ressaltam que o anel, "de metal e feito de uma liga de cobre", parece demasiado "comum" para ser do governador romano. Destacam, porém, que "o sobrenome Pilatos é incomum. Não é inconcebível que este anel pertença ao mesmo Pôncio Pilatos".

A única outra inscrição com o nome de Pôncio Pilatos, e que data da época em que era governador da Judeia, é uma pedra descoberta em Cesareia, na costa mediterrânea de Israel, diz em sua página on-line o Museu de Israel de Jerusalém, cuja coleção inclui essa pedra.