Anterior

ANTERIOR

Família é alcançada pelo evangelho no Chifre da África

10/12/2018

Universo Cristão

Quatro cristãos presos e 11 investigados na Índia

Todos são acusados de conversões forçadas em Jharkhand, estado onde vigora a lei anti-conversão

Fonte: Portas Abertas | 08/06/2018 - 17:00
Quatro cristãos presos e 11 investigados na Índia

A polícia do estado de Jharkhand, na região leste da Índia, prendeu quatro cristãos e está investigando outros onze sob acusação de conversões, informou a organização cristã de direitos humanos Christian Solidarity Worldwide (CSW). A prisão dos quatro cristãos é a primeira desde que o estado de Jharkhand adotou a lei anti-conversão, em setembro de 2017.

Tudo começou porque os moradores se opuseram ao casamento de um casal cristão que ia se casar no dia 30 de maio; eles consideraram a cerimônia cristã uma ofensa. Quando o casal levou o caso à polícia, junto com o pastor e seu assistente, todos foram levados sob custódia e “acusados sob a seção 4 do Ato de Liberdade de Religião de Jharkhand, que criminaliza conversões religiosas”, de acordo com CSW.

Os quatro estão presos e, se forem considerados culpados, podem ser condenados a três anos de prisão ou a pagar multa de 50 mil rúpias (equivalente a 2.900 reais). Ao mesmo tempo, a polícia do estado também está investigando outro caso envolvendo 11 cristãos. Eles foram acusados de envolvimento em conversões forçadas depois que se reuniram para orar em uma casa no vilarejo de Medhasai, no distrito de Chaibasa. Os 11 não foram detidos, mas fugiram por medo de ser presos.

Jharkhand é um dos sete estados indianos onde vigora a lei anti-conversão. O BJP é o partido no poder em seis desses estados. Líderes de igrejas protestaram contra o governo do BJP em Jharkhand quando a lei foi aprovada. Ore por nossos irmãos indianos, para que tenham sabedoria e força para lidar com a perseguição.