Anterior

ANTERIOR

Paquistão completa 71 anos de independência

14/08/2018

Universo Cristão

Pastor diz que tempo na prisão não foi um desperdício: `Compartilhei a mensagem´

Libertado da prisão em maio, Kim Hak Song usou seu tempo na prisão para evangelizar e orar

Fonte: Guia-me / com informações Religion News Service | 07/06/2018 - 16:00
Pastor diz que tempo na prisão não foi um desperdício: `Compartilhei a mensagem´

Um pastor chinês que foi libertado após um ano de prisão na Coreia do Norte falou sobre a oportunidade que teve de pregar o Evangelho na cadeia, apesar das circunstâncias difíceis.

Em maio de 2017, Kim Hak Song foi acusado por agentes do governo de promover “atos hostis” contra a Coreia do Norte. Quando questionou quais seriam tais atos, ele foi informado que seu crime era a oração.

O pastor contou sua história no último sábado (2) na Igreja Missão Oriental em Los Angeles, na Califórnia, em seus primeiros comentários públicos desde que foi libertado da prisão no dia 9 de maio.

Nascido na China, Song conseguiu cidadania nos Estados Unidos na década de 1990, mas retornou ao país de origem após ser ordenado pastor em 2004. Tempos depois, ele se mudou para a Coreia do Norte e passou a trabalhar em uma fazenda experimental da Universidade de Ciência e Tecnologia de Pyongyang.

O pastor negou às autoridades que estava violando as leis norte-coreanas, mas os oficiais mostraram um e-mail que ele havia enviado aos líderes da Igreja Missão Oriental, pedindo que orassem pelo povo da Coreia do Norte. Eles também comprovaram que ele liderava um grupo de oração todas as manhãs.

Embora tenha enfrentado o momento mais difícil de sua vida, Song está convencido de que seu tempo na Coreia do Norte não foi desperdiçado. Enquanto estava detido, um oficial pediu para o pastor escrever sobre o cristianismo. Ele começou com Gênesis, o primeiro livro da Bíblia.

“Fiquei grato por ter conseguido compartilhar a mensagem de Deus com essa pessoa”, celebra. Ele também conta que passou muito tempo durante sua detenção em oração. “Os milagres de Deus ainda acontecem. E a oração ainda é muito importante”.

Liberdade

Quando Song e outros dois norte-americanos estavam detidos na Coreia do Norte, o presidente Donald Trump aumentou a pressão sobre o país. Antes da cúpula entre as duas nações, planejada para acontecer na próxima terça (12), o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, iniciou um diálogo com Pyongyang e os três americanos foram libertados.

Song não sabia sobre as negociações entre EUA e Coreia do Norte, mas teve um sonho onde aparecia dentro do carro de Trump e recebia aplausos do povo americano. “O sonho se tornou realidade”, afirma. “Deus está andando com a gente”.