Anterior

ANTERIOR

EUA enviam novos reforços para ajudar cristãos perseguidos no Iraque

21/06/2018

Universo Cristão

Jovem cristã indígena curada do trauma da perseguição

Após a violência da perseguição, Ana María* experimentou o lento mas possível processo de restauração em Cristo

Fonte: Portas Abertas | 12/03/2018 - 12:00
Jovem cristã indígena curada do trauma da perseguição

Localizada no topo de uma montanha, a pequena cidade Cerros Altos é onde Ana e sua família se refugiaram durante a perseguição. Em notícia anterior, descrevemos os problemas que a família enfrentou. Ela se deslocou quatro vezes desde 2013 devido à perseguição das autoridades indígenas tradicionais que não aceitam sua fé. A jovem deixou a família durante muitos meses; eles apenas sabiam que ela estava trabalhando em uma fazenda. “Eu costumava ligar às vezes para saber como meus pais estavam e o que estavam fazendo. Quando eles perguntavam sobre mim, eu desligava. Eu sentia a falta deles, mas não sabia como voltar. Sentia que tinha virado as costas para Deus”, disse ela.

Em 2015, a Portas Abertas Colômbia soube sobre a perseguição à família Ríos e de toda a comunidade. Foi assim que Ana María iniciou um processo de atendimento psico-pastoral que procurou fortalecer sua identidade em Jesus através de acompanhamento e treinamento bíblico. A jovem cristã teve recaídas na fé porque sentia que havia perdido tudo.

No meio disso, a atenção da Portas Abertas não parou e ela continuou a receber ligações, visitas, orações e espaços para se encontrar com Deus. Passo a passo, Ana se reaproximava do Senhor. “Agradeço a toda a equipe pela dedicação, conselhos, orações, amor e sacrifício. Acreditem, se não fosse por Deus e seu amor, não conseguiria ter enfrentado esses tempos difíceis. Luta e lágrimas... tudo tem sido um processo”, ela disse.

O caso de Ana é evidência das consequências emocionais, físicas e sociais que a perseguição traz e também mostra como o amor de Cristo cura todas as feridas e até as transforma em combustível para a mudança e para um novo propósito. “Nos últimos meses, Deus falou muito comigo através da história de Jonas. Fiquei muito emocionada. Compreendo agora que não deveria fugir da presença de Deus. Vejo que é Deus quem cumpre o plano e o propósito que ele tem para a minha vida”.

* Nome alterado por segurança.

Força para recomeçar

Existem muitos esforços da Portas Abertas em países da América Latina para auxiliar os cristãos de comunidades indígenas. São feitos treinamentos diversos, mutirões de saúde, aconselhamentos pós-trauma e distribuição de material bíblico. Você pode se envolver com esses projetos e fazer a diferença na vida desses cristãos perseguidos. Saiba como clicando aqui.