Anterior

ANTERIOR

Legalização do aborto é aprovada pelo Parlamento da Irlanda

14/12/2018

Universo Cristão

Hindu lê a Bíblia pela primeira vez na prisão e se converte

Depois de ter seu primeiro contato com o Evangelho, Kesavan Balasingham se formou em um seminário e se tornou pastor

Fonte: Guia-me / com informações de Baptist Press | 09/03/2018 - 17:00
Hindu lê a Bíblia pela primeira vez na prisão e se converte

Um homem que foi criado no hinduísmo e conheceu a criminalidade ao se mudar para o Canadá, teve seu primeiro contato com o Evangelho na prisão e hoje prega para pessoas que estavam na mesma condição.

Nascido em Sri Lanka, Kesavan Balasingham foi preso aos 19 anos no Canadá após se envolver com uma gangue. “Na prisão, eu li a Bíblia pela primeira vez e entendi o Evangelho como uma Boa Nova”, disse ele ao site Baptist Press.

Ele passou a ser discipulado por Darryl McCullough, que fazia parte de ministério de visitas aos detentos. O jovem passou a estudar a Bíblia com dedicação e fez cursos universitários para se tornar um conselheiro.

“O Senhor me salvou muito cedo em minha jornada na prisão”, disse Balasingham. “Comecei a ter esperança de que Deus poderia usar a minha vida, da maneira que lhe agrada”.

Depois de cumprir sua pena, Balasingham continuou os estudos e se formou no seminário. Durante este tempo, ele se casou com Viji, que também veio do Sri Lanka, e juntos eles se envolveram em tempo integral no ministério.

Hoje Balasingham atua como pastor na mesma região onde ele teve uma juventude problemática. A Igreja Fellowship Church Rogue Park, que começou em sua sala de estar, em Toronto, tem como alvo os jovens que estão em situações semelhantes à sua.

Um dos membros da igreja é Gajan Raveendran, que já fez parte de uma gangue rival de Balasingham — ambos eram inimigos jurados durante a adolescência. Por causa da transformação de Cristo, os dois se tornaram grandes amigos.

Como muitos dos imigrantes da região, Raveendran passou a maior parte de sua vida procurando um lugar para pertencer. Ele se sentiu atraído pelo amor que existe entre os cristãos e passou a frequentar a igreja.

“O diabo sempre traz o passado à tona, para fazer você se sentir como se não conseguisse, fazendo você se sentir sem valor”, disse ele. No entanto, Raveendran percebeu que apenas em Cristo ele encontraria o caminho da vida.

Diante dos desafios vividos em uma sociedade multi-étnica em Toronto, Kesavan e Viji constantemente buscam a orientação de Deus para expandir o alcance da igreja. “Nós acreditamos que esta é a colheita onde Deus quer que trabalhemos, para orar, trabalhar e ver pessoas que não conhecem Jesus se tornando adoradores de Cristo”, afirma o casal.

“Nós temos o mundo ao redor de nós e eles têm suas religiões com eles. Nosso objetivo é apontar para o Evangelho, proclamando e demonstrando seu poder em nossas vidas, envolvendo a comunidade”, destaca o pastor.