Anterior

ANTERIOR

Premiê de Israel quer discutir mudança da embaixada brasileira na posse de Bolsonaro

18/12/2018

Universo Cristão

Polícia investiga incêndio à igreja no Quirguistão

Cristãos não acreditam na ação da polícia, que admite que incêndio foi causado por pessoas contrárias ao cristianismo

Fonte: Portas Abertas | 09/01/2018 - 17:00
Polícia investiga incêndio à igreja no Quirguistão

Na última sexta, publicamos sobre uma igreja que foi queimada no Quirguistão. O incêndio aconteceu na cidade de Kajisay, na região de Issyk-kul. A igreja consiste de cerca de 40 membros, entre quirguizes e russos. Agora eles estão procurando outro lugar para os cultos, estudos bíblicos, escola bíblica dominical e outras atividades desenvolvidas pela igreja.

Nossos irmãos também se preocupam com a segurança, pois ninguém sabe o que esperar daqueles que incendiaram a igreja, e receiam novas investidas. O caso foi divulgado na TV e rádio, causando comoção pública. A polícia já abriu uma investigação e a principal hipótese é de incêndio criminoso. Eles disseram: “É óbvio que foi um incêndio causado intencionalmente por aqueles que não gostam da igreja nem do cristianismo no meio de um país muçulmano”.

O estranho é que eles estão investigando quem deu dinheiro para comprar a igreja, quantos quirguizes frequentam a igreja e porque eles vão à igreja ao invés de ir à mesquita. Um dos cristãos locais disse à Portas Abertas: “Nós não acreditamos que a polícia vá encontrar e punir quem incendiou nossa igreja, mas nós os abençoamos e oramos por eles. Deus sabe quem foi”. Ore pelos nossos irmãos, para que justiça seja feita, que eles sejam guardados pelo Senhor e que continuem tendo sabedoria para lidar com a situação e achem um novo lugar para se reunir.