Anterior

ANTERIOR

Cristãos permanecem alertas após atentados na Nigéria

20/10/2017

Universo Cristão

Oito pastores são presos após cidade do Paquistão proibir cultos domésticos

Autoridades ordenaram o fechamento de igrejas domésticas após reclamações de muçulmanos

Fonte: Guia-me / com informações British Pakistani Christians | 11/10/2017 - 17:00
Oito pastores são presos após cidade do Paquistão proibir cultos domésticos

Os líderes protestantes de Bahawalpur (cidade do Paquistão localizada na província de Punjab) estão exortando o primeiro-ministro paquistanês, o Sr. Shahid Khaqan Abbasi, o Ministro Chefe de Punjab Mian Shahbaz Sharif e o Ministro do Interior do Paquistão para defender a Constituição depois que a administração local impôs restrições ao culto cristão na cidade.

As autoridades ordenaram o fechamento de igrejas domésticas em Balawalpur depois que os muçulmanos se queixaram de serem “perturbados” pelas orações cristãs. Alguns cristãos mantêm em toda a cidade seus cultos regulares nas casas de pastores e de outros membros até que eles possam pagar por um prédio e transformá-lo em uma igreja.

No entanto, quando eles se reúnem nessas localidades para orar, a força policial de Punjab está prendendo os pastores. Vários líderes foram presos sob esta campanha direcionada contra igrejas domésticas instigada pelo conselho do distrito e executada pela polícia de Bahawalpur. Entre os pastores, estão:

Rev. Arslan-ul-Haq
Rev. Munir Masih (Gospel of Salvation - Evangelho da Salvação)
Rev. Arshd Baghicha (Kings Jesus Pentecostal church - Igreja Pentecostal Rei Jesus)
Rev. Javad Veru (Pentecostal church - Igreja Pentecostal)
Rev. Mubashir Maqsood (United Presbysterian Church Pakistan - Igreja Presbiteriana Unida do Paquistão)
Rev. Patress Nawab Gill
Rev. Shoukat Masih
Rev. Arshad Rehmat (Gospel of Salvation - Evangelho da Salvação)

Comunidade cristã

Existem apenas quatro prédios de igrejas em Bahawalpur, que é a maior cidade do sul de Punjab. Estes edifícios históricos foram construídos antes da independência do Paquistão em 1947. Esses prédios agora não oferecem espaço suficiente para a comunidade cristã no município, dado outras restrições impostas.

As permissões para construir novos edifícios de igrejas na área não são concedidas se o local estiver a 200 metros de qualquer mesquita ou a 100 metros de uma residência muçulmana.

Os pastores de Bahawalpur querem que o governo do Paquistão tome medidas contra as autoridades que estão proibindo as igrejas domésticas e querem que a BPCA possa ajudar nesta missão, porque não conseguem construir edifícios adequados para que as igrejas acomodem o culto público.

As igrejas locais agora não têm permissão para usar um sistema de som mais potente durante os cultos, além de serem desnecessariamente restritivas. Esta ação impede a comunicação da mensagem do púlpito para aqueles que passaram a ouvi-la, pois as congregações, em média, têm um grande público em qualquer domingo. Portanto, a ampliação dentro do edifício seria necessária. Estima-se que mais de 1.000 famílias cristãs vivem na cidade de Bhawalpur.