Anterior

ANTERIOR

Mais de 600 detentos são batizados em um mês em MG

14/12/2017

Universo Cristão

Cristã ex-muçulmana ainda é hostilizada por marido no Quirguistão

Mesmo tendo assinado acordo pela liberdade religiosa da esposa, ele ainda a ameaça e pressiona

Fonte: Portas Abertas | 11/10/2017 - 08:45
Cristã ex-muçulmana ainda é hostilizada por marido no Quirguistão

Hoje vamos nos lembrar da nossa irmã Hamida*, do Quirguistão. Há quinze anos, ela abandonou o islamismo para seguir a Cristo; mas seu marido, Amrid*, é muçulmano. Após sua peregrinação a Meca esse ano, em cumprimento a um dos cinco pilares do islamismo, ele começou a hostilizar sua esposa cristã. Ele chegou a prendê-la no celeiro por quatro dias, mas ela conseguiu fugir e foi acolhida pelos irmãos da igreja.

Quando Hamida já estava na Casa Segura (um abrigo apoiado pela Portas Abertas, que oferece reabilitação emocional e espiritual para cristãos perseguidos), a família armou um esquema com a polícia para descobrir onde ela estava. Ela foi, então, forçada a voltar para casa. Nesta ocasião, a família assinou um documento na qual concordava em não bater nela, nem oprimi-la de forma alguma, e também em permitir que ela praticasse sua fé.

Amrid não pode agredir Hamida, mas continua pressionando-a, trancando-a dentro de casa e escondendo seus documentos, de forma que ela não pode sair. Ela enfrenta bullying e ameaças, e não pode ir à igreja e nenhum irmão pode visitá-la, o que a faz se sentir muito sozinha e isolada.

É muito difícil para nossa irmã viver nesse ambiente. Continue orando por esta corajosa mulher de fé. Clame para que ela permaneça firme diante de todas as dificuldades. Peça por segurança e paz, e para que ela seja livre dessa situação. Interceda também pela salvação de Amrid e pelos três filhos do casal.

*Nomes alterados por motivos de segurança.