Anterior

ANTERIOR

Mais um cristão é preso por blasfêmia no Paquistão

17/11/2017

Universo Cristão

Igreja atende 700 crianças na Guatemala

Projeto também ajuda pessoas viciadas em bebidas e drogas

Fonte: Gospel Prime | 12/09/2017 - 18:00
Igreja atende 700 crianças na Guatemala

A Igreja Batista Bethel, com a parceria da Junta de Missões Mundiais, promove ações sociais na Guatemala, país que carece de ajudas econômicas e humanitárias e, por isso, ajuda a vários moradores locais.

Localizada no bairro Gallito, a igreja consegue atender, por meio de um programa socioeducativo chamado Pepe, 700 crianças. Além disso, a instituição também promove curso de missões, reabilitação de dependentes químicos e alfabetização de adultos.

A igreja, que também sustenta uma escola com quase 200 estudantes matriculados, possui um projeto para alimentar moradores de rua e, assim, promove a reintegração de pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Um diácono da igreja, no passado, foi um dependente alcoólico por duas décadas. Livre de abusos de bebidas, agora atua na ajuda de outras pessoas que, atualmente, vivem dramas parecidos.

“Isso nos faz seguir adiante com a certeza de que estamos no caminho correto, pois temos visto o poder de Deus atuando na vida de várias pessoas, libertando-as para uma nova vida em Cristo Jesus”, afirma Rodrigo Pinheiro, missionário.

Outro caso destacado pela Junta de Missões Mundiais foi o de Mario Mendes, de 43 anos, que se tornou membro da igreja e conseguiu trabalho depois da iniciativa de alimentação de moradores de rua – e foi ajudado no seu vício em bebidas.

Outra ação feita no país é da Associação Missionária Guatemalteca (Amigua), responsável pela distribuição diária de comida para cerca de 10 mil pessoas, entre elas, crianças de escolas públicas que não possuem recursos constantes para a alimentação.

Os evangelistas acreditam que as ações sociais são importantes para aproximar as igrejas cristãs das comunidades locais. “Continuem orando por nosso ministério e por cada vida que, diariamente, é alcançada por algum desses projetos”, acrescentou o missionário.