Anterior

ANTERIOR

Mulher abandona a Nova Era após ter experiência com Deus: `Vivia uma filosofia sem direção´

20/10/2017

Universo Cristão

Mulher viaja para fazer sacrifícios aos deuses e se rende a Jesus no caminho

Teesha queria fazer um ritual para ser curada, mas experimentou um milagre após entrar em uma igreja

Fonte: Guia-me / com informações de Gospel For Asia | 11/08/2017 - 16:30
Mulher viaja para fazer sacrifícios aos deuses e se rende a Jesus no caminho

Teesha e seu marido partiram de seu vilarejo na Ásia para realizar um sacrifício aos deuses de sua religião numa aldeia vizinha. No entanto, eles se depararam com uma igreja no meio do caminho e tiveram suas vidas impactadas pelo Evangelho.

Em 2015, Teesha começou a sofrer intensas dores nas articulações, mas os tratamentos médicos já não conseguiam mais aliviar seus sintomas. Depois que Teesha foi liberada do hospital, ela tentou buscar a cura nos deuses de sua religião.

Teesha foi instruída por um sacerdote a sacrificar uma galinha branca e uma pomba, mas nenhum destes animais eram vendidos em sua aldeia. Com uma bicicleta, o casal decidiu percorrer 45 quilômetros até um vilarejo vizinho a fim de comprar os itens.

Durante o trajeto, Teesha observou uma igreja que estava cheia de fiéis cantando alegremente. Intrigada, ela pediu ao marido para parar e conseguiu experimentar a presença de Deus.

Quando o culto terminou, Teesha conversou com o pastor Remate para esclarecer algumas dúvidas sobre Jesus. Enquanto falavam, ela mencionou sua forte dor nas articulações. O pastor aproveitou a oportunidade para incentivá-la a ter fé em Deus e orou por sua cura.

Impactada pelo Evangelho, Teesha desistiu de continuar em sua jornada para comprar os animais e guardou seu dinheiro. “Por favor, me visite por um tempo para orar por mim”, ele pediu ao pastor Remate.

Depois daquele dia, o pastor e alguns membros da igreja visitaram Teesha para orar e ensinar sobre a Bíblia. Cheia de fé, Teesha disse revelou que tinha alcançado sua cura. “Minha dor nas articulações parou. Deus é realmente fiel e ouve as nossas orações”, afirmou.