Anterior

ANTERIOR

Autor de ataques em Barcelona gritou `Alá é grande´ antes de ser morto

22/08/2017

Universo Cristão

Arqueólogos afirmam ter encontrado as jarras onde Jesus transformou água em vinho

Uma fábrica de pedra foi encontrada na Galileia

Fonte: Guia- me / com informações do The Times De Israel | 10/08/2017 - 12:05
Arqueólogos afirmam ter encontrado as jarras onde Jesus transformou água em vinho

Foi descoberta na Galileia uma enorme fábrica de pedras com mais de 2 mil anos. Os especialistas acreditam que este poderia ser o lugar onde foram feitos os jarros de pedra que mantiveram a água que Jesus transformou em vinho. "Uma caverna de pedra feita por mãos humanas foi descoberta recentemente entre Nazaré e a vila de Kana”, escreveu Amanda Borschel-Dan no site The Times De Israel.

Ela continua: “O que é surpreendente nesta escavação é a descoberta de uma oficina de grés, (um material feito a partir de argila de grão fino, plástica, sedimentária e refratária, se aproximando da cerâmica por suportar altas temperaturas). Em Israel, existem apenas quatro dessas”, pontuou.

Outro detalhe importante é o fato de que as argilas utilizadas na composição do grés não são tão brancas ou puras quanto as de porcelana. Isso significa que o material encontrado tem características que possibilita uma gama de cores e se tornam impermeáveis após a queima.

Surpresa

A oficina foi descoberta por acaso, já que a construção de um centro esportivo havia se iniciado na área. "Até agora, os arqueólogos descobriram milhares de pedaços de pedra que foram escavados do interior de copos e tigelas quando foram formados", continua Amanda.

"O desperdício de produção indica que esta oficina fabricou principalmente canecas e tigelas manipuladas com vários tamanhos. Os produtos finalizados foram comercializados em toda a região na Galiléia. Já os nossos achados fornecem provas impressionantes de que os judeus eram escrupulosos em relação às leis da pureza", explicou o Dr. Yonatan Adler, professor principal da Universidade de Ariel e diretor de escavações da Autoridade de Antiguidades de Israel.

Confira as imagens da escavação: