Anterior

ANTERIOR

Autor de ataques em Barcelona gritou `Alá é grande´ antes de ser morto

22/08/2017

Universo Cristão

Sacerdotes se preparam para entrar no Santo dos santos, pela primeira vez em 2 mil anos

Um grupo de sacerdotes descendentes da linhagem de Arão começou a se preparar para subir o Monte do Templo, em Jerusalém, e entrar no Santo dos Santos

Fonte: Guia-me / com informações Breaking Israel News | 08/08/2017 - 18:00
Sacerdotes se preparam para entrar no Santo dos santos, pela primeira vez em 2 mil anos

Pela primeira vez em 2 mil anos, um grupo de sacerdotes descendentes da linhagem de Arão começou a se preparar para subir o Monte do Templo, em Jerusalém, e entrar no Santo dos Santos.

O preparo dos sacerdotes está sendo feito pelo Conselho Rabínico ZAKA desde o ataque terrorista palestino contra policiais israelenses. Embora os incidentes tenham sido trágicos, um ativista judeu acredita que a situação pode ter tido um propósito divino.

“Quando o povo judeu não avança com rapidez suficiente, Deus faz algo para forçá-lo. Os árabes criaram uma nova situação no Monte do Templo. Não estávamos nos preparando para isso, então aconteceu algo que nos obrigou a lidar com isso”, disse o especialista Yaakov Hayman ao site Breaking Israel News.

Diante da “nova situação no Monte do Templo”, os sacerdotes passaram a serem treinados pela primeira vez em milênios para entrar na área do Santo dos Santos. A finalidade não será oferecer sacrifícios ou orar pelo povo judeu, mas recuperar cadáveres do ataque.

O conselho ZAKA, dirigido pelo rabino Avigdor Nebenzahl, decidiu que não é uma obrigação religiosa remover os corpos do Monte do Templo, mas em certas situações, apenas os sacerdotes podem fazer o trabalho. Eles são proibidos de se tornarem ritualmente impuros, entrarem em cemitérios ou locais com cadáveres, mas esta decisão anula essa condição.

“O Monte do Templo é o lugar mais sagrado para o judaísmo e há uma exigência de que todos os objetos ritualmente impuros sejam removidos o mais rápido possível”, afirmou Nebenzahl. “Neste caso, os rabinos decidiram que é aceitável para um sacerdote se tornar impuro para remover algo do Monte do Templo”.

Esta não é a primeira vez que uma organização judaica atuou para preparar sacerdotes para a chamada era messiânica, na qual os judeus erroneamente acreditam na primeira vinda do Messias. O Instituto do Templo estabeleceu uma agência de treinamento sacerdotal onde os alunos são ensinados e preparados para servir no Templo.

O rabino Akiva explicou que o profeta Miquéias descreveu a trágica cena que estavam vendo diante de seus olhos. “Por isso, por causa de vocês, Sião será arada como um campo, Jerusalém se tornará um monte de entulho, e a colina do templo, um matagal (Miquéias 3:12)”.

Akiva explicou que assim como esta profecia de destruição já se cumpriu, a profecia de Zacarias também viria a acontecer. “Assim diz o Senhor dos Exércitos: "Homens e mulheres de idade avançada voltarão a sentar-se nas praças de Jerusalém, cada um com sua bengala, por causa da idade (Zacarias 8:4)”.

De acordo com Hayman, a profecia pode ser interpretada no sentido de que, se o povo judeu não tomar o controle do Monte do Templo para fins sagrados, outra nação terá essa oportunidade.

“É um como um leão que está sendo incomodado por algumas moscas. De vez em quando ele abana o rabo, mas não faz muita coisa. Mas quando ele ruge, isso muda todo o quadro”, disse o rabino.