Anterior

ANTERIOR

Pastor é condenado por ensinar a Bíblia aos seus próprios filhos em Cuba

17/07/2017

Próximo

PRÓXIMA

Mais um líder cristão é morto no México

18/07/2017

Universo Cristão

Pai faz carta para homem que matou sua filha: `Perdoo porque Cristo me perdoou´

Em lágrimas, um pai falou sobre o amor e perdão de Deus para o traficante que provocou a morte de sua filha, durante uma audiência no tribunal

Fonte: Guia-me / com informações AL | 17/07/2017 - 17:20
Pai faz carta para homem que matou sua filha: `Perdoo porque Cristo me perdoou´

Durante uma sessão em um tribunal dos Estados Unidos na última quarta-feira (12), um pai se derramou em lágrimas enquanto lia uma carta para o traficante que provocou a morte de sua filha de 20 anos.

“Como uma família, nós escrevemos esta carta para você através dos olhos de Cristo não para condenar, mas para permitir que sua condenação transforme o seu coração e sua vida”, disse Mike Bailey a Rodrigus Lee Pearson.

Depois que o pai da vítima terminou de ler a carta, ele se aproximou de Rodrigus e apertou sua mão. O traficante foi condenado a 20 anos de prisão por ter vendido uma substância fatal à estudante Ashlynn Nicole Bailey, que resultou em sua morte em janeiro de 2016.

“Pelo amor e graça de Deus somos salvos e perdoados”, disse a família em sua carta. “O perdão não corrige um erro, mas nos liberta da escravidão do erro. Ele também não nos livra das consequências do pecado aqui na terra, mas ele permite que você esteja bem com Deus enquanto ele anda com você nesse processo”.

“Nós estendemos o perdão a você pelos erros contra a nossa família, da mesma forma que Cristo perdoou os nossos erros, mesmo sem receber nosso pedido de perdão. Nós não te odiamos nem te condenamos, mas esperamos que através de sua convicção, você busque o perdão de Deus. Oramos para que você O busque e ande com Ele enquanto você vive as consequências de suas ações”, acrescenta a carta.

Através do traficante, Ashlynn tentou comprar heroína, mas recebeu dele o fentanil, um potente analgésico semelhante à morfina. Seus pais tinham consciência de seu vício nas drogas, mesmo tendo criado sua filha nos ensinamentos cristãos.

“Quando olhamos para trás, acreditamos que o diabo usou as drogas para devorar Ashlynn, porque o diabo sabia que ela seria uma grande guerreira cristã”, conta a família. “Ela amava a Deus e tinha uma unção para levar outros a Cristo. Ela sentia que todos precisavam ir para o céu. Ela levou vários de seus amigos para Cristo”.

Após a audiência, Mike foi questionado sobre o motivo dele apertar a mão do homem que provocou a morte de sua filha. “Um amigo meu perguntou se era difícil perdoar. Então me lembrei o quanto eu fui perdoado na vida”, disse o pai.