Anterior

ANTERIOR

Idosa é proibida de exibir versículo em sua porta ao invés de enfeites de Natal, nos EUA

15/12/2017

Universo Cristão

Cristãos djibutianos enfrentam forte pressão da sociedade e também da família

Para não chamar a atenção do governo, grupo de cristãos tiveram que optar pela igreja subterrânea

Fonte: Portas Abertas | 13/06/2017 - 09:40
Cristãos djibutianos enfrentam forte pressão da sociedade e também da família

O Djibuti é um pequeno país, localizado no Chifre da África, região que acolhe também a Somália, Eritreia e Etiópia, todos países com governos repressivos e que aderiram ao islã como principal religião. Historicamente, o islamismo está enraizado na sociedade do Djibuti, uma nação que foi pouco comentada neste ano, mas que ocupa o 40º lugar na atual Lista Mundial da Perseguição.O cristianismo chegou ao país há séculos, em parte devido aos seus laços com a Etiópia. A maioria dos djibutianos, porém, é de conservadores sunitas-muçulmanos, com fortes ligações na Somália e Iêmen. As comunidades cristãs formadas enfrentam uma forte pressão familiar, da comunidade e, por este motivo, seus líderes tiveram que optar pela igreja subterrânea.

O governo ditador do presidente em exercício procura controlar a sociedade de várias formas, sufocando a liberdade de associação, religião e expressão. A Portas Abertas tem incentivado esses cristãos a perseverar na pregação do evangelho, fornecendo aos líderes um treinamento adequado, distribuição de literatura cristã e seminários de conscientização sobre a perseguição.

Pedidos de oração

- Interceda pelos líderes cristãos que atuam no Djibuti, para que sejam sábios e estratégicos ao compartilhar o evangelho com os demais cidadãos.

- Ore pelos cristãos perseguidos, para que tenham a graça de continuar seguindo Jesus e que sempre possam experimentar a provisão e conforto dele.

- Peça ao Senhor para que continue a construir a sua igreja no país.