Anterior

ANTERIOR

Explosões de gás em Boston deixam um morto e mais de 10 feridos

14/09/2018

Próximo

PRÓXIMA

Tufão Mangkhut chega à China e mais 2,45 milhões de pessoas deixam suas casas

17/09/2018

Giro pelo Mundo

Coreias abrem escritório conjunto e aumentam esperanças de paz

Prédio fica próximo da fronteira militarizada, criando um canal de comunicação permanente. Local terá até 20 funcionários de cada lado

Fonte: R7 / com informações Reuters | 14/09/2018 - 14:25
Coreias abrem escritório conjunto e aumentam esperanças de paz

As Coreias do Norte e do Sul abriram nesta sexta-feira (14) um escritório de intermediação do lado norte da fronteira altamente militarizada, criando um canal de comunicação permanente que é parte de uma série de esforços para encerrar a rivalidade de décadas.

Os esforços bilaterais para melhorar as relações correm em paralelo a um empenho dos Estados Unidos e de seus aliados para pressionar a Coreia do Norte a abdicar de seus programas de armas nucleares e mísseis balísticos.

A abertura do escritório de intermediação conjunto em Kaesong, bem próximo do lado norte-coreano da fronteira, ocorre dias antes de o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, e o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, possivelmente realizarem sua terceira reunião neste ano.

"Agora os dois lados podem dar um passo grande rumo à paz, prosperidade e unificação da península coreana debatendo rápida e francamente questões derivadas das relações intercoreanas", disse Ri Son Gwon, chefe da delegação norte-coreana na cerimônia de inauguração.

Antes as duas Coreias se comunicavam por fax e por linhas telefônicas especiais, que eram suspensas com frequência quando as relações pioravam.

Agora elas poderão "debater questões diretamente 24 horas, 365 dias", disse o ministro da Unificação sul-coreano, Cho Myoung-gyon, na cerimônia.

O escritório terá até 20 funcionários de cada lado, sendo que os sul-coreanos ocuparão o segundo andar e os norte-coreanos o quarto andar do prédio de quatro pisos.

Representantes de vice-ministros comandarão suas equipes no escritório e comparecerão a reuniões semanais, disse o Ministério da Unificação da Coreia do Sul.

O escritório fica nas dependências do complexo industrial de Kaesong, onde durante quase uma década empresas sul-coreanas mantiveram linhas de produção com trabalhadores norte-coreanos no parque industrial.

O parque, outrora o símbolo mais evidente da cooperação intercoreana, está fechado desde fevereiro de 2016, quando a tensão aumentou na península coreana por causa da realização do quarto teste nuclear da Coreia do Norte.