Anterior

ANTERIOR

Presidente do Chile anuncia recursos adicionais para combater covid-19

03/08/2020

Giro pelo Mundo

Homem é condenado a pagar multa de R$ 12 mil por sexismo na Bélgica

O homem, que não teve identidade divulgada, disse que `trabalho de policial não é para mulheres´ após cometer infração no trânsito

Fonte: G1 | 08/03/2018 - 11:10
Homem é condenado a pagar multa de R$ 12 mil por sexismo na Bélgica

A justiça da Bélgica condenou um homem a pagar uma multa de 3.000 euros (cerca de R$ 12 mil) por sexismo em local público. "Cale a boca, eu não falo com mulheres, o trabalho de policial não é para mulheres", disse o homem, ao ser parado por uma policial após desobeceder o código de trânsito.

Segundo o "New York Times", o veredito é a primeira condenação sob uma lei aprovada em 2014, que condena o sexismo em locais públicos. Segundo a lei, o sexismo é definido como "todo gesto ou ação" que "claramente signifique desprezo a uma pessoa com base no sexo", considerando-a inferior ou reduzindo a pessoa a uma dimensão sexual, afetando sua dignidade.

O homem, que não teve seu nome divulgado nem foi ao tribunal para o julgamento, também foi condenado por desacato a autoridade e ameaças. Ele foi advertido que, caso não pagasse a multa, poderia ir para a prisão.

Ainda segundo o jornal americano, a condenação é de novembro do ano passado e o incidente ocorreu em junho de 2016, mas só agora tornou-se público por meio da imprensa belga.

Gilles Blondeau, porta-voz da promotoria do distrito de Halle Vilvoorde disse que ofensas dirigidas aos policiais são relativamente comuns em caso de prisão. "No entanto, atacar uma policial por causa de seu sexo é fora do comum. Foi um caso muito bom para testar essa lei: concreto, muito claro e com várias testemunhas", disse ele, segundo a mídia europeia.