Anterior

ANTERIOR

MP denuncia filhos da deputada Flordelis por homicídio triplamente qualificado

16/08/2019

Giro pelo Brasil

Rio tem previsão de chuva muito forte na quarta-feira

Frente fria vai chegar à cidade nesta terça, causando temporal na quarta

Fonte: O Dia / Foto: Luciano Belford / Agência O Dia | 11/02/2019 - 10:45
Rio tem previsão de chuva muito forte na quarta-feira

A cidade segue em Estágio de Atenção neste início de semana. Já são mais de 45 horas nessa condição, decretada às 10h30 de sábado. Tudo por causa ainda de ocorrências em aberto desde o temporal que atingiu o Rio na última semana e também pela previsão de forte chuva para os próximos dias.

De acordo com o Alerta Rio, as temperaturas nesta segunda-feira ficarão elevadas, com a máxima atingindo os 38ºC e a mínima os 23ºC. No entanto, a partir de amanhã uma frente fria vai se aproximar do estado, aumentando gradativamente a nebulosidade, com previsão de pancadas de chuva fraca a moderada, em pontos isolados.

Na quarta, a atuação da frente fria será maior, com previsão de céu nublado a encoberto, com pancadas de chuva forte a muito forte.

Ao longo da semana, a temperatura máxima será alcançada, com 40ºC, e a mínima na sexta, com 18ºC.

NIEMEYER

A Avenida Niemeyer, que liga São Conrado ao Leblon, na Zona Sul, segue interditada nos dois sentidos por causa dos deslizamentos no temporal da semana passada. Agentes da prefeitura trabalham na via na contenção das encostas, remoção da lama e retirada de árvores com ameaça de queda.

Apenas moradores do Morro do Vidigal estão conseguindo trafegar por lá, no trecho entre o Leblon e a comunidade.

A Estrada das Canoas, que liga São Conrado ao Alto da Boa Vista, também segue interditada, com bloqueio na altura do nº 813, na altura de São Conrado.

OCORRÊNCIAS

Além da Niemeyer e Canoas, equipes da prefeitura também trabalham em Barra de Guaratiba, na altura da Ponte Velha, na Zona Oeste, por causa do deslizamento de uma encosta. Lá, no temporal de quarta para quinta, duas pessoas da mesma família morreram após a queda de parte da casa onde moravam. Um terceiro morador da residência, que estava internado, não resistiu aos ferimentos e morreu na sexta.

Os agentes também estão na Estrada da Ligação, na Taquara, por causa do muro de uma casa que caiu; na Autoestrada Lagoa-Barra, na altura do Golf Club, por causa do desabamento de um muro; e em ruas da Taquara, Pechincha, Tanque, Vargem Grande, Itanhangá, Costa Barros, Grajaú, Tijuca, Gávea e Copacabana por causa da queda de árvores.