Anterior

ANTERIOR

Milhões de internautas assinam petição contra aumento para o STF

19/11/2018

Giro pelo Brasil

Aeronaves se chocam durante curso para pilotos, em Itápolis (SP)

Testemunha relata que aeronaves teriam iniciado pouso ao mesmo tempo, quando a hélice de uma se chocou com o estabilizador da outra

Fonte: R7 | 12/07/2018 - 17:20
Aeronaves se chocam durante curso para pilotos, em Itápolis (SP)

Duas aeronaves colidiram por volta das 7h30 da manhã desta quinta-feira (12) no Aeroclube de Itápolis, município do interior de São Paulo. 

De acordo com o depoimento de um piloto que testemunhou o acidente e preferiu não se pronunciar, uma das aeronaves estava sendo utilizada para um treinamento e o outro avião, do aeroclube, estaria em voo solo.

As duas aeronaves teriam iniciado o pouso ao mesmo tempo, quando a hélice do avião do aeroclube se chocou com o estabilizador da aeronave utilizada para o treinamento.

Com isso, ambas se chocaram e a aeronave em treinamento, que estava voando mais baixo, caiu. De acordo com a testemunha, três pessoas saíram dos aviões de pequeno porte sem ferimentos graves. O piloto relatou ainda que as pistas chegam a ter 15 aeronaves em um mesmo circuto. "É muito raro acontecer isso", relatou. 

A reportagem do R7 entrou em contato com o Aeroclube de Itápolis, mas não obteve retorno até o momento da publicação da matéria. 

Pelas imagens, é possível perceber que a cabine e as asas de uma das aeronaves ficaram totalmente destruídas.

Segundo o Cenipa, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, investigadores do Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA IV) realizarão a chamada ação inicial da ocorrência, envolvendo as aeronaves de matrícula PR-JEA e PR-EJK.

O procedimento, segundo o órgão, é o começo do processo de investigação e tem como objetivo coletar dados, fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, reunir documentos e ouvir relatos de pessoas que observaram a sequência dos fatos.

Além disso, a investigação realizada pelo Cenipa busca prevenir que novos acidentes com as mesmas características ocorram.