Anterior

ANTERIOR

Segundo lote do PIS/Pasep começa a ser pago hoje

16/08/2018

Giro pelo Brasil

Aposentadoria do INSS agora será online

Trabalhador que atingir os requisitos para o benefício por idade - 60 anos mulher e 65 homens - poderá fazer a solicitação pela internet

Fonte: O Dia | 16/05/2018 - 14:00
Aposentadoria do INSS agora será online

Os trabalhadores que atingirem requisitos para se aposentar por idade - 60 anos (mulheres) e 65 anos (homens) -, vão poder dar entrada no benefício sem sair de casa a partir da próxima segunda-feira. O pedido estará liberado para ser feito pelo portal Meu INSS (www.inss.gov.br). Mas para ter acesso é preciso cadastrar senha e login no site. O requerimento do salário-maternidade também será feito via online da mesma data em diante.

Nos casos em que as informações necessárias para o reconhecimento do direito já constarem nos sistemas do INSS, será possível a concessão automática do benefício. "Esperamos melhorar ainda mais os serviços à toda população, será uma melhora contínua", afirmou Fernando Sixel, gerente-executivo da Gerência Centro do INSS do Rio.

Para fazer o cadastro, é preciso digitar CPF, nome completo, data de nascimento, nome da mãe e estado onde nasceu. Algumas perguntas serão feitas para confirmar a identidade do usuário. Ao respondê-las corretamente será gerado código de acesso provisório para que o trabalhador acesse o site. Com esse código, o segurado deve cadastrar login e senha.

Ao acessar a página na internet, o segurado deve procurar abaixo do ícone "Serviços", que fica do lado esquerdo da página, o Meu INSS. Ao clicar nesse item, abrirá uma nova aba onde os serviços oferecidos pela internet podem ser acessados.

O primeiro deles é a "Aposentadoria por idade", seguido de "Salário-maternidade". Ao entrar no serviço desejado, se o segurado já tiver atingido os requisitos necessários (60 anos para mulheres e 65 para homens), será aposentado automaticamente. A ampliação do serviço foi antecipada pelo INSS ao DIA.

SEM PRECISAR AGENDAR

Os benefícios também poderão ser solicitados pela Central 135. Em ambos os casos, o segurado receberá direto o número do protocolo de requerimento. Com isso, o instituto vai eliminar a etapa de agendamento e diminuir a espera por atendimento nos postos.

"Agora, ao fazer o pedido, o cidadão acompanha o andamento pelo Meu INSS ou pelo 135 e, somente se necessário, será chamado para ir à agência do INSS", informa o instituto.

Dia 24 serviços agendáveis serão ampliados

Com mais de sete milhões de usuários cadastrados, o Meu INSS pode ser acessado pelo computador ou celular. E, a partir da quinta-feira, vários serviços que antes eram feitos por atendimento espontâneo, ou seja, sem precisar de agendamento, serão realizados com dia e horário marcados, bastando fazer seu agendamento pelo Meu INSS ou telefone 135.

Os segurados do INSS poderão agendar a troca de banco pagador e forma de pagamento no instituto sem precisar sair de casa, por exemplo. Outros itens que estarão disponíveis para agendamento são: atualização de dados cadastrais, cadastro de procuração, solicitação de pagamento não recebido, solicitação de desbloqueio do benefício para empréstimo consignado, além de concessão de aposentadoria e salário-maternidade. Após liberação dos novos serviços, o segurado poderá fazer o agendamento pelo portal Meu INSS e pela central de atendimento 135.

COMO FAZER

Ao acessar a página www.inss.gov.br, o segurado deve clicar no ícone "Serviços" ao lado esquerdo da página. Em seguida, em "Agendamento". Após abrirá uma nova aba onde vai aparecer um quadrado amarelo, basta clicar nele e em seguida escolher o tipo de serviço que deseja marcar no INSS. No item "Alterar meio de pagamento", por exemplo, o segurado, aposentado ou pensionista poderá mudar a forma de pagamento ou a conta bancária que recebe o benefício.

De acordo com o INSS, "o cidadão pode optar por receber o seu benefício em uma conta-corrente ou poupança, desde que seja ele próprio o titular da conta. Pode alterar também para cartão magnético, caso já receba em conta bancária".

Um ponto que o instituto destaca é que a alteração da modalidade de pagamento pode gerar tarifas bancárias, referente à manutenção e movimentação da conta. Neste caso, o segurado pode ainda optar pelo recebimento em conta bancária, o que pode ser feito também no próprio banco.

Atualmente, o segurado precisa ir até a agência e solicitar o serviço pessoalmente, sem marcar hora, o que faz com que a espera pelo atendimento no local seja incerta. As medidas integram uma série de alterações no atendimento, implantadas a partir da digitalização dos serviços, informou o INSS.

Lista de serviços agendáveis no Meu INSS

Atualização de dados do IR (Declaração de saída definitiva do país, informações de dependentes, retificação de declaração)

Atualização dados cadastrais

Alterar meio de pagamento

Transferir benefício para outra agência

Desistir de aposentadoria

Cadastrar/renovar procuração

Cadastrar/renovar representante legal

Reativar benefício

Renunciar à pensão por morte

Solicitar valor não recebido até a data do óbito do beneficiário

Solicitar pagamento de benefício não recebido

Desbloqueio do benefício para empréstimo

Emitir certidão para saque de PIS/Pasep/FGTS na Caixa Econômica

Emissão da certidão de inexistência de dependentes habilitados à pensão por morte do INSS