Anterior

ANTERIOR

Desenvolvendo meu chamado

15/07/2015

Próximo

PRÓXIMA

Qualidades fundamentais para o professor de ED

31/07/2015

Ensinador Cristão

Bíblia, um livro atual

31/07/2015 - 00:00
Bíblia, um livro atual

Por Dário Felipe Vieira do Nascimento

A palavra “Bíblia” quer dizer coleção de livros. Livros inspirados por Deus e que têm como tema central o Senhor  Jesus Cristo, o Espirito Santo - o Seu intérprete - e Deus o Pai como Autor. Encontramos na própria Bíblia as  seguintes expressões se referindo a ela: as Escrituras (Jo 5.39); os Oráculos de Deus (Rm 3.2); a Palavra de  Deus (Ef 6.17); os Testamentos ou as Alianças (Rm 9.4); e a Lei (1Co 14.21).A palavra “Bíblia”, segundo a  história, foi aplicada às Escrituras pela primeira vez por volta do ano 400, por Crisóstomo. Ela se divide  em Antigo Testamento, escrito antes de Cristo, e o Novo Testamento, escrito depois da morte de Cristo. Ele  foi divido em capítulos pelo cardeal Hugo, falecido em 1263. A divisão em versículos foi por Robert Stevens, em  1551. A Bíblia foi o primeiro livro impresso no mundo no ano de 1535. É o livro mais traduzido do mundo; aparece  inteira ou em partes, em mais de mil e duzentas línguas, sendo também o livro mais lido no mundo. Alguém  disse que “esse livro é mais atual do que o jornal que vai para as bancas no dia seguinte”. Esse livro foi  escrito por 36 homens, num período de 1.500 anos. Esses homens eram de várias classes sociais, como  reis, agricultores, pastores, pescadores, um médico e um cobrador de impostos. Mesmo assim os livros se unem  para um único propósito: mostrar o grande amor de Deus pelos homens através do sacrifício vicário de Jesus  Cristo.

A Bíblia é o Livro dos livros, tendo sido escrita para todas as gerações. Ela mostra em seu conteúdo várias ciências, como, por exemplo, a Geografia, mesmo que esse não seja o seu propósito original. A Bíblia fala até da posição da terra no espaço. Em um tempo em que se acreditava que a terra estava situada em cima de um grande animal ou gigante (1.500 A.C.), a Bíblia falou da posição da terra no espaço: “O norte estende sobre o vazio; e suspende a terra sobre o nada”(Jó 26). Vemos até um pouco de Física na Bíblia. As Escrituras falam de uma estrutura invisível. Só há pouco tempo atrás a ciência descobriu que tudo que nós vemos écomposto de coisas que não conseguimos ver – átomos. Em Hebreus 11.3, escrito há 2.000 anos, a Escritura nos diz que “aquilo que se não vê não foi feito do que é aparente”.

Na Bíblia, há até Oceanografia. Mathews Maury (1806-1873) é considerado o pai da oceanografia, também chamada de oceanologia. Ele percebeu a expressão “veredas dos mares” em Salmos 8.8 (escrito 2.800 anos antes dele) e disse, “Se Deus disse que há veredas no mar, eu vou encontrá-las”. Maury então acreditou literalmente no que Deus disse e foi procurar essas veredas, e nós devemos muito à sua descoberta das correntes continentais quentes e frias. O seu livro sobre oceanografia permanece um texto básico sobre o assunto e ainda é usado em universidades. Enfim, quando o tema é este livro tão precioso, teríamos ainda muitas outras maravilhas a comentar que não será possível escrever nesta matéria. mas, acima de tudo, para salvação de sua vida, pelo bem da vida eterna, ame a Bíblia, fale da Bíblia, faça dela sua regra de fé e conduta!

Bons Conselhos 
“Tira da prata as escórias e sairá vaso para o fundidor” (Pv 25. 4).

Quero iniciar este texto falando da importância de bons conselhos na vida de um cristão. Um bom conselho colocado em prática pode mudar nosso futuro. A palavra “Provérbios” vem de uma palavra hebraica: “Mashal”, que significa “governar”, dando uma conotação de superioridade mental, conduta equilibrada nas áreas social, religiosa e profissional. Este livro está dividido em 31 capítulos e 915 versículos, sendo aplicados por muitos servos de Deus. Os versículos mostram como
devemos nos comportar através de nossas palavras e ações diante de Deus e das pessoas que nos cercam. São verdades práticas morais e espirituais na forma de provérbios para todo aquele que considera e acredita que esta Palavra é Deus falando com os homens. Para entender na sua profundide esses provérbios, precisamos do “Temor do Senhor”, que é “o princípio da sabedoria”.

O provérbio que escolhi para uma reflexão, mecionado no alto desta página, faz parte da nossa vida. Tirar da prata as escórias fala da capacidade que tem a Palavra de Deus de moldar, remover algumas imperfeições da vida do ser humano. A palavra prata vem do latim “argentun”, conhecido também com argento, que quer dizer prata mesmo. Dessa palavra derivou-se o nome Argentina, pela abundância do metal na região. Por isso o nome do rio que transporta esse e vários outros metais chama-se “Rio da Prata”. Esse metal era bastante utilizado nos tempos bíblicos por sua preciosidade e durabilidade. Dos elementos metálicos, a prata é um dos mais impuros, geralmente encontrado misturado a outros minerais inferiores. Estudos indicam que o homem começou a separar a prata por volta de 3.000 a. C.

Sendo um metal branco, brilhante e maleável, que perde o brilho quando exposto ao ozônio, a parta é também um bom condutor de eletricidade. O que atrai o homem para buscar esse minério é a sua forma fi nal, que é o seu brilho. Perdendo o brilho, ele já não tem tanta utilidade. No inicio da civilização, quem possuísse muita prata e ouro era considerado rico. A escória do minério de prata é composta, geralmente, de ferro, chumbo, carbono e bronze formando uma substância heterogênea e de aspecto ruim, sem valor neste estado bruto. Levada a uma temperatura bastante alta, a 962 graus Celsius, ela se torna limpa, brilhante, bem maleável e Sendo um metal branco, brilhante e bem maleável e apropriada ao uso para a confecção dos mais diversos objetos.

Antes de ser levada ao fundidor, que representa, neste texto, o próprio Deus (o Fundidor de nossas vidas, Aquele que tem o poder de nos moldar, nos fundir conforme aquilo que está no Seu coração), precisamos passar pelo processo de purifi cação, retirar as impurezas que está em algumas áreas de nossas vidas. Somos levados ao fogo das provações, para remoção das escórias. Estamos vivendo em meio a uma crise muito grande de identidade, integridade, pureza, santidade. Muitos perderam o brilho da glória de Deus e já não têm mais utilidade como vaso para o Senhor. A glória de Deus não pode mais refletir, nem manifestar-se, pois as impurezas do pecado permanecem em suas vidas. Para passar pelo processo de purificação, precisamos nos submeter à infalível Palavra de Deus. Ela é como um fogo que nos purifi ca queimando todas as impurezas do pecado em nossas vidas. Provérbios é um fogo que remove as impurezas e nos leva a ter o brilho da glória de Deus. Não apenas leia esse livro, mais faça desses conselhos um guia diário para sua vida e para a vida da sua família.