Colunistas

Pr. José Wellington

Pr. José Wellington

Há perdão em Cristo para o pecador arrependido

Seg, 26/08/2013 por José Wellington

 

Querido leitor, eu desejo compartilhar com você uma porção da Palavra de Deus extraída da carta do apóstolo Paulo aos crentes em Roma, capítulo 3 e versículo 23, que diz: “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus”.

É comum distinguirmos os amigos e aquelas pessoas que se aproximam de nós pela sua classe social, por sua indumentária, pelo anel que usa no dedo, pela casa onde mora ou pelo carro com o qual trafega. Enfim, temos por hábito distinguir as pessoas de acordo com a sua aparência e classe social. Mas, ao examinarmos a Palavra de Deus, observamos que o Senhor Jesus nivelou toda a humanidade de igual modo. Dessa forma, para Ele, não existem pecadores “grandes” ou “pequenos”. Para Jesus, pecado é pecado e pecador é pecador.

O ministério de Cristo foi voltado integralmente para os pecadores. Certa feita, Jesus foi criticado porque se alimentava com pecadores e retrucou os seus acusadores: “Os sãos não necessitam de médico, mas sim os que estão doentes; eu não vim chamar os justos, mas sim os pecadores” (Mc 2.17). Todo o pecador tem a oportunidade de reatar a sua comunhão com Deus. Jesus foi enviado pelo Pai a fim de atuar como intermediário entre os homens e o Criador e trabalhar em nossa reconciliação. Logo, amigo leitor, essa oportunidade também é sua.

Eu já ouvi algumas pessoas dizerem que se acham muito pecadoras, pois já cometeram muitos pecados. Costumo dizer para as pessoas o que digo para você aqui também: “Para você que se considera um pecador, existe um grande salvador: Jesus Cristo”. Você já pensou o que poderíamos fazer com um homem que ameaçava seus semelhantes, agredia, conduzia seus oponentes para a prisão e chegou a participar de crimes? Talvez você pense que este homem de quem estou falando tem características de um terrorista, por isso merece o cárcere. Pois bem, este homem é um personagem real que tem sua história registrada na Bíblia e ele se chamava Saulo, da cidade de Tarso.

Certo dia, Saulo viajava para uma região com o propósito de perseguir os cristãos por lá, e o Senhor Jesus se revelou para ele. Foi na estrada para Damasco que este homem teve o encontro mais importante de sua vida.

Outro exemplo foi o do rei Davi, que ordenou a morte de Urias, soldado a seu serviço, a fim de encobrir o pecado de adultério que havia cometido com a sua esposa Bate-Seba, mas ele reconheceu seu pecado e confessou o seu erro, e Deus o perdou. Davi sofreu as terríveis consequências de seu erro, mas foi perdoado pelo seu arrependimento sincero.

A Bíblia afirma que “o que encobre as suas transgressões nunca prosperará, mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia” (Pv 28.13).

4 comentários

Rafael

O erro quanto você faz com sinceridade e amor alcança ao perdão de Deus,mas no Planeta Terra vai ter pagar pelo seu ato para aprender a não fazer mais e assim quanto outro pessoa do erro aconselhar para não fazer o mesmo .

Daniel Chaves

A paz do Senhor, gostaria de parabenizar pelo trabalho da CPADNEWS é um ótimo programa, através do programa e das mensagens venho progredindo na minha vida espiritual, desejo toda sorte de bênçãos na vida de todos que contribuem para realização desse canal de benção.

emerson wagner nunes frei

partor JOSÈ WELLINTON, sempre sonhei em posuir minha casa minha esposa mas DEramREMÈDIO PRA MINHA Mãe abortar por isso estou com temor medo mesmo de me perder ando em toda religião mas acredito acima de tudo no DEUS TRINO DE ISRAEL QUE SE MANIFESTA NA PESSOA DO SANTO E SENHOR DE TUDO JESUS CRISTO DE NAZARÈ SÒ LHE PEÇO PRA MANTER A CONFISSÂO DE FÉ com toda confiaça e respeitar o pRÒXIMO POR ONDE PASSAR.

emerson wagner nunes frei

Pastor a paz de senhor,eu creio em tudo que ASSEMBLEIA DE DEUS PROFESSA! Gostaria de conhecer a MISERICORDIA DE DEUS, EM MEIO AS OUTRAS RELIGIÔES,E UM DIA MAnter a confissÂO GENUINA NA POSSIVEL TENRA MELHOR IDADE.ACREDITO QUE SE SENHOR LEVANTAR As Mãos em oração DEUS todo poderoso pode me conceder essa graça em paz pelo sangue deJESUS EO PODER PROTETOR DO ESPIRITO SANTO. ME AJUDE POR FAVOR.

Deixe seu comentário







Perfil

José Wellington é presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), presidente da Convenção Fraternal e Interestadual das Assembleias de Deus do Ministério do Belém no Estado de São Paulo (Confradesp), membro da diretoria do Comitê Mundial das Assembleias de Deus e do Comitê Mundial Pentecostal, e autor do livro “Como ter um ministério bem-sucedido”, título da CPAD.

COLUNISTAS