Colunistas

Pr. José Wellington

Pr. José Wellington

Jesus é a fonte para o sedento pecador

Qui, 04/07/2013 por José Wellington

 

Convido o prezado leitor a acompanhar o texto de João 7.37: “E no último dia, no grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé, e clamou, dizendo: ‘Se alguém tem sede, venha a mim, e beba’”.

Deus tem o tempo certo para tudo neste mundo. Há um adágio popular que diz: “Deus tarda, mas não falha”. Mas, a verdade é que Ele nunca tardou e nunca faltou. Resumindo: Ele chega no tempo certo. Pois bem, no tempo certo, o Senhor Jesus compareceu à Festa dos Tabernáculos. Lá chegando, diante de toda aquela gente, o Mestre, um homem simples, com a face meiga e os olhos que transmitiam benevolência, estava em um local onde podia sobressair-se. Naquele momento, Jesus, Deus encarnado, revela-se aos presentes e diz: “Quem tem sede venha a mim e beba”.

É possível que aquela gente não pudesse alcançar toda a profundidade da revelação de Cristo. Na verdade, Ele não estava oferecendo o líquido que todos nós conhecemos, sabendo que a água no Oriente Médio é um bem muito precioso, mas o Senhor estava falando de algo muito maior: a solução para toda a dificuldade em todas as áreas da vida. O Mestre disse “quem tiver sede”, ou seja, quem sabe que precisa de ajuda venha a mim que eu apresento a devida solução.

Certa feita, o Senhor travou um diálogo com a mulher samaritana junto ao poço de Jacó. Segundo a Bíblia Sagrada, Jesus oferece a ela essa mesma fonte de água viva. A princípio, aquela senhora não conseguiu compreender as palavras profundas do Mestre, pois, na verdade, ela entendeu que o Nazareno estava oferecendo a água natural. Mas Ele estava se referindo à vida espiritual, ou seja, a um bem que a Lei de Moisés e os mestres religiosos da época não podiam oferecer. Jesus disse naquele instante: “Eu sou a fonte das bênçãos para toda a humanidade”.

Para aquela mulher, o Mestre disse: “Aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der fará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna”. Desejo comunicar algo importante para você acerca deste assunto: todos nós sabemos que Deus, o Senhor, é o Criador; nós somos a imagem e a semelhança de nosso Deus e Ele tem o favor do céu, ou seja, tudo o que precisamos a fim de vivermos bem.

Observemos o capítulo 47 do livro do profeta Ezequiel, quando ele percebeu que no sul do altar de Deus havia um nascedouro de águas, vindas do céu. Quero dizer-lhes que a nascente não secou e o Senhor ainda continua a enviar águas purificadoras para que os homens bebam e tenham seus problemas solucionados, porque Deus é o Senhor de toda a criação.

2 comentários

Ailton viana santos

que palavra maravilhosa graças a deus pela vida do amado pastor josé weliington

Eldomar Oliveira

É muito importante meditar nas palavras de quem tem a vida com Deus.

Deixe seu comentário







Perfil

José Wellington Presidente do Conselho Administrativo da Casa Publicadora das Assembleias de Deus (CPAD), Presidente da Igreja Evangélica AD em São Paulo, Min. do Belém e Presidente Convenção Fraternal e Interestadual das Assembleias de Deus do Ministério do Belém no Estado de São Paulo (Confradesp).

COLUNISTAS

ARQUIVO