Colunistas

Pr. Douglas Baptista

Pr. Douglas Baptista

Dia nacional do evangélico: 30 de novembro

Ter, 01/12/2015 por

1. Caro leitor, você sabia que o dia 30 de novembro é comemorado o dia do evangélico de forma nacional? Se não sabia, esclareço que esta é a mais pura verdade. Vejamos: no ano de 2008 o deputado Cleber Verde PRB/MA propôs o projeto de lei n° 3.541/2008 para a criação do Dia do Evangélico. Em sua justificativa, o referido deputado comprovou a ascensão dos evangélicos e apresentou um artigo da revista Veja Online do ano de 2002. A revista afirmava que naquele ano 15% da população brasileira se denominava evangélico, e, ainda, que mais de 80% destes fiéis eram fervorosos praticantes. 

2. Diante destes dados, o Parlamentar entendeu ser necessária a criação de um dia para homenagear todos os evangélicos do Brasil. Como a primeira comemoração do Dia do Evangélico tinha ocorrido no Distrito Federal justamente em 30 de novembro do ano de 1956, o Parlamentar propôs a manutenção desta data. Obedecido ao processo legislativo constitucional, o projeto culminou na lei n° 12.328/2010 que foi promulgada em 15 de setembro de 2010 com a seguinte redação:

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA: Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1° Fica instituído o Dia Nacional do Evangélico, a ser comemorado no dia 30 de novembro de cada ano.

Art. 2° Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília, 15 de setembro de 2010; 189° da Independência e 122° da República.

LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA

3. Portanto, o dia 30 de novembro é oficialmente o Dia do Evangélico no Brasil. Além desta Lei federal, alguns entes da federação possuem leis que ratificam este dia. O Estado do Amapá possui uma legislação anterior à lei federal de 2010. A lei estadual do Amapá é a de n° 827/2004 e também define o Dia do Evangélico como o dia 30 de novembro. O Distrito Federal possui uma legislação mais antiga ainda – datada do ano de 1995.

4. A lei do Distrito Federal foi proposta pelo então Deputado Distrital Carlos Xavier PPB/DF e promulgada pelo então governador Cristovam Buarque PDT/DF. A lei possui a numeração 893/1995. E em Brasília a data de 30 de novembro é considerada como feriado, ou seja, as instituições bancárias não abrem, salvo as exceções da Resolução Bacen/CMN nº 2.932/02, os serviços médicos públicos funcionam em forma de plantão como também as delegacias.

5. Ainda, no entendimento do Tribunal Regional do Trabalho 10ª Região (TRT 10), quem trabalhar no Dia do Evangélico em Brasília, faz jus as garantias elencadas nos artigos 70 e 385 da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), isto é, o de receber o dia trabalhado em dobro ou ter folga concedida em outro dia.

6. Louvamos a Deus pelo reconhecimento do Dia do Evangélico do Brasil. Porém, aproveitamos a data para refletir sobre o nosso verdadeiro papel na sociedade. Cristo claramente nos advertiu:

"Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo [...] Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos ceús" (Mt 5. 13,14,16)

Reflita Nisto

Douglas Roberto de Almeida Baptista


5 comentários

Alan Neander

Realmente, um momento para refletir se somos o bom tempero, se estamos com a candeia bem posicionada.É hora de arrependimento.

pastor lucio

E louvável este reconhecimento aos evangélicos, e uma conquista, porém, não nos esqueçamos que o maior reconhecimento tem que vim de DEUS, por nossos nomes está escrito no livro da vida.

Clayton Costa Rosa

Considero importante, moro em Rio Branco do Sul - PR., aqui a lei que institui o Dia Municipal do Evangélico foi promulgada no ano de 1999, o dia escolhido a ser comemorado foi 16 de Agosto, foi devido as maiores festividades evangélicas serem comemoradas em 16/08, sendo as principais delas na Igreja Assembléia de Deus na direção do Patriarca Pastor Carlos Marchioro, e no ano de 2009 eu Clayton Costa Rosa(então vereador neste ano), fui autor da lei que instituiu o Feriado Oficial alusivo a

Dionísio Vargas de Quadr

Prezado Pr, parabenizo pelo artigo. Traz conhecimento e esclarecimento do dia nacional do Evangélico. Que Deus nos dê graça para vivermos como sal da terra e luz do mundo perante a sociedade e o nome do Senhor seja glorificado por intermédio do nosso testemunho. Dc Vargas

Sérgio Luís

Prezado Pr.Douglas, a paz do Senhor. Primeiramente, obrigado pela informação, eu ignorava esta celebração. Não discordo de que haja uma data nacional para celebrar o povo de Deus,porém, nos últimos dias há uma certa dificuldade em saber quem de fato poderia comemorar esta data.“...se o sal for insípido...?"

Deixe seu comentário







Perfil

Douglas Baptista é pastor, líder da Assembleia de Deus de Missão do Distrito Federal, doutor em Teologia Sistemática, mestre em Teologia do Novo Testamento, pós-graduado em Docência do Ensino Superior e Bibliologia, e licenciado em Educação Religiosa e Filosofia; presidente da Sociedade Brasileira de Teologia Cristã Evangélica, do Conselho de Educação e Cultura da CGADB e da Ordem dos Capelães Evangélicos do Brasil; e segundo-vice-presidente da Convenção dos Ministros Evangélicos das ADs de Brasília e Goiás, além de diretor geral do Instituto Brasileiro de Teologia e Ciências Humanas.

COLUNISTAS