Colunistas

Ciro Sanches Zibordi

Ciro Sanches Zibordi

O perigoso universalismo pregado pelo irmão Ed René Kivitz

Qui, 25/06/2015 por Ciro Sanches Zibordi

Teólogos calvinistas e arminianos vêm debatendo há séculos a respeito do alcance da obra salvífica de Cristo, mas não a ponto de cometerem heresias. De modo geral, os primeiros creem em uma expiação restrita, afirmando que o Senhor Jesus teria provado a morte, de modo eficaz, somente pelos eleitos (cf. Mc 10.45). Já os arminianos defendem que Jesus morreu por toda a humanidade, mas somente “aquele que nele crê” (Jo 3.16) é efetivamente salvo (cf. 1 Tm 2.4-6). O universalismo é uma perigosa heresia, condenada tanto por calvinistas como por arminianos que se prezam. “Os evangélicos, de modo global, rejeitam a doutrina do universalismo absoluto (isto é, o amor divino não permitirá que nenhum ser humano ou mesmo o diabo e os anjos caídos permaneçam eternamente separados dEle). O universalismo postula que a obra salvífica de Cristo abrange todas as pessoas, sem exceção” (PECOTA in HORTON, p. 358).

Observe que o universalismo extremado prevê a salvação até do Diabo! Para os teólogos pentecostais, a heresia em apreço — quando levada às últimas consequências — é o ensino “segundo o qual todos os seres humanos, anjos e o próprio Satanás acabarão sendo salvos e desfrutarão eternamente do amor e da presença de Deus para sempre” (HORTON, p. 803). Poucos teólogos universalistas, na atualidade, têm a coragem de afirmar que Deus é tão amoroso, a ponto de salvar o próprio Diabo. Mas Ed René Kivitz, pastor e filósofo ligado ao movimento Missão Integral, afirmou recentemente, com base em João 1.29, que o pecado não está mais presente na relação entre Deus e os homens. E, com base nisso, ele foi mais além e afirmou que poderemos encontrar até Hitler no céu, não porque esse tirano tenha se arrependido antes de morrer, e sim porque Deus tirou o pecado do mundo. Em outras palavras, todos serão salvos, haja o que houver, pois o pecado não mais existe (KIVITZ, 2013).

Kivitz interpreta a frase “Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo” de modo isolado, fora do seu contexto imediato e remoto, e sem considerar os três aspetos da obra salvífica: posicional, progressivo e perfectivo. À luz das Escrituras, a nossa preciosa salvação pela graça de Deus abrange passado, presente e futuro. No passado, a salvação é posicional: como já fomos justificados, regenerados e santificados, estamos "em Cristo" (2 Co 5.17; Ef 2.1-6). No presente, a salvação é progressiva, uma vez que, a cada dia, somos mais santos (Hb 12.14), operando a nossa salvação com temor e tremor (Fp 2.12). E, no futuro, ela será perfeita (Fp 3.19,20); este aspecto perfectivo da nossa salvação está ligado a outra dimensão, na glória, quando estivermos para sempre com o nosso Deus (Rm 8.18; 1 Pe 5.1). Nesse caso, hoje estamos libertos, em Cristo, do poder do pecado. Mas, somente na glória, estaremos livres da presença do pecado.

Qual é, pois, o erro de Kivitz? Ele afirma, em outras palavras, que Deus, hoje, já nos livrou da presença do pecado, contrariando o que está escrito em Gálatas 5.16-26. Ademais, ele não apenas defende a ideia falaciosa da libertação da presença do pecado, no presente, mas comete erro maior, ao afirmar — ou sugerir, pelo menos — que haverá salvação automática de todos, inclusive de Hitler, sem fé e arrependimento, uma vez que Jesus já teria tirado o pecado do mundo. Esse pensamento é, sem dúvida, uma grande heresia, haja vista a Palavra de Deus ser clara quanto à necessidade de o ser humano precisar crer e se arrepender para receber a preciosa salvação pela graça de Deus (Mc 1.15; Jo 3.36; At 3.19; Rm 10.9,10).

Ciro Sanches Zibordi

Referências
HORTON, Stanley M. Teologia Sistamática: uma perspectiva pentecostal. Rio de Janeiro: CPAD, 1996.
KIVITZ, Ed René. A Heresia da Graça Barata! Porta da Graça, 29 abr. 2014. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=R00LUvSgHJ0.
PECOTA, Daniel B. A Obra Salvífica de Cristo. IN: HORTON, Stanley M. Teologia Sistamática: uma perspectiva pentecostal. Rio de Janeiro: CPAD, 1996.

123 comentários

Toni Roger Bonete

Como o pessoal pode ser tão mesquinho, de não entender a mensagem, de que na visão de Deus Através de Jesus, nos todos somos salvos(ou temos a oportunidade de ser), mas ai se você enfiou a faca e tem sangue, é problema seu, ou seja se você não quer essa salvação pela graça, o problema é seu, é bem simples entender, mas eu sei a dificuldade que alguns que viveram sobre o julgo do medo, da culpa, da ganância, do isso pode isso não pode, tem de entender esse tipo de mensagem.

JORDAN GOMES

pastor Ciro a paz, Ouvi esse sermão do pastor Ed Renê novamente outro dia, e percebi novamente o quando ele se equivoca a luz da escritura que ele afirma "interpretar literalmente". E depois de ler seu artigo e ver a maneira cuidadosa de tratar do assunto fico muito feliz pela sua sobriedade. Mas acho louca a maneira dos defensores do amado irmão Ed. Não se baseiam na escritura em quase nada, mas somente no amor e no já passados "não julgue" que é resultado de uma interpretação errada.

RUBENS DYEGO BENEVIDES ARAUJO

Pastor Ciro Sanches, já ouvi muitas pregações do Pastor Ed. René Kivitz, e como já foi dito o próprio Ed. René já esclareceu sobre a questão do universalismo. O Grande Foco da mensagem é que Deus não usa como o critério de relacionamento o pecado, mas sim o Sangue de Jesus Cristo. O Grande problema que a religião precisa de três pilares, o medo, a ganância e a culpa. E quando ela fala da possível salvação de hitler eu sei que isso deve te doer muito, pois é difícil aceitarmos.

Paulo Billé

Será que você assistiu o mesmo vídeo que eu? Acho que não! Se não começarmos a viver o evangelho na prática, continuaremos a crescer somente em número, assistam os vídeos do Ed Rene, ajudarão a abrir a mente para o evangelho genuíno.

Ricardo

Eu queria uma explicaçao a respeito do dizimo no novo testamento

jose

teologias.....cada cérebro é capaz de formular suas proprias teologias. estudar Deus. estudar sua palavra. fica a pergunta: qual metodo interpretativo é o ideal? o alegorico? o histórico crítico? historico gramatical? qual teologia nos leva a Deus? a existencialista? a dialética? a pós metafisica? a liberal? onde fica o limite entre estar com .Deus e sem Deus, em nossas teologias? a melhor das intenções em busca da interpretação biblica pode nos conduzir em uma Ateologia.

Irene Amara

A paz querido Ciro venho procurando entender o Pr ED Rene porque as duvidas surgiram no me coraçõ.Cristã nao sou radical mas olha o que me conteceu,outro dia via o Ed pregar atras dele no pulpito eu tive uma visaõ legivel de algo escrito atrsas dee na parede que por sua vez era pretae a escrita em letras garrafais em vermelho a palavra,IPSE ,Isso me fez repensar,

Irene Amara

A paz querido Ciro venho procurando entender o Pr ED Rene porque as duvidas surgiram no me coraçõ.Cristã nao sou radical mas olha o que me conteceu,outro dia via o Ed pregar atras dele no pulpito eu tive uma visaõ legivel de algo escrito atrsas dee na parede que por sua vez era pretae a escrita em letras garrafais em vermelho a palavra,IPSE ,Isso me fez repensar,

Ana Paula

Estou extremamente indignada e decepcionada com essa matéria, uma pregação que foi feita em 2011 e que já foi esclarecida pelo pastor Ed Renê, voltar para a mídia com qual intuito? Gostaria de saber? Sr. Ciro se for falar do universalismo esteja à vontade, mas retire o nome do pastor Ed Renê, pois não tem fundamento nenhum a sua colocação, vamos pregar o evangelho em vez de ficar querendo sujar outros pastores. Lamentável

Ariel Eugenio

Pelo menos Pr Ciro ...confronta .,,parabéns..

Ciro Sanches Zibordi

Bruno G. Prates, a verdade dói, mas é a verdade. Informe-se melhor.

Bruno Gabriel Prates

Até onde eu sei, ele bem explicou suas ideias, que não são universalistas. Isso chama-se Assembleia de Deus com medo da perda de membros. Engraçado a AD criticar a ''falta de santidade'' que também está presente em sua igreja, puramente política e até um pouco maçônica.

Jeuel Figuerêdo

O que nos une é muito maior do que concepções teológicas, e, a propósito procurem uma resposta do irmão Ed René aos irmãos teólogos puramente denominacionais. Irmão Ciro, entendo o seu trabalho, mas não cabe a nenhum de nós apontar o outro como propagador de tal coisa, se seu trabalho foi articular uma coluna sobre o assunto " Universalismo", o faça, entretanto falando apenas do mesmo, sem citar irmão tal ou pastor tal.

Everaldo Rozendo

Bom d Começando por mim vamos todos nos converter , é uma muitidão de filosofias e interpretações, mas falta Cristo em "todos" nós e isso é evidente!

Josafá Inácio da Silva

Fica difícil entender pregações que não sejam a realidade do amor de Deus, que deu Seu Filho amado para morrer na cruz em resgate do homem que foi criado à imagem e semelhança de Deus. Realmente para quem evangeliza, fica difícil o entendimento quando um pregador fala muito, tenta explicar e a plateia não consegue entender. Vejo muitas críticas ao Pastor Ed Rene Kivitz, mas confesso que também fiquei confuso com algumas colocações. Espero que ele não seja universalista.

Roberto dos Santos

O pensamento de Ed René Kivitz é parte de uma interpretação pós –metafísica, onde o fim da metafísica como crença em uma ordem fundada, estável, necessária e objetivamente cognitiva do ser, foi acompanhada, no pensamento e na prática social, pela morte do Deus moral. Em Heidegger, esse fim significa a passagem de uma concepção do ser como estrutura para uma concepção do ser como evento. Fica claro que o universalismo de Ed René Kivitz está condicionado a uma soteriologia do ser como evento.

Marcos almeida

Acredito que o grande problema em questão é que os cristãos hoje em dia não examinan realmente as escrituras sagradas e estão engolindo todo tipo de pregação e estão deixando de pregar o arrependimento e salvação achando que no céu entrarão de todo jeito,a palavra de Deus é bem clara que o caminho é longo e a porta é estreita e também relata que muitos serão chamados e poucos serão escolhidos. O que devemos fazer antes de acatar ou condenar é orarmos e pedir a misericórdia e a direção de Deus.

Ivan

A paz de nosso Salvador e Senhor Jesus Cristo. Pelo que entendi a partir de uma rápida leitura dos comentários do Ir. Zibordi, o universalismo é uma doutrina perigosa, vez que pode levar a um conformismo com este século, já que todos estão salvos sem ter que passar pela Porta Estreita. Se assim for, realmente é um discurso impregnado de relativismo "pós-moderno", contemporâneo. É o espirito do anticristo. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espirito diz às igrejas. Ao Senhor Jesus toda a glória!

Anonimo

Caro Sr. Ciro Sanches Tenho duas duvidas: A interpretação que devo dar ao seu texto é que a salvação não é automática e não é extensiva a toda a humanidade de maneira integral, plena, eficaz e universal? Isto é, é indispensável a fé/arrependimento. Não tenho posição alguma em relação ao tema, mas de modo pratico, como se dará a salvação de povos os quais nunca ouviram falar de fé e arrependimento, ou mesmo no nome de Jesus, por exemplo, os índios? Abraço

Francisco Brito

A paz do Senhor pastor Ciro, Esse princípio é inspirado em José Luis de Jesús Miranda, da seita Creciendo em Gracia? Esse tipo de ensinamento gera uma falsa sensação de que está tudo bem, e muitos estão profanando a cruz, caindo da Graça e voltando ao estado anterior à regeneração. Por isso tanta apostasia. Abraço e parabéns pelo trabalho apologético!

Ciro Sanches Zibordi

Danilo Araújo, o que o irmão tem a comentar sobre o texto? Quanto às suas afirmações, apenas uma dica: toda generalização é perigosa. Já ouviu falar da VINACC, que realiza um evento apologético, chamado Consciência Cristã, o qual reúne preletores e participantes presbiterianos, batistas, assembleianos e de várias outras denominações? Informe-se melhor, pois a Assembleia de Deus (mesmo) não é sectária. Meu texto é sobre a HERESIA do universalismo, que vem sendo propagada por um PREGADOR. Atenção!

Marcelo

Fico impressionado com a quantidade de pessoas que se insurgem para defender pregadores de heresias. Isso demonstra a baixa espiritualidade de muitos que se dizem salvos. Que o SENHOR te recompense, pastor Ciro! Que o SENHOR continue te usando como Atalaia (Ez 33.1-6) para alertar os incautos do perigo dos falsos mestres (2Pe 2.1-8).

Danilo Araújo

Só é salvo quem é da Assembleia de Deus. Tanto que um irmão de outra denominação presente num culto da AD é proibido de participar da ceia da Assembleia de Deus. Da mesma forma, irmãos assembleianos não podem se relacionar com pessoas de outras denominações. Conheço um irmão, nascido e criado na AD, que precisou deixar a igreja, pois namorou, noivou e casou com uma menina da igreja batista. Ambos estão na fé e no serviço do Senhor, mas ele precisou deixar a Assembleia de Deus por esse "PECADO".

Ciro Sanches Zibordi

Grato, Hadassa. Que Deus a ilumine!

Hadassa

Agradeço sua sugestão de leitura. Talvez os tais eruditos esclareçam melhor a singularidade desse movimento brasileiro pentecostal que tem muito à provar como doutrina. Deixo minha sugestão ao senhor. Se inteire melhor sobre a MIssão Integral antes de afirmar (como um dos seus comentários) que ela segue mais ao Marxismo do que o evangelho. Até porque todas filosofias ocidentais foi escrita tendo a Bíblia como pano de fundo, inclusive o marxismo.

Ciro Sanches Zibordi

Irmão Thiago Nascimento, respeito o que o irmão já aprendeu. Quanto a mim, o que aprendi lendo a Bíblia é que devemos nos opor às HERESIAS (2 Co 11.4; Gl 1.8; 2 Pe 2.1,2). O que aprendi lendo a Bíblia é que não devemos julgar as pessoas CALUNIOSAMENTE (Mt 7.1,2). O que aprendi lendo a Bíblia é que devemos julgar tudo SEGUNDO A RETA JUSTIÇA (1 Ts 5.21; Jo 7.24). O que aprendi lendo a Bíblia é que devemos defender o Evangelho (Fp 1.16). #FicaADica

Ciro Sanches Zibordi

Jonanas Calábria, grato por seu último comentário sobre o assunto em apreço. Mantenho, pois, a sugestão que lhe dei no comentário anterior e acrescento: não tenha preguiça de ler os comentários anteriores, pois neles já respondi, mais de uma vez, ao vídeo que o irmão somente agora apresenta... Nesse vídeo, aliás, o irmão Kivitz (note: IRMÃO), apesar de fazer um gracejo, REAFIRMA o seu universalismo. Ouça com MAIS atenção. Em defesa do Evangelho e portanto contra as heresias, Ciro Sanches Zibordi

Thiago Nascimento

O que eu aprendi é que esse tipo de discussão não cabe a nenhum de nós, embora nós sempre tentamos tomar o lugar de Deus e emitir sentenças sobre esse ou aquele assunto. Discordo dessa discussão, pois Deus é amor e juiz e, como diz o Salmo, "...a um abate e a outro exalta...", significando que, nenhum ser humano tem a capacidade espiritual legislativa sobre a alma do outro. Só Ele o tem. Assim, precisamos aprender o nosso lugar e o de Deus, pois, tão mal quanto ser 'herege' é ser juiz do outro.

Jonatas Calábria

Pastor Ciro obrigado pela sugestão, porém vejo que faz uso da desqualificação de seus "oponentes" para sobrepor sua posição, infelizmente. A respeito da heresia, em seu último parágrafo do texto fica evidente a sua acusação ao pastor Ed Rene Kivitz, embora ele já tenha se explicado em outro vídeo sobre o assunto, mas aproveito e lhe o link para atualização de suas pesquisas. https://www.youtube.com/watch?v=pnw7siKR5_o

Sandro Cesar

É de se estranhar quando dito cristão aparece com suposto ensinamento tão contrário a Bíblia. Esse Ed R é uma fonte pode se dizer obscuro. Vem com doutrina extremamente sutil; lamentavelmente cristão não estão atento e comparando os seus ensinamentos com a Bíblia, como registra em ´´temos, mui firme, a palavra dos profetas, à qual bem fazeis em estar atentos, como a uma luz que alumia em lugar escuro, até que o dia amanheça, e a estrela da alva apareça em vossos corações. 2 Pedro 1:19.

Ariel da Silva Eugênio

Gente por favor ... Respeitar como homem é dever de todo cristão agora concordar com essa heresia.. Pelo amor de Deus dizer que não existe mais pecado..essa Bíblia dele não conheço .. Não dar para descer de goela baixo não ta .. Deus nos livre desse ensino barato..

Ciro Sanches Zibordi

Hadassa Calábria, vejo que a irmã, com todo o respeito, sequer sabe a diferença entre o pentecostalismo e os vários tipos de pseudopentecostalismo. Seria bom que a irmã se inteirasse melhor sobre o assunto, lendo obras de autores pentecostais como Stanley Horton, William Menzies, Anthony D. Palma, Antonio Gilberto, Esequias Soares, etc. O conceito de heresia entre os eruditos (eruditos, mesmo) é o mesmo. Pesquise melhor sobre isso, também. Que Deus a abençoe!

Ciro Sanches Zibordi

Caro Jônatas Calábria, grato por seu comentário. Em primeiro lugar, observe que não chamei a ninguém de herege, pois isso seria uma deselegância sem tamanho. Minha abordagem não é "ad hominem", e sim uma refutação à HERESIA do universalismo. Mas, se o irmão não tem base exegética para saber o que é heresia, à luz da Bíblia, não há como dialogarmos. Portanto, agradeço-lhe pelo comentário, incentivando o irmão a se inteirar melhor da Teologia Exegética (Hermenêutica e Exegese). A paz do Senhor!

Hadassa Calábria

A Bíblia É para mim a verdade suprema. Já sua ótica sobre "Ser Herege" é questionável. Não concordar com sua afirmação me torna herege? Como o senhor explica o pentecostalismo de sua denominação que é baseada apenas em experiências pessoais e não tem tradição dentro da cristandade? Como diz Rubem Alves: "Heresia é muito mais uma questão de poder." Herege por herege todo mundo é um pouco. Sendo assim, posso afirmar: QUE SEJA AMALDIÇOADO TODOS NÓS? (Tá em Gálatas 1.8).

Jonatas Calábria

Pastor Ciro, o que a irmã Hadassa diz não tem uma marca de relativismo, ela colocou um fato. Pois o que torna o irmão menos herege do que o Ed Rene? Citações de versículos? Qualquer um pode fazer isso e requerer a si a legitimidade da ortodoxia cristã. Aliás é bom lembrá-lo de que a teologia pentecostal que o senhor defende até hoje tem um pé na heresia. Infelizmente os teólogos da AD mantém um discurso exclusivista e purista ao extremo, é como se apenas vocês tivessem o domínio da verdade.

Ciro Sanches Zibordi

Hadassa, seu comentário tem uma marca da pós-modernidade: o relativismo. O que a irmã pensa sobre a Bíblia? Não é ela a nossa fonte primacial de autoridade, nossa regra de fé, de prática e de viver? O que a irmã pensa de textos bíblicos como 1 Coríntios 15.1-4; 2 Coríntios 11.3,4 e Gálatas 1.8?

Hadassa Calábria

Heresia - no grego significa "escolha". Posso concluir que heresia é uma questão de ponto de vista. Quem é herege e quem não é? Depende de quem está afirmando. Herege será sempre o outro que esta contra minha visão de "verdade denominacional".

Hadassa Calábria

O Higor comentou exatamente o que fiquei me perguntando: Por qual motivo então, eles afirmam em seus cultos que Cristo morreu por todos?

Fabio

Pastor Ciro, só mesmo uma pessoa abençoada por Deus para aguentar com paciência tantos comentários medíocres dos fãs idólatras do Ed Renê. Como podem defender alguém que está claramente indo de encontro a Palavra do Senhor (Bíblia)? Tenho percebido que de nada vale argumentar com esses tais. Mais uma vez vemos o cumprimento da Palavra descrita em 2 Co 4.4. Deus te abençoe mais e mais Pastor.

Ciro Sanches Zibordi

Irmão Eduardo, tenho conhecimento de que a Missão Integral é multifacetada. Entretanto, não tenho como omitir que Ed René Kivitz é um dos principais líderes desse movimento, uma vez que ele de fato o é. Isso é reconhecido até mesmo pela grande mídia. Que Deus o abençoe.

Eduardo

Prezado irmão Ciro, Tenho muitos amigos q se dizem adeptos da ideia da Missão Integral, (TMI) e nem de perto são marxista. Como eu disse, em outro comentário, prefiro a Palavra bíblica diaconia, ou missão diaconia, onde a reconciliação do homem com ele mesmo, não significa, reconciliação com DEUS, que só pode vir pela fé em JESUS. No entanto, não se pode fazer uma dicotomia entre pregação (palavras) e ação (obras). Cristãos exclusivistas, mesmo que sejam simpáticos ao termo MI, não são marxistas

Eduardo

Prezado irmão Ciro, Tenho muitos amigos q se dizem adeptos da ideia da Missão Integral, (TMI) e nem de perto são marxista. Como eu disse, em outro comentário, prefiro a Palavra bíblica diaconia, ou missão diaconia, onde a reconciliação do homem com ele mesmo, não significa, reconciliação com DEUS, que só pode vir pela fé em JESUS. No entanto, não se pode fazer uma dicotomia entre pregação (palavras) e ação (obras). Cristãos exclusivistas, mesmo que sejam simpáticos ao termo MI, não são marxistas

Eduardo

Paz do Senhor. Realmente há algum tempo tenho percebido algumas opiniões "estranhas" no Pr Ed. No entanto, quando o irmão associa a opinião dele sobre universalismo colocndo ao lado que ele é da Missão Integral, acaba sugerindo (mesmo q nas entre linhas) q a Missão Integral é universalista. Embora eu mesmo não me considere um "teólogo" da Missão Integral, sou simpatizante (prefiro o termo diaconia). Esclarecendo: Eu não sou petista, nem de esquerda, minhas posições basicamente são de direitas.

Alice

Pr. Ciro, escreva esse "post", por favor, mas a passagem bíblica descrita diz tudo. Aprendo com seus artigos.

Ciro Sanches Zibordi

Silvio Nery do Vabo, só não podemos, na verdade, é aceitar que HERESIAS sejam disseminadas em nosso meio por "soldados" (Gl 1.8; 2 Co 11.3,4). Ou o irmão acha que Jesus "matou soldados" quando verberou contra os desvios do Evangelho praticados por PASTORES de algumas igrejas da província da Ásia?! Leia Apocalipse 2-3. Ou será, ainda, que o irmão pensa que Paulo "matou soldados" quando verberou contra a heresia verificada no meio do povo de Deus?! Estude as Cartas Paulinas. A paz do Senhor.

Silvio Nery do Vabo

Só não podemos matar nossos próprios soldados, pois esse é o único exército, que mata seus soldados. Na sua palavra, o Senhor diz em Gálatas 5.14-15. porque a lei se cumpre em um só preceito, a saber: amarás o teu próximo como a ti mesmo. Se vós, porém, vos mordeis e devorais uns aos outros, vede que não sejais mutuamente destruídos. Durante todo o percurso cristão, deve haver altares nos quais você sacrifica a si mesmo, ou você nunca avançará um passo. Deus abençoe a todos.

Jadson Carvalho

É notável o comprometimento de Ed Rene Kivtiz com o pseudo-evangelho, é ele que prega a teologia da missão integral com base no marxismo. E agora ele vem pregando o universalismo. Por que ele prega arrependimento de pecados se todos serão salvos sem se arrependerem? Isso não é lógico.

Ciro Sanches Zibordi

Claudia Teixeira, a irmã se preocupou em defender a PESSOA do irmão Ed René Kivitz. Mas a minha crítica é ao PERIGOSO UNIVERSALISMO pregado pelo irmão Ed René Kivitz (veja: https://www.youtube.com/watch?v=pIY0_E1jlnE). O que a irmã diz a respeito da HERESIA mencionada, pela qual se afirmou que até Judas poderá estar no céu, mesmo sem ter se arrependido, uma vez que, segundo a pregação de Kivitz, Deus já tirou o pecado de toda a humanidade? Que Deus a abençoe.

Claudia Teixeira

Pr. Ed tem sido uma grande voz para os desesperançados nesses dias de Evangelho que fogem da sã doutrina. E , ao contrário, do que o sr. afirma, e se, realmente, ouve suas msgs, sabe que ele combate, sim, o pecado, e afirma q a porta é estreita e o homem precisa ser regenerado. Basta confirmar isso na msg: ¨Portas, caminhos e destinos".. O Problema é q Ed Rene não se atém somente no combate a bebida, cigarro e sexo. Ele vai bem mais além e combate o mau caratismo do homem e sua bestialidade.

Geovane Leite

Prezado Pr. Ciro, o teólogo em apreço seria uma espécie de "Reb Bell" brasileiro?

Ciro Sanches Zibordi

Osvaldo Barbosa, não entendi seu comentário. Ficou truncado. Mas, quanto ao arrependimento, não cabe relativização. Juntamente com a fé, ele é imprescindível para o recebimento da dádiva da salvação em Cristo.

Osvaldo. barbosa de medeiros

a verdade que muitos falam suas teologias e falam o que pensam , Ed rener também fala o que entende...porem a outros que endo são que para salvação nesse citam das suas obras mortificadora da carne, que transliteram para arrependimento....mas se colocarmos arrependimento ao pê da letra nenhum de nos.. arrependemos fielmente por que assim continuamos pecando da mesma forma como antes. seja ganancia, seja falta de amor, seja juizado, etc.. mesmo conhecendo a verdade...isso so é uma questão de nive

Juliane C. S.

A Paz do Senhor, Pr. Ciro! Tendo acompanhado as suas publicações e compartilhado com meus amigos! Que Deus continue lhe ajudando!

Ciro Sanches Zibordi

Pensei em escrever um "post" a respeito dos pregadores politicamente corretos, intelectuais, filósofos, "bons mocinhos" que falam "bonitinho" e têm grande presença de palco, mas apresentam mensagens recheadas de filosofia pós-moderna (relativista e multiculturalista), marxismo, gramscismo e universalismo. Entretanto, lembrei-me de uma passagem bíblica que, além de inspirada por Deus, é muito mais clara e contundente que as minhas palavras: 2 Timóteo 2.1-5.

Ciro Sanches Zibordi

Diogo, mais que heresia, APOSTASIA, é torcer o Evangelho supostamente por causa do amor. Jesus disse: "Se alguém me ama, GUARDARÁ A MINHA PALAVRA" (Jo 14.23). Portanto, reveja seus conceitos, antes que seja tarde demais. Que Deus o ilumine.

monicafer

Povo De Deus a a só verdade nos liberta .e esta escrito na Palavra de Deus .A palavra Diz : Porque Deus amou o mundo de tal maneira de deu seu unigênito PARA TODO AQUELE QUE NELE CRER não pereça mais tenha a vida eterna.só parar pra pensar QUE NELE CRER.. o que precisa é refletirmos na palavra ai as heresias são automaticamente descartadas por cada indivíduos ,agora que RESPONSABILIDADES dos que estão como pastores de ovelhas ensinam outro tipo de evangelho,tem um presente em apocalipse..

diogo

Cade o foco cristão ? Amar a Deus sobe todas as coisas e ao próximo como a si mesmo. Nem mesmo o evangelho pode ser maior que o amor a Deus e ao próximo. Discutir as formas de amar é a grande heresia !

Ciro Sanches Zibordi

Caro irmão Toni, todos sabem que sou um crítico do modelo "receeebaaa" dos animadores de auditório. Basta ler o que já escrevi, em meus livros e artigos. Entretanto, muito mais danosa que a pregação malabarista e a animação de auditório é a pregação de alguém que fala "bonitinho", parece ser um "bom mocinho", intelectual, e, na verdade, está apresentando ao povo a filosofia pós-moderna, relativista, multiculturalista, marxista e universalista, travestida de Evangelho. #FicaADica.

Toni Roger Bonete

Tenho 34 anos de fé, já sou a 3 geração de cristão de minha família, acompanho a 7 anos o Pastor Ed René Kivitz, já participei de vários congressos dos mais diversos da EAD, desde os Napoleãos os Pulos Lucas, nunca vi mais coerência do que as mensagens pregadas pelo Pastor Ed René Kivitz, acho que devemos cuidar do que andamos falando e criando conflitos, como aprendi, sobre o Medo, Culpa e Ganância, vamos falar o Evangelho.

Ciro Sanches Zibordi

Sidnei, a apologética deve basear-se em 1 Pedro 3.15. Não considero Kivitz meu inimigo. Ademais, se Jesus chamou Judas de amigo, por que devo tachar o irmão Kivitz de herege? Minha abordagem não é "ad hominem". Estou contra as HERESIAS, e não contra pessoas. A paz do Senhor.

isac nascimento

Temos que tomar cuidado como diz a biblia. Porque tem muita gente achando que e doutor de biblia mas esta com espirito de enganador ensinando doutrinas de demonio cuidado povo de Deus percebo o que esta faltando no meio do povo de Deus e oracao vamos orar

Sidnei

PR. Ciro, Uma pergunta, porque então o senhor chama este cidadão de irmão ? a menos que ele seja seu irmão segundo a carne, não vejo motivos para chama-lo de irmão, ou o titulo "pastor" é o suficiente para considerarmos hereges como irmãos ? Não tenha medo do "status" que este cidadão tem! ele não é nosso irmão, a menos que se converta!

José Luiz da Silva

Complicado né? Essas coisas acontecendo nos últimos dias... profecia do Capítulo 4 da primeira epístola de Paulo a Timóteo. Ainda bem que estou firmado na verdade... na palavra, que é Cristo Jesus. Portanto faço minhas as palavras do irmão Newto Carpintero - Sou apenas de Cristo! Por que sei que ele anda no meio dos candeeiros.

Franklin

É perceptivel o falso evangelho apresentado por esse cara ai, é não o chamo de irmão, porque não é, se não prega e nem vive a verdade, pra mim não é irmão. ... qualquer um com um terço de conhecimento da palavra ver que a uma diferença enorme do evangelho pregado por Jesus e os apóstolos. Que discorre por toda a bíblia o arrependimento e crê em Jesus Cristo. Esse evangelho deturpado e fácil, são pros que não querem abrir mão das velhas práticas, impenitentes. Universalismo sim! Tô com PR. Ciro

Franklin

É perceptivel o falso evangelho apresentado por esse cara ai, é não o chamo de irmão, porque não é, se não prega e nem vive a verdade, pra mim não é irmão. ... qualquer um com um terço de conhecimento da palavra ver que a uma diferença enorme do evangelho pregado por Jesus e os apóstolos. Que discorre por toda a bíblia o arrependimento e crê em Jesus Cristo. Esse evangelho deturpado e fácil, são pros que não querem abrir mão das velhas práticas, impenitentes. Universalismo sim! Tô com PR. Ciro

Ciro Sanches Zibordi

Todos sabem que sou um crítico do modelo "receeebaaa" dos animadores de auditório. Basta ler o que já escrevi, em meus livros e artigos. Entretanto, muito mais danosa que a pregação malabarista e a animação de auditório é a pregação de alguém que fala "bonitinho", parece ser um "bom mocinho", intelectual, e, na verdade, está apresentando ao povo a filosofia pós-moderna, relativista, multiculturalista, marxista e universalista, travestida de Evangelho. ‪#‎FicaADica

Ciro Sanches Zibordi

Jamea, realmente... Por que "perdemos" tanto tempo lendo e comentando sobre determinados assuntos que não são benéficos, supostamente, para o Reino de Deus? Reflitamos sobre isso...

Ciro Sanches Zibordi

Charles Resende, se este articulista não estivesse aberto ao diálogo, sequer publicaria seu comentário deselegante, aqui. Se o irmão foi bloqueado lá, reflita. Talvez, o irmão descubra por que essas coisas às vezes ocorrem. A paz do Senhor.

Ciro Sanches Zibordi

Gustavo, no vídeo super-hiper-mega-conhecido indicado pelo irmão, Kivitz faz um gracejo e REAFIRMA o seu universalismo, dizendo, inclusive, que há algumas passagens... Quanto às outras coisas que o irmão mencionou, já respondi a outros que partilham de sua mesma opinião. Se desejar, fique à vontade para ler minhas respostas, abaixo.

Sérgio Luís

Mais uma "novidade" para atrair aos incautos e imaturos. A biblia nos fala de indivíduos que estão sempre aprendendo e, nunca aprendem nada.

Gustavo

Alguém aí ja viu o Ed Rene explicando https://www.youtube.com/watch?v=pnw7siKR5_o acho que temos que tomar cuidado quando falamos que tal pessoa é herege ou coisa parecida. O problema é que o legalismo está a solta ai escutamos declarações como não anda com o ímpio pq vc vai desviar. Só uma coisa sou da AD e vejo muito isso.

WELIANO PIRES

Meus irmãos, eu conheço a seriedade e a responsabilidade do Pr. Ciro Sanches Zibordi. Portanto, antes de insinuarem que ele acusou levianamente o pastor Ed Renê Kivitz de heresia, assistam a este vídeo e tirem as suas conclusões. O Pr. Ciro foi até comedido, evitando citar nomes. A pregação é escandalosamente herética. O pregador chega a sugerir que o pecado não mais existe e que Hittler e Herodes Antipas tem lugar no céu! Pasmem! https://www.youtube.com/watch?v=pIY0_E1jlnE

Charles Rezende

Pior que qualquer relativismo é um "formador de opinião" que não esteja aberto ao dialogo, que não aceita ser contradito, mesmo que seja algo feito com educação, como eu fiz, no face do Ciro, sendo bloqueado por isso. Deixo aqui meu protesto e tristeza, pois o admiro e gosto de ler o que ele escreve, mas sua reação me deixou muito intrigado. Não devemos ser assim. Isso é coisa de fundamentalistas, e isso nós não somos.

Jamea

Diante dessas questões todas quem está certo e quem está menos certo me pergunto por que gastarmos tempo discutindo posições de A ou B .Isso seria interessante dentro de uma universidade em um curso teológico, agora ficar se degladiando entre questões que a mente humana pensa que sabe qual a melhor visão de determinando ideia postulada por algum teólogo seja de agora ou do passado só irá confundir a mente de quem simplesmente esbarra numa discussão dessas sem saber de que lado ficar

Ciro Sanches Zibordi

Hugo, minha crítica não é "ad hominem". Ela recai sobre a HERESIA do universalismo. Observe que chamo Kivitz de IRMÃO, a fim de deixar claro que nada tenho contra a sua realmente famosa e prestigiada pessoa. Agora, meu amado irmão, ele não negou seu universalismo, em hipótese alguma. E seu universalismo é "pesado": defende a salvação de qualquer um, inclusive Hitler e Herodes, sem a necessidade de arrependimento. Veja: https://www.youtube.com/watch?v=pIY0_E1jlnE&index=2&list=PLaGz0TDTQp0JrXSXNjh

Hugo

É obvio que quando alguém se destaca pela qualidade de seu trabalho e diligencia do seu ministério, logo aparecem os fariseus da velha guarda tentando achar erros na pessoa em questão, vi a pregação do Kivitz, de fato para quem não o acompanha ou não é membro de sua igreja da se a entender que ele é universalista... mas não é, nunca foi e não endossa isso, ele mesmo justificou isso num breve momento em um culto de ceia. Agora estudar do jeito que ele estudou e fazer melhor que ele ninguém quer..

Ciro Sanches Zibordi

Alex, esse discurso "ad hominem" a nada leva. Minha crítica recai sobre a HERESIA do universalismo. Observe que chamo Kivitz de IRMÃO, justamente para deixar claro que nada tenho contra a sua já bastante famosa pessoa. Não é a minha crítica que vai torná-lo menos ou mais famoso. Agora, negar que ele defendeu o universalismo e a salvação de qualquer um, inclusive Hitler e Herodes, sem a necessidade de arrependimento é uma tarefa mais difícil. Responda sem paixão, meu irmão, por favor. #FicaADica

Ciro Sanches Zibordi

Carlos Antônio da Silva, nossa fonte primária de autoridade, nossa regra de fé, de prática e de vida, é a Bíblia Sagrada, a Palavra de Deus. Meu objetivo é defender o Evangelho (Gl 1.8; Fp 1.16). Este é um blog apologético. Quanto ao universalismo, o que o irmão tem a dizer? O irmão concorda que essa heresia de perdição continue sendo propagada? Por que não posso me opor a isso, a fim de ajudar a muitos incautos?

Ciro Sanches Zibordi

Edson, por outro lado, são os tais "Ultra teólogos Doutores das escrituras" (sic) que estão mostrando a muitos incautos que algumas pregações "bonitinhas", feitas por "bons mocinhos" estão carregadas de relativismo e multiculturalismo pós-modernos, marxismo, universalismo, etc. Fique atento!

Alex

É obvio que quando alguém se destaca pela qualidade de seu trabalho e diligencia do seu ministério, logo aparecem os fariseus da velha guarda tentando achar erros na pessoa em questão, vi a pregação do Kivitz, de fato para quem não o acompanha ou não é membro de sua igreja da se a entender que ele é universalista... mas não é, nunca foi e não endossa isso, ele mesmo justificou isso num breve momento em um culto de ceia. Agora estudar do jeito que ele estudou e fazer melhor que ele ninguém quer..

Edson

Tenho um pé atrás com esses pastores que vivem de apontar dedos aos outros, e que se adonam como os Senhores da verdade, os Ultra teólogos Doutores das escrituras.

Lucas

Que bom que temos um Pastor que enxerga o que está por trás desses pastores "bonzinhos", um risco ao verdadeiro evangelho da graça e do ARREPENDIMENTO. Esse pastores intelectuais, filósofos, educados, respeitadores do mundo, estao cada vez mais atacando seus irmãos na fé, criticando as crenças dos outros, ao mesmo tempo que se acham superiores, donos da verdade, orgulhosos. Muitos conhecem a Bíblia SUPERFICIALMENTE, e cai na conversa dos "politicamente corretos". Deus abençõe irmão Ciro

Carlos Antônio da Silva

A Paz do Senhor Uns dizem sou de Paulo,outros de Pedro,ou de Malafaia, Ou de Macedo,de Calvino ou de Armênio..... Esta Cristo dividido? Cada um está conforme a fé que Deus lhe dá. Quem está com a verdade? Quem é que sabe quem está no Céu ou no Inferno? Porque descutis por isso ou aquilo....enquanto os famintos, Pobres e carentes precisam de Cristo? Amai vos uns aos outros,onde fica?

Ronaldo Carvalho Fernandes

Seria por acaso um Arminianismo invertido? Rsrs é muito ridículo...

Ciro Sanches Zibordi

Igor, "pregar a Palavra" é relativo, pois há pregadores que já foram "engolidos" pela filosofia pós-moderna, relativista, multicolorida, respeitados por "pregar a Palavra". Quanto ao que afirmei sobre o universalismo de Ed René Kivitz, sustento. Além do vídeo cujo conteúdo refutei, no texto acima, há outros. Se o irmão desejar saber mais sobre o assunto, visite meu perfil no Facebook. Ali tenho respondido a todos e apresentado tais vídeos.

Joilson Machado

Esse "evangelho" do Kivitz é muito fácil e tranquilo, bem diferente do de Paulo e bem distante do de Jesus...CUIDADO COM OS ENGODOS!

Igor

Acho válido a sua opinião Pr. Ciro Zibordi, muitos podem cair nesse erro mesmo (universalismo). Acompanho o Ed René, Ariovaldo Ramos e pastores em maior evidência na Missão Integral. Durante o período que tenho estudado e ouvido - até mesmo conversado com eles - não concluo que a postura dele (Ed René) seja essa. Espero que o senhor tenha buscado informações suficientes, para relatar tais alertas. Dai me questiono, por qual motivo um universalista continuaria a pregar e ensinar a Palavra?

DAVISON DA SILVA ALVES

Muito bom o comentário Pr Ciro é lamentavel que ainda hoje após muito tempo da existência desta terrivel heresia e do combate de grandes homens contra ela ainda hoje ela muitos tem se deixado enredar pela mesma que Deus tenha misericórdia destes e que estes possam voltar a verdade e pureza do evangelho se não certamente estes estarão perdidos " se é que estes não estão reprovados"

Alex Luiz

Dr Ciro o sr esta correto o universalismo é até bonito no papel,porém não faz coro com as escrituras.

Ciro Sanches Zibordi

Caro Diógenes, grato por seu comentário. Não consegui abrir o vídeo, mas deve ser um vídeo em que Kivitz diz que "deu brecha" e faz alguns gracejos sobre o fato de estarem dizendo que ele é universalista. Com toda a sinceridade, se for esse o vídeo, entendo que ele não reconheceu que erro, mas deu a entender que é universalista, dizendo, inclusive, que algumas passagens o levam a isso.

DIÓGENES JARDEL

https://www.youtube.com/watch?v=pnw7siKR5_o esse é o link que ele fala sobre isso que o senhor e outros falaram sobre ele. Paz.

Arildo Silva

O Universalismo é uma doutrina diabólica .

Joaquim Resende

Paz P.r com base aos ultimos textos biblicos,surgio-me uma inquétação! um Homem qe peca e confessa varias vezes prémeditada-mente,acharia ainda perdão visto q ele já se a répendeu na sua converção! ou seja quando aceitou a Cristo?

DIÓGENES JARDEL

Ciro ele já se pronunciou a respeito disso, e até disse que não se expressou como queria e etc. sei que não está julgando-o mas todos que ministram já se expressaram de um modo que não queria que as pessoas entendesse ou enchergasse. fique na paz.

Rafael

Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus, sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus, ao qual Deus propôs para propiciação pela fé no seu sangue, para demonstrar a sua justiça pela remissão dos pecados dantes cometidos, sob a paciência de Deus; para demonstração da sua justiça neste tempo presente, para que ele seja justo e justificador daquele que tem fé em Jesus. O texto é claro Jesus só é justificador daquele que tem fé nele.

Ciro Sanches Zibordi

Cristiano Almeida, o irmão é livre para enxergar como quiser... O que eu ouvi PERFEITAMENTE é que Kivitz defende que não existe mais pecado! Que a humanidade não tem mais pecado! Que Deus não vê mais pecado na humanidade! E, depois, ele cita o exemplo mais que infeliz de Hitler e Herodes.

Cristiano Almeida

Ciro, você não entendeu meu texto. Eu não disse que você interpretou ao pé da letra. Disse que ele fez uma interpretação ao pé da letra do texto bíblico, propositalmente e sabendo que era algo "arriscado". Ele não apresentou uma doutrina, mas uma explanação em que se permitiu uma liberdade de divagação que talvez não fosse conveniente. Sei o que Jesus disse sobre a porta estreita, e o Kivitz também sabe. Mas acho que você não quer enxergar dessa forma a pregação dele.

Ciro Sanches Zibordi

Noaldo, a despeito de eu ter citado calvinismo e arminianismo no primeiro parágrafo, o assunto central do texto é U-NI-VER-SA-LIS-MO.

Ciro Sanches Zibordi

Agradeço a todos os irmãos e amigos pelos comentários. Que o Senhor Jesus os abençoe!

Ciro Sanches Zibordi

Camargo Santos, espero que crentes melindrosos também estejam no mesmo céu, pois o apóstolo Paulo, que é um paradigma de obreiro, citava nomes quando necessário (2 Tm 4). Outrossim, respeito o irmão Kivitz e, inclusive, o estou chamado de IRMÃO. Quanto à itinerância, o Senhor Jesus e o apóstolo Paulo tiveram um ministério que envolveu itinerância, sabia?!

Ciro Sanches Zibordi

Cristiano, Deus quer que todos se salvem, mas Jesus também foi claro ao dizer que a porta da salvação é estreita, e SÃO POUCOS QUE A ENCONTRAM (Mt 7.13,14). Interpretei ao pé da letra porque Kivitz de fato disse, com todas as letras, que o pecado já foi tirado do mundo, e que até Hitler, mesmo sem ter se arrependido, poderá estar no céu.

Cristiano Almeida

Depende de como se interpreta as palavras dele. Assisti um vídeo em que ele aborda o assunto e um segundo em que comenta a acusação de ser universalista. Em ambos ele usa expressões que denotam que está fazendo conscientemente e às claras uma leitura "ao pé da letra" do texto. Isso porque ele tem o desejo da salvação de todos os homens, assim como a própria Bíblia afirma que Deus também deseja. Porém há uma distância entre desejar a salvação de todos e efetivamente todos serem salvos.

Ariel

Ed René Kivitz é um defensor dos ideais esquerdistas. Ele não é um pregador do Evangelho, mas um herege socialista. Se ele fsse cristão e socialista ao mesmo tempo ele já teria se matado, pois é o que os socialistas fazem com os cristãos quando assumem o domínio.

Camargo Santos

Após assistir ao vídeo do Ed, chego à conclusão de que ele não é universalista. Ele tem seus méritos. Ele não é itinerante, está pastoreando a mesma igreja há mais de 20 anos, não vive de citar nomes nem de criticar os outros quando não concordam com ele. Como todos nós, ele não é perfeito. Espero ver o pastor Ciro no mesmo céu com o Ed René.

Noaldo

Cristo morreu por todos, uma coisa e certo, o seu sangue só eficaz na vida dos eleitos.

Ciro Sanches Zibordi

Samyr, Jesus discorreu claramente sobre a salvação. E, se tem um doutrina que Ele refutou, foi o universalismo, especialmente quando disse: "entrai pela PORTA ESTREITA [...] são poucos que a encontram" (Mt 7.13,15).

Ciro Sanches Zibordi

Alexander Barreto, no vídeo que o irmão apresentou, a despeito dos gracejos de Kivitz, ele REAFIRMA o seu universalismo.

Ciro Sanches Zibordi

Higor Crisostomo, os arminiamos, de fato, creem mesmo que o Senhor Jesus morreu por todos, assim como informei no primeiro parágrafo do texto. Leia com mais atenção, por gentileza, e observe que o assunto central do presente texto é: U-NI-VER-SA-LIS-MO.

Alexander Barreto

Existem algumas coisas ditas pelo Pr Ed René Kivitz com as quais eu não concordo, mas em relação ao texto acho que houve um equívoco. Foram inúmeras vezes que em suas pregações o Pr Ed deixou claro a vontade de "seu coração" de que todos pudessem ser salvos, o que não significa universalismo, mas uma preocupação que todo cristão deveria ter com próximo. E quando ele mencionou, dentre outros, Hitler, o contexto era diferente. De todo modo ele explica no vídeo www.youtube.com/watch?v=pnw7siKR5_o

Samyr

Acompanho as pregações do Ed René Kivitz. Embora em algumas mensagens existe uma ênfase no Universalismo, ele já deixou claro que não é Universalista. Segundo ele a bíblia não é clara sobre a salvação, e por isso há várias teorias, de forma que, a que ele mais se simpatiza é com o Universalismo. Todavia, o mesmo, não levanta a bandeira de que o Universalismo é o posicionamento correto, apenas que pode ser uma possibilidade.

Ciro Sanches Zibordi

Slash, fique mais atento e você perceberá que os adeptos da Missão Integral também incitam a luta de classes, visto que apreciam, e muito, o marxismo, talvez até mais que o Evangelho. Alguns deles, inclusive, deram recentemente uma entrevista à hiperesquerdista revista Carta Capital, pela qual verberam contra os deputados evangélicos. Muitos destes estão fazendo um ótimo trabalho, opondo-se à perniciosa agenda dos marxistas-leninistas.

Leandro

Tanto o Ed Rene Kivitz, como o Ariovaldo Ramos me bloqueou no facebook, apenas por questionar e discordar d algumas posicoes. O Ed Rene fica em cima do muro, quando ele cria uma polemica. Nao é seguro nas suas falas. Parece que ele quer ser mais bonzinho e amoroso q o proprio Deus. Ele ja fisse que o Ap. Paulo era cunfuso.Alem d outras heresias, que para aqieles que conhecem a Palavra, percebe. Eles tem criado um monte de seguidores cegos, suas copias, q repetem o que eles dizem.

Marcelo Xavier

Realmente ele foi infeliz ao dizer que todos serão salvos, mesmo depois querendo contornar que esse é apenas o seu desejo. Mas mesmo assim ainda continuarei o seguindo pois ele ainda é um dos poucos que restam que pregam a verdade sem rodeios. Afina ao l de contas....todos erram.

Slash

Perigosa é essa ideologia purinatista pregada por certos pastores, que iniciaram uma GUERRA contra pessoas que consideram pecadoras. Ed René é um dos poucos pastores que de vez em quando, alertam sobre o caminho que estamos tomando com essa ideologia de humanidade pura e sem pecado. Algo muito sério está para acontecer. Só não enxerga quem não quer.

Higor Crisostomo

Seria cômico se não fosse trágico saber que os arminianos cometem o mesmo erro quando dizem que Cristo morreu por todos. Interpretam textos de modo isolado, fora do contexto imediato e remoto e sem considerar as etapas da obra salvífica. #NAGAI rs

Ciro Sanches Zibordi

Irmão Rodolfo, no vídeo que o irmão indicou, Kivitz reafirma o seu universalismo a partir do minuto 20. Não sei se foi esta a sua intenção, mas o vídeo indicado é esclarecedor. Grato. Que Deus o abençoe.

hosana

PR CIRO QUE BOM QUE O SR E OUTROS ESTÃO VIGILANTES E ESCLARECENDO O POVO DE DEUS.

Ciro Sanches Zibordi

Agradeço a todos os irmãos e amigos pelos comentários. Que Deus abençoe a todos.

rodolfo leguri

http://youtu.be/O6nF8kLtCfk

Manasses Brito

A Paz Pr Ciro. Entendi pela sua reflexão que o universalismo aboliu a justiça de Deus tornando-o incompleto. (Hb 12. 6-8)

Vinícius Virgílio

Uma apologética perfeita e necessária. Parabéns pela reflexão

Estenyo Bezerra da Silva

Graça e Paz da parte de Jesus Cristo nosso Senhor e Salvador: Achei oportuno o irmão Ciro levantar essa questão envolvendo esse posicionamento teológico. Gostaria de compartilhar minha preocupação em relação a postura, sobretudo, teológica de alguns desses líderes e teólogos ligados a missão integral. As vezes são extremistas e de uma cosmovisão negativa da igreja enorme. Por um lado somam por outro causa-nos receio das repercussões que podem provocar no seio da igreja, já tão fragmentada.

Newto Carpintero

Euuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu ÊÊÊÊÊmmmmmmmmmmmmmmmm A turma está ficando louca a cada dia.que passa. Estou na dúvida se sou um Pentecostal Tradicional, ou se, sou um Tradicional Pentecostal. No meio desta bagunça toda, cheguei a conclusão que não sou nem Calvinista e nem Arminiano. Sou apenas de Cristo! O menor

Deixe seu comentário







Perfil

Ciro Sanches Zibordi é pastor, escritor, membro da Casa de Letras Emílio Conde e da Academia Evangélica de Letras do Brasil. Autor do best-seller “Erros que os pregadores devem evitar” e das obras “Mais erros que os pregadores devem evitar”, “Erros que os adoradores devem evitar”, “Evangelhos que Paulo jamais pregaria”, “Adolescentes S/A” e “Perguntas intrigantes que os jovens costumam fazer”, todos títulos da CPAD. É ainda co-autor da obra “Teologia Sistemática Pentecostal”, também da CPAD.

COLUNISTAS