Colunistas

Ciro Sanches Zibordi

Ciro Sanches Zibordi

666 motivos para não comemorar o Natal

Seg, 15/12/2014 por Ciro Sanches Zibordi

Nessa época do ano surgem muitos “entendidos” apresentando várias razões para não celebrarmos o Natal...

Dizem que Jesus não nasceu em 25 de dezembro. É evidente que Ele não nasceu nessa data! Mas ela é histórica; foi escolhida pela Igreja Católica Romana, a fim de induzir os pagãos a celebrarem o nascimento de Cristo.

Dizem que o Natal é uma festa pagã. Mas o Natal de Cristo precede e transcende o paganismo da Igreja Romana. O nascimento do Senhor Jesus foi celebrado até pelos anjos, que exclamaram: “Glória a Deus nas alturas, paz na terra, boa vontade para com os homens!” (Lc 2.14).

Dizem que o Natal é todos os dias. Algum de nós faz aniversário todos os dias? É óbvio que glorificamos a Jesus diariamente, pois Ele é o nosso Senhor e habita em nós! Mas aniversário é uma data especial. É uma oportunidade para mostrarmos ao mundo que Cristo é o Salvador.

Dizem que celebrar o Natal é idolatria. Ora, quem diz isso ainda não aprendeu o que é idolatria, à luz do Novo Testamento. Idolatria é uma ação objetiva, e não subjetiva. É uma condição do coração e é praticada de modo consciente. Deixemos, pois, as doutrinas de homens, do tipo “não toques, não proves, não manuseies” (Cl 2.20-22).

Se o leitor é um pregador do Evangelho, por favor, não entre pelo caminho do fanatismo religioso. Fuja do legalismo farisaico! O cristianismo verdadeiro não é fanatizante, como as religiões e seitas pseudocristãs e extremistas, que proíbem doação de sangue, ingestão de determinados tipos de alimento, etc. Somos livres em Cristo (1 Co 10.23-32).

Em vez de apresentar inúmeras razões para não celebrar o Natal de Jesus Cristo, prezado pregador, fale da sua gloriosa encarnação (1 Tm 3.16), da sua morte vicária (2 Co 5.17-21) e da sua maravilhosa ressurreição (1 Co 15.17-20)! Afinal, esses três eventos estão relacionados com a obra expiatória do Senhor. Ah, sim, quanto ao título desse artigo, 666 motivos para não comemorar o Natal, empreguei-o a fim de prender a sua atenção e também para enfatizar que é o espírito do Anticristo, prevalecente no mundo sem Deus, que tem influenciado as pessoas a ignorarem o Natal de Cristo.

Feliz Natal! Happy Christmas!

Ciro Sanches Zibordi

35 comentários

REGINALDO

OLÁ , QUANDO PASSEI A SER PROTESTANTE , PASSEI A PROTESTAR CONTRA OS ENSINAMENTOS QUE APRENDI NA IGREJA CATÓLICA, NAO DIGO QUE SOU CONTRA O NATAL, CONTRA O DOMINGO QUE É O DIA DO SENHOR ... PENSO QUE DEVEMOS DAR EXEMPLO , SE COMEMORAR O NATAL FOR UM BOM EXEMPLO DE CRISTAO ... QUE SEJA ASSIM. MAS, PAREM DE COMBATER A IGREJA CATOLICA ...SE A SEGUIMOS QUASE EM TUDO.

Janderson Gomes

Pesquisas recentes sugerem que a festa cristã do natal (natalis domini) incentivou a criação de uma festa de aniversário do Sol invencível (dies natalis solis invicti), ao invés de ter sido uma reação a tradições pagas preexistentes. (cf. J. Rupke. Early christianaty out of, and in, context. pp. 191-192).

jeova veiga

EU COM TODA MINHA IGNORÂNCIA CREIO QUE DEUS SÓ NÃO FICA ALEGRE COM AS PESSOAS QUE APROVEITEM DESTA DATA PRA FAZER FESTAS MUNDANAS , MAS AQUELES QUE USEM ESTA DATA PRA REUNIREM SEUS FAMILIARES E FAZER AGRADECIMENTO POR ESTE MOMENTO DE CONFRATERNIZAÇÃO FAZENDO ORAÇÕES EM AGRADECIMENTO A DEUS , NADA DE ERRADO ;;;;;;;;

Julival Ferreira de Souza

Bom debater o tema trazido à lume pelo Pr Ciro. Isto é salutar, mormente se mantivermos o respeito. Sou cristão, evangélico, renascido para Cristo em dezembro de 1982. Pois é, inesquecível 25 de dezembro, em um culto dirigido pelo saudoso pastor Bernardino. Podia perceber a alegria, os corações compungidos entoando o hino 120 da HC, de JTL, "Noite de Paz". Eloquente, anunciou: haverá natal em sua vida hoje! Deixa nascer, não o "menino Jesus", dos presépios, mas o Salvador! E ocorreu!

Maria

anátema. É terrível assumir um papel de cristão e o coração está no mundo. Só falta em algumas igrejas celebrarem missas, procissão... Já que estão copiando o Natal que partiu do povo ímpio.

Maria

Óh insensatos gálatas! Quem vos fascinou para não obedecerdes à verdade...! Sois vós tão insensatos que, tendo começado pelo Espírito, acabeis agora pela carne? (Gálatas 3. 1 e 3). Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho, o qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo. Mas, ainda que nós mesmo ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja

Ciro Sanches Zibordi

Irmão Douglas Inácio, a paz do Senhor. A palavra "natal", na língua portuguesa, diz respeito a NASCIMENTO e, em algumas traduções, ela aparece em textos bíblicos como Sl 37.35; Gn 11.28; Lc 2.3; 1 Sm 20.6, etc. Não há nada de idolatria nesse termo. Ademais, o primeiro Natal de Cristo foi celebrado pelos anjos e pastores. Está na Bíblia, a Palavra de Deus (cf. Lucas 2).

DOUGLAS INAÇIO

PASTOR CIRO ATE ONDE SEI A PALAVRA NATAL SUGIU ATRAVES DE UM BISPO DA IGREJA CATOLICA QUE SE CHAMAVA NICOLAU QUANDO ELE MORREU QUERIAM COMEMORAR O ANIVERSSARIO DELE DAI SUGIU A PALAVRA NATAL QUE QUER DIZER DIA DE SÃO NICALAU ANTES DISSO NÃO A NENHUM ESCRITO REFERENTE A ESTE DIA E QUANDO A GENTE DIZ FELIZ NATAL A GENTE TA DIZENDO FELIZ DIA DE SÃO NICOLAU PODE ME DA ALGUMA EXPLICAÇÃO?

Alice Maria Ferreira de Faria Silva

O senhor está sendo quase uma voz clamando no deserto pois tem se propagado rapidamente a infeliz idéia que o natal não é cristão .

Jadson Carvalho Silva

Continuação... A visão de comemorar o natal parte do homem para Deus, e é uma forma de agradecer ao Eterno que enviou o seu filho amado para salvar a humanidade do pecado. Quanto ao consumismo desenfreado que há nesse período, merece sua refutação ou rejeição.

Jadson Carvalho Silva

Algumas pessoas não comemoram o natal como nascimento de Jesus simplesmente pelo fato de ninguém ter certeza se o Cristo nasceu nesse dia. Então, alegam os tais, comemorar natal é todo dia. Bem, Jesus pode não ter nascido nesse dia, mas, é nessa data que se comemora o nascimento do Messias, afinal ninguém completa ano todos os dias, sempre há um dia especifico para comemorar alguma coisa.

Ciro Sanches Zibordi

Thiago Barros, creio que não preciso lhe explicar mais nada, uma vez que, pelo que entendi, o irmão está convencido de que já sabe muito. Feliz Natal!

Thiago Barros

Bem pastor Ciro quero começadizendo que ainda aprecio muito os seu livros não me mande compra-los de novo!!! bem ja comemoramos o "natal" mundano devemos tbm comemor a pascoa somente na "pascoa" mundana? e sobre a " ingestão de determinados tipos de alimento, etc. Somos livres em Cristo (1 Co 10.23-32)." me explique então estes versiculos: Apocalipse 2:20, Ageu 2.12,12 Deuteronomio 13.17 Deuteronomio 7.25,26 Isaias 52.11 Efesios 5.11 Exodo 22.20 I Cotrintios 10.20,21 Mateus 6.24

Ciro Sanches Zibordi

Caro Junior Bulhões, o melhor mesmo para um cristão equilibrado é meditar na Palavra de Deus, fazer a obra do Senhor e deixar o legalismo farisaico. Celebrar o Natal é uma bênção! Alegrar-se com a família pelo nascimento de Cristo é uma bênção! Glorificar a Cristo em praça pública nessa época de festa é uma bênção! Valorizar a encarnação de Cristo celebrando o Natal é uma bênção. Reflita, amado irmão, e tenha um Feliz Natal, com Cristo, o qual precede e transcende qualquer idolatria romanista.

Junior Bulhões

Os católicos tinham razão!!! Melhor voltar logo pra casa da mãe então. Nojooo

Samuel Lopes

Concordo muito com o texto! Sempre tive essa visão que aceito ser a mais equilibrada, só fico triste por perceber como a ignorância se propagou no meio cristão de uma maneira tão profunda, que mal há em separar um dia do ano para celebrar a primeira vinda de Cristo? Com certeza os líderes e as denominações mais sensatas apoiam e utilizam desta data simbólica mas oportuna para anunciar o reino. E se puderem confraternizar assistindo uma bela cantata de Natal, melhor ainda! Feliz Natal a todos.

DAVISON DA SILVA ALVES

Amém é verdade! Deus abençoe sempre o Pr Ciro Sanches Zimborid

Pr sergio holanda

a paz para todos os irmãos bom eu sou um que não celebro natal sou pastor da assembleia de Deus,.mas me primeiro lugar fico com a biblia, onde esta na biblia que temos que comemorar o nascimento ,se lucas registra o sinal das profecias com messias e salvador do mundo! quando na verdade ele ordenou! celebrar sua morte e reissureição! ou seja a ceia do senhor e como vcs disseram não existe 25 de dezembro! ja uma mentira e não simblismo que nem tem na biblia e papai noel personagem ficticio

Ciro Sanches Zibordi

Irmão Wenio, a paz do Senhor. O irmão pode divulgar o texto, mencionando a autoria e a fonte, por gentileza.

Sygrid Poletti

Muita bom o texto. Objetivo, verdadeiramente esclarecedor. Muito pouco me interessa a data exata do nosso querido JESUS, até mesmo por uma questão estratégica seria arriscado saber o dia exato, pois i teriam "matado". O que importa é que Ele nos salvou, morreu por nós. Gloria a Deus nas alturas. Viva o Rei Jesus!!!

wenio nunes

Pr. Ciro tenho sua autorização para copia seu artigo e envia a todos meus amigo da msn pela outlook, comecei um novo ciclo de divulgações. desde já lhe agradeço pela atenção.

Ciro Sanches Zibordi

Caro Aníbal, apresente as suas fontes. Pelo que me consta, desde que sirvo a Deus, desde 1985, pastores e igrejas equilibradas, como a Assembleia de Deus, a Batista, a Presbiteriana, etc. celebram o Natal de Cristo.

Heitor

O título do artigo me chamou bastante a atenção, pois é raro que eu acesse os Colunistas. Meus parabéns pela matéria.

Jadson Carvalho Silva

Paulo, Jesus como Deus não se prende à natal e festas humanas, afinal Ele é Eterno. Mas nós como seres humanos devemos comemorar o nascimento de Cristo assim como os anjos comemoraram. essa tentativa de a cultura moderna desprezar o natal nada mais é do que a hegemonia secularista imperando na pós-modernidade, impondo às pessoas que não é necessário comemorar o nascimento de Cristo enquanto homem. Cristo enquanto Deus não teve começo, mas enquanto homem sim, nasceu para salvar a humanidade.

antonio

Nós não comemiramos nosso aniversario todos os dias má Más, também não comemoramos em data que não é a correnta pois, a bivlia ñ diz exatamente quando mas en desenbro claro que ñ foi.

ANÍBAL

Se analisarmos a historia da Assembléia de Deus, este comentário do Pr. Ciro vai totalmente de encontro ao que pregava Daniel Berg, Paulo Leivas Macalao, etc.... É só verificar as antigas publicações das revistas da EBD da CPAD. Mas, tudo isso faz parte da transformações que vem acontecendo nesses últimos dias nessa denominação. E o Pr. Ciro, com todo o respeito, é mais um fruto dessas transformações. Indiretamente, o que ele estar defendendo com esse ensino é: Os católicos estavam certos.

Joel Belon Rodrigues

Gostei da matéria. Jesus nasceu e é um fato verídico o seu nascimento. Aniversário é um dia especial e Jesus teve o dele também, só que, a data escolhida para o seu nascimento tornou-se um ato mais religioso/comercial do que um ato de reconhecimento e gratidão a Deus, no cumprimento primoroso de sua promessa de trazer o Cristo ao mundo.

Claudia Soares

Muito boa explanação. Eu sabia no meu entender, mas não saberia colocar em tão boas palavras e com as citações bíblicas. Obrigada Pastor.

Sebastião Brazilio dos Santos

Eu gosto de apreciar a alegria que envolve os vários tipos de cristãos nessa época,mas quanto amim tenho minhas reservas,o povo cristão sempre foram polêmicos em diversas áreas da interpretação bíblica,como nos não nos agredimos fisicamente,nossa reação é a murmuração,gosto da colocação paulina a respeito do cabelo em ICor 11:16 Contudo, se alguém quer ser contencioso, saiba que nós não temos tal costume, nem as igrejas de Deus.Tradições boas devem ser respeitadas.

Sergio

Amados, como cristãos fundamentalistas, só podemos seguir o que a bíblia nos ensina. Tudo que não tem embasamento bíblico pra mim não tem valor nenhum. Tudo que é duvidoso não vem de Deus, pois a dúvida não é de Deus. Se Jesus não nasceu em 25.12.0000, não tem porq

Ciro Sanches Zibordi

Agradeço-lhes, queridos irmãos, pelos comentários. Feliz Natal e um ótimo Ano Novo a todos!

Paulo Brasil

Creio que Jesus Cristo é eterno e não liga muito pra esse negócio de "aniversário" e sim que sejamos luz e sal em um mundo que está nas trevas.

Ana Lúcia da Matta Louback de Almeida

Prezado Pastor Ciro. Estamos vivendo uma época de tantos besteróis que até esse surge no meio cristão. Triste ver pessoas fazendo esse tipo de,afirmação tão sem sentido. Parabéns por chamar a atenção sobre o assunto.

Ricardo

Pr. Ciro Sanches Zibordi; A Paz do SENHOR. ISTO É UM GRANDE PROBLEMA, QUANDO AS PESSOAS CRENTES - ONDE EU SOU. MAS, O PIOR É QUANDO OS PRÓPRIOS RESPONSÁVEIS, E QUE SÃO "PASTORES". UM PASTOR, TEM QUE CONHECER A PALAVRA(JESUS). NO ESTADO DE PERNAMBUCO, OS TAIS Pr. NÃO ACEITEM O NATAL. EU ME LEMBRO RAPIDAMENTE DO DISCÍPULO #JUDAS ESCARIOTES. COMEU A PASCOA, MAS NÃO COMEU E NEM BEBEU A CEIA. TRAIÇÃO.

wenio nunes

Aprendi que até no dia (que comemorar) mesmo não sendo (o dia) certo, não poder ter este fanatismo. obrigada pelo artigo, espero que envés de apresentações natalinas haja pregação cristológica. Seu artigo me ensinou mais sobre Jesus, obg. pastor Ciro.

Deixe seu comentário







Perfil

Ciro Sanches Zibordi é pastor, escritor, membro da Casa de Letras Emílio Conde e da Academia Evangélica de Letras do Brasil. Autor do best-seller “Erros que os pregadores devem evitar” e das obras “Mais erros que os pregadores devem evitar”, “Erros que os adoradores devem evitar”, “Evangelhos que Paulo jamais pregaria”, “Adolescentes S/A” e “Perguntas intrigantes que os jovens costumam fazer”, todos títulos da CPAD. É ainda co-autor da obra “Teologia Sistemática Pentecostal”, também da CPAD.

COLUNISTAS