Colunistas

Ciro Sanches Zibordi

Ciro Sanches Zibordi

Por que o Arrebatamento ocorrerá antes da Grande Tribulação?

Seg, 18/01/2016 por Ciro Sanches Zibordi

Recebi, há pouco tempo, por meio das redes sociais, o desafio de responder a algumas questões levantadas por um grupo da Internet que se opõe à doutrina bíblica do Arrebatamento da Igreja antes da Grande Tribulação. Elas têm um tom contestador e giram, sobretudo, em torno do ensinamento prevalecente no meio pentecostal de que haverá um livramento aos salvos em Cristo antes da manifestação do Anticristo. Depois de ler as perguntas com cuidado, resolvi apresentar-lhes respostas sucintas e objetivas, todas, é claro, fundamentadas nas Escrituras, a Palavra de Deus.

1. “Se o arrebatamento dos vivos é depois da primeira ressurreição, e a primeira ressurreição é depois da grande tribulação, então como ter um arrebatamento antes da grande tribulação?”
Primeiro, para ser mais preciso, o que ocorrerá logo após a ressurreição dos mortos em Cristo é a transformação dos salvos vivos (1 Co 15.52; 1 Ts 4.15), e não o Arrebatamento. Segundo, o Rapto da Igreja, na verdade, abarcará tanto os mortos como os vivos, os quais, juntos, transformados, subirão ao encontro do Senhor, nos ares (1 Co 15.51,52; 1 Ts 4.16,17). Terceiro, o termo “primeira ressurreição” não alude a um momento, e sim a um tipo, a uma modalidade. O termo é uma referência à ressurreição dos salvos em Cristo, em contraposição à “segunda ressurreição”, que é a ressurreição dos perdidos. Quarto, o termo “primeira ressurreição” em Apocalipse 20.4-6 alude aos salvos durante a Grande Tribulação, que “foram degolados pelo testemunho de Jesus e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta nem a sua imagem” (v. 4), porque eles, assim como os que ressuscitaram por ocasião do Arrebatamento, fazem parte dessa modalidade de ressurreição (veja a questão 10).

2. “Se a Igreja é um plano de Deus e Israel outro plano de Deus, então por que a Bíblia diz em Romanos 11 que os gentios foram enxertados em Israel? Por que em Efésios 2:14-15 diz que Jesus fez de judeus e gentios um povo só (Igreja)?”
A aliança de Deus com Israel não foi anulada. Isso está claro no próprio texto de Romanos 11, que trata do futuro desse povo eleito de Deus: “o endurecimento veio em parte sobre Israel, até que a plenitude dos gentios haja entrado. E, assim, todo o Israel será salvo, como está escrito: De Sião virá o Libertador, e desviará de Jacó as impiedades” (vv. 25,26). Por isso mesmo, em Apocalipse 12, a mulher vestida do sol, com uma coroa com doze estrelas, representa Israel, e não a Igreja. As doze estrelas são uma alusão clara às doze tribos israelitas. Note: não foi Jesus (o Menino) quem saiu da Igreja para, no futuro, reger o mundo com vara de ferro, e sim a Igreja que dEle saiu (cf. Mt 16.18). Nesse caso, o texto apocalíptico também confirma que a aliança com Israel está de pé, pois ali se menciona o livramento que Deus dará a esse povo durante a Grande Tribulação.

3. “Se vai haver três vindas de Cristo, por que a Bíblia só fala de duas?”
A rigor, não haverá três vindas. A Segunda Vinda é, claramente, um glorioso acontecimento formado por vários eventos, como o Arrebatamento da Igreja, o Tribunal de Cristo, as Bodas do Cordeiro — no Céu, enquanto ocorre a Grande Tribulação, na terra —, a Manifestação do Senhor com a sua Igreja etc. E, se alguém acha estranha uma vinda durar cerca de sete anos, lembre-se de que a primeira vinda do Senhor durou mais de trinta anos! Outrossim, a terceira viagem de Paulo, que estudamos na Escola Dominical como se fosse uma viagem rápida, durou quase três anos e meio!

4. “Se o arrebatamento é antes da grande tribulação, então por que em Mateus 24 Jesus narra a grande tribulação e só depois o arrebatamento?”
Em Mateus 24.3, o Senhor Jesus responde a uma pergunta tripartida de modo igualmente tripartido, e não necessariamente em ordem cronológica. É preciso estudar a passagem em apreço com muito cuidado, em vez de abraçar o simplismo. A resposta do Senhor abrange o período até o ano 70, o período da Segunda Vinda — que, por sua vez, abarca o período do Arrebatamento da Igreja e os sinais indicadores desse evento — e o período do fim do mundo.

5. “Se o arrebatamento é secreto, então por que na parábola das dez virgens tanto as loucas quanto as prudentes veem e ouvem o noivo (Jesus)? E se vai haver segunda chance para os que ficarem, então por que não houve segunda chance para as que ficaram?”
A parábola das dez virgens não é uma analogia do Arrebatamento, exclusivamente; ela abrange o Reino dos céus como um todo (Mt 25.1). Mas é evidente: o crente que vive na prática do pecado e, assim como as virgens loucas, estiver desapercebido por ocasião do Rapto vai ficar do lado de fora e não participará das Bodas do Cordeiro. Na aludida parábola, o Senhor deixa claro que a Segunda Vinda é iminente (v. 13), mostrando que devemos estar prontos para o Arrebatamento da Igreja, que dará início a uma série de eventos escatológicos. Quanto à possibilidade de salvação após o Arrebatamento, o livro de Apocalipse trata disso com muita clareza. Mas é preciso estudar esse livro (veja especialmente as seguintes passagens 6.9-11 e 7.13,14), e não apenas dizer, de modo simplista, que ele é difícil, linear ou extremamente simbólico.

6. “Se o arrebatamento é antes da grande tribulação, então por que Paulo diz em 1 Co. 15:51 e 52 que o arrebatamento vai ser mediante a última trombeta?”
A última trombeta de Deus, mencionada em 1 Coríntios 15.51,52 e 1 Tessalonicenses 4.16,17, nada tem que ver com a última trombeta de juízo por ocasião da Grande Tribulação. A última trombeta a ser tocada no Arrebatamento é chamada assim porque ao longo da Bíblia mencionam-se várias ocasiões em que Deus convocou seu povo por meio de trombetas. A primeira trombeta de Deus, possivelmente, está em Êxodo 19.16-19. A trombeta do Arrebatamento é a última de Deus. A de juízo é a última de uma série de sete, tocada por um anjo (Ap 11.15-19). Ou seja, são coisas completamente diferentes.

7. “Se a vinda de Cristo pode se dar a qualquer momento (iminentemente), por que em Marcos cap. 13 Cristo diz que a segunda vinda dEle seria depois que sucedesse todos os sinais, inclusive a grande tribulação?”
O Arrebatamento da Igreja, que — sem dúvida — é iminente, dará início a uma série de acontecimentos escatológicos, os quais culminarão com a prisão de Satanás, último evento antes da instauração do Milênio (Ap 19.11-21; 20.1-6). Mais uma vez: é preciso estudar a Bíblia, tendo em vista que ela é análoga. Em Lucas 21.36 e nas passagens correlatas de Mateus 24 e Marcos 13, o próprio Senhor Jesus mostra que a Segunda Vinda, um livramento para a Igreja antes da Grande Tribulação, será iminente. Portanto, quando Ele disse, em Marcos 13.24-31, que virá “depois daquela aflição”, em que “o sol se escurecerá, e a lua não dará a sua luz”, referiu-se claramente à sua Manifestação em grande glória, e não ao Arrebatamento.

8. “Se a Igreja tem que ser tirada para o anticristo se manifestar, então por que em 1 Tessalonicenses 2 Paulo fala que nossa reunião com Ele é depois da manifestação do anticristo?”
O texto aludido, na verdade, é 2 Tessalonicenses 2. Aqui, a Palavra de Deus mostra que o Anticristo só se manifestará quando o povo de Deus for tirado da terra (vv. 6-8). Quando Paulo passa da revelação do Iníquo para a sua destruição, isso não quer dizer que ambas as coisas acontecerão no mesmo instante. Há sete anos entre uma coisa e outra! Quanto à menção à reunião, no versículo 1, Paulo estava retomando de modo resumido o que já estava falando com os crentes de Tessalônica, os quais já tinham recebido um detalhado ensinamento sobre o Arrebatamento. Ou seja, a primeira epístola precisa ser levada em consideração como contexto para a segunda. E, em 1 Tessalonicenses 5.2-9, o apóstolo Paulo deixou claro que os filhos da luz não experimentarão os juízos da ira de Deus, isto é, não passarão pela Grande Tribulação: “vós mesmos sabeis muito bem que o Dia do Senhor virá como ladrão de noite. Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então, lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida; e de modo nenhum escaparão. Mas vós, irmãos, já não estais em trevas, para que aquele Dia vos surpreenda como um ladrão; porque vós sois filhos da luz e filhos do dia; [...] nós, que somos do dia, sejamos sóbrios, [...] Porque Deus não nos destinou para a ira, mas para a aquisição da salvação, por nosso Senhor Jesus Cristo”.

9. “Se todos seremos transformados num momento, num abrir e fechar de olhos, como será possível que permaneçam escolhidos ou santos para serem transformados depois, no final da tribulação?”
De acordo com Apocalipse, os santos que serão transformados, após sua ressureição, antes do Milênio, são os mártires que não aceitarão o senhorio da Besta, e não a Igreja arrebatada, que já estará no Céu (cf. 4-6; 19). O “todos” de 1 Coríntios 15.51,52 alude a todos os salvos vivos e a todos os mortos em Cristo. Segundo 1 Tessalonicenses 4.16,17, ambos os grupos irão ao encontro do Senhor nos ares.

10. “O que acontecerá com os crentes que morrerem durante este período de tribulação? E então, com os vivos, o que se passará? Sendo que a Bíblia fala de um único arrebatamento e não de dois, e de ‘uma só ressurreição (para vida)’ (Apocalipse 20:5), não de duas; e esta ressurreição acontecerá no ‘ultimo dia’ (João 6:39; 40; 44; 54)”.
Como já vimos, há duas modalidades de ressurreição (Dn 12.2; Jo 5.28,29). É necessário estudar a doutrina das ressurreições com todo o cuidado — contando com a ajuda do Espírito Santo —, a fim de entender que as expressões “primeira ressurreição” e “segunda ressurreição” não designam momentos específicos, e sim tipos ou modalidades de ressurreição. A primeira ressurreição, a da vida, não ocorrerá apenas no Arrebatamento. Ela abarca várias etapas, como se lê em 1 Coríntios 15.20,23; Mateus 27.52,23; 1 Tessalonicenses 4.16; Ap 11.11 etc.. Os mortos em Cristo durante a Grande Tribulação que ressuscitarão antes do Milênio também fazem parte da primeira ressurreição. Os outros mortos, os ímpios, que fazem parte da segunda ressurreição, a da condenação, só ressuscitarão após os mil anos (Ap 20.4-16).

Ciro Sanches Zibordi

75 comentários

Augustos

Olá. Muito interessante e esclarecedores os artigos neste site. Muito bem embasados biblicamente, principalmente este sobre o arrebatamento ser antes ou depois. Parabéns, vou seguir! Qual sua opinião sobre os três artigos postados no site BUSK BÍBLIA. Eles têm fundamento bíblico: "O RIO DA VIDA EXISTIRÁ MESMO NA NOVA TERRA OU É UM SIMBOLO? O QUE A BÍBLIA REVELA?" "103- SATANÁS TEM UM LUGAR ONDE HABITA? COMO ELE VAI SER JOGADO NA TERRA?" "DE QUAL FORMA VOCÊ CRÊ O MILÊNIO ACONTECENDO?"

Silvan Lima

A igreja não passará pela grande tribulação, pois ela não é mais citada apartir do Capitulo 4 de Apocalipse. Leia Apocalipse capitulos 1, 2 e 3 “estes capítulos falam da situação atual da Igreja.” Capitulo 4 de Apocalipse fala somente dos que ficarem na terra. Não serão levados no arrebatamento. Em Mateus Capitulo 24, Jesus fala atentamente da Grande Tribulação, mas estas falas são direcionadas aos Judeus. O livro de Mateus foi escrito para os Judeus. Irmão, se ler atentamente o livro de João,

Jesus

Quem não tiver sua fé firmada na rocha não perca tempo com essas questões loucas e polêmicas...

Marcio

boa tarde! O pré afirma que depois de sete anos no céu, Jesus volta com a igreja, usam como base textos que apelidam os critãos de "santos" e verdadeiramente o são, porém há varios, não 1 ou 2, mas vários textos que afirmam que o "santos" que viram com Jesus nas nuvems falam dos anjos, só isso ja seria o suficiente pra derrubar TODA a doutrina pré, como explica isso? qual será a manobra teológica que irão inventar para isso? abraço!!!

Josenito Amaral Araújo

Creio eu que a igreja do Senhor Jesus Cristo será arrebatada antes da grande tribulação. No meu ponto de vista, o arrebatamento será um presente para a noiva do Cordeiro de Deus. Por estar em plena santidade com o Pai,Filho e o Espírito Santo, por esse motivo é que eu creio que ela não sofrerá os abusos da Trindade de satanás. Ela já o venceu na terra.

Elisabeth Montoski

A Paz Do Senhor. . . gosto bastante da equipe CPAD. . . ótimos materiais as revistinha da Escola Bíblica. . . as interpretações Da Palavra, meus parabéns equipe CPAD. . .

Alex

A paz, gente... Se a igreja será retirada antes então quam são os santos aos quais o dragão do Apocalipse fará guerra e os vencerá? Vamos parar de fazer confusão da Palavra e vamos nos preparar para a grande tribulação porque, sim, passaremos por ela se estivermos vivos.

Paulo

2Ts 2:7: Com efeito, o mistério da iniquidade, já está em ação, somente é necessário que seja posto para fora, tirado do meio, suba, o homem da iniqüidade, o iníquo, o filho da perdição, aquele que é o regente-maestro da iniqüidade. (Strong Léxico-pt ✓) γινομαι GINOMAI G1096 tornar-se, i.e. VIR À EXISTÊNCIA, i.e. acontecer, de eventos ERGUER-SE, aparecer na história, APARECER NO CENÁRIO MUNDIAL. de homens que se apresentam em público (SUBIR Dn.7:8, 20-22). (EMERGIR Ap.13:1, 17:8,)

thiago

Há uma literatura para estudar mais a fundo o tema acima?

Dinei pereira

Nao entendi nada bem confuso esse pastor,no primeiro tópico ja fez c Confusão.em 1 ts 4.17 diz que seremos arrebatados depois dos que dorme em Cristo ressucitar.certo?

Valter Barbosa Oliveira Junior

A paz do senhor PR. Sou leigo.más gosto muito de escatologia.acredito no pré tribulacionista más tem passajem que mi deixa confuso.ex:o pré tribulacionista dis que a igreja vai ser arrebatada e vai receber galardão no seu.porém em apocalipse dis que Cristo vem e vai trazê o galardão com ele.mi explica melhor.

Valter Barbosa Oliveira Junior

A paz do senhor PR. Sou leigo.más gosto muito de escatologia.acredito no pré tribulacionista más tem passajem que mi deixa confuso.ex:o pré tribulacionista dis que a igreja vai ser arrebatada e vai receber galardão no seu.porém em apocalipse dis que Cristo vem e vai trazê o galardão com ele.mi explica melhor.

José Augusto

É uma maravilha ter pessoas como o senhor ,para explicar a palavra de Deus. É uma pena que não temos esses ensinamentos nas igrejas de hoje,que só estão se preocupando com o mal do século,o dinheiro.

Leandro kekter

"Amigos do Facebook e de todos grupos do Facebook, e WhatsApp, eu quero colocar um texto bíblico em análise, para todos amigos , que é teólogos ou Apologéttas avaliarem. O assunto é Apocalipse 19:1-9, sabemos, que esse capítulo começa com a palavra " Depois", igualmente o capítulo 18, dando a idéia, que o evento do capítulo 17, onde se trata do assunto , da grande prostituta e da grande tribulação, está em ordem cronológica, e se estende até o capítulo 19, onde começa uma grande festa, dos s

Leandro kekter

"Amigos do Facebook e de todos grupos do Facebook, e WhatsApp, eu quero colocar um texto bíblico em análise, para todos amigos , que é teólogos ou Apologéttas avaliarem. O assunto é Apocalipse 19:1-9, sabemos, que esse capítulo começa com a palavra " Depois", igualmente o capítulo 18, dando a idéia, que o evento do capítulo 17, onde se trata do assunto , da grande prostituta e da grande tribulação, está em ordem cronológica, e se estende até o capítulo 19, onde começa uma grande festa, dos s

Wilson costa de oliveira

Paz do Sr. Pr. Lhe agradeço pelas informaçoes, me deixou mas seguro em dialogar com alguns irmão que acreditam que a Igreja vai ser arrebatada na grande tribulação 👏👏👏👏

Wilson costa de oliveira

Paz do Sr. Pr. Lhe agradeço pelas informaçoes, me deixou mas seguro em dialogar com alguns irmão que acreditam que a Igreja vai ser arrebatada na grande tribulação 👏👏👏👏

Wilson costa de oliveira

Paz do Sr. Pr. Lhe agradeço pelas informaçoes, me deixou mas seguro em dialogar com alguns irmão que acreditam que a Igreja vai ser arrebatada na grande tribulação 👏👏👏👏

Adriano Silva

pessoal , não adianta somente expormos nossa opinião, a igreja vai estar presente na grande tribulaçãoisso é fato, o problema é o que foi nos ensinados até agora. A igreja desde os seus primordios, os pais da igreja sempre acreditaran nesse fato, mas ai por causa de uma suposta revelação de uma suposta profetiza no seculo XVIII que deu inicio a esse equivocado ensinamento, pesquise sobre OS IRVINGITAS e vocês verão.

ana carla lima

A PAZ DO SENHOR , quanto mais eu leio mais confusa eu fico,nao estou preparada pra passar pela grande tribulção..se o arreabatamento for no final da grande tribulaçao,vai ser muito dificil pra mim,pq tenho dois filhos pequenos.

ana carla lima

A PAZ DO SENHOR , quanto mais eu leio mais confusa eu fico,nao estou preparada pra passar pela grande tribulção..se o arreabatamento for no final da grande tribulaçao,vai ser muito dificil pra mim,pq tenho dois filhos pequenos.

Aline

Esta doutrina do arrebatamento pré-tribulação não consta das Escrituras, e foi inventada há pouco mais de duzentos anos, por um inglês chamado John Nelson Darby (1800-1882), e tornando-se febre entre os protestantes por causa dos comentários de rodapé da Bíblia de Scofield (Essa Bíblia trouxe várias doutrinas “novas” baseadas em equívocos sucessivos na interpretação das Sagradas Escrituras, entre eles o estudo do Apocalipse. Scofield desenvolveu um estudo do Apocalipse baseado na escola pré-mile

Ineide A. Jesus

Pastor, nao tenho palavras. Dou aulas, e preciso muito de sua ajuda.interesante que no meu pouco conhecimento o ESPÍRITO SANTO tem mim guiado na mesma linha de entendimento.mas preciso aprender mais com o senhor, mim ajude... ( beula.ey@hotmail.com). Que o senhor viva muitos anos para continuar ensinando os apaixonados pela escatologia.

Takeda Wesley

Paz do Senhor Pr. Ciro , a igreja do Senhor vai estar no periodo de paz do anticristo ???

Natália Felix de Sousa Soares

Olá! A paz do Senhor Jesus! Pastor Ciro gostaria de esclarecimentos quanto aos bebês (fetos)das grávidas não-salvas: serão arrebatados ou nascerão durante a grande tribulação? Obrigada

José Vanderlei

parabéns Pr. excelente estudo, que Deus o abençoe mais e mais

Luciano

Olá boa noite , quero dar um conselho a todos peça ajuda ao Espírito Santo quando for ler a Bíblia

jose paulo de lima

presado pastor; se a igreja nao passara pela grande tribulaçao e os mortos em cristo ressucitarao para serem juntos aos vivos arrebatados. e os que morrerem durante a grande tribulaçao confesando jesus quando irao ressucitar?

enoque cardoso martins

Querido Pastor a Paz do Senhor. gostaria que o senhor me ajudasse no entendimento sobre o assunto do novo céu e nova terra de quem habitara na terra. outra assunto que queria sua ajuda e sobre os 144.000 que vieram da grande tribulação, eles morarão no céu junto com a igreja arrebatada? de já agradeço a sua atenção aguardo a sua ajuda.

Aparecido

A paz irmãos. É bastante interessante o assunto mas não podemos afirmar que o que detém o anticristo é a igreja pois a mesma somente é pronunciada como sujeito feminino. E não masculino. A igreja também é um corpo se houver dois arrebatamento o corpo estaria dividido Km

Wesley Braga Pessoa

Maravilha de respostas Pastor Ciro, Deus continue lhe usando poderosamente em suas mãos. Sobre Apostasia em 2Ts. 2.3 concordo com o senhor, embora creio que ela não tenha sido traduzida para o português, essa palavra é apostasia mesmo, que significa de acordo com o dicionário Grego-Português do Novo Testamento Grego Quarta edição da Sociedade Bíblica do Brasil: Apostasia, Rebelião.

Daniel Brasil

Pr Ciro, vi um teólogo adventista dizer que a doutrina do arrebatamento é do Século.XIX. Pergunto ao sr se há evidências históricas de pais da igreja ou teólogos antigos que criam e ensinavam sobre o arrebatamento.

Mauro José Luiz

Caro pastor as 70 semanas de Daniel são referentes a Israel, toda as 70 semanas. a Igreja é um Hiato, não está inserida nas 70 semanas. As setenta semanas das quais falta se cumprir a 70ª são para os judeus. Leia atentamente o texto: Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo(Israel), e sobre a tua santa cidade(Jerusalém). Note que todo o texto faz menção de um povo especifico(os judeus) - Dn 9.24-27. A última semana é descrita pelo profeta Jeremias como "um tempo de angustia p/ Jacó

PR GERALDO V R R J

PASTOR a paz do SR JESUS parabens deicha DEUS te uzar

José Alves Bispo

Prezado Pastor, a Paz do Senhor! Antes de mais nada, parabéns por suas explicações sempre bem embasadas na Palavra. Tenho duas dúvidas: 1 - Com relação ao período da Grande Tribulação, a Bíblia nos fala em Ap. 13. 15-18, em combinação com Ap. 20.4, que aqueles que não aceitarem o número da Besta e nem a adoraram serão degolados. No entanto, conforme Ap. 19.20, 21, os que aceitarem o sinal da Besta serão mortos pelo próprio Cristo, também no contexto de Zc. 14. A pergunta é: Quem sobrará para o

Braz januario da silva:

Caro Pastor; no meu entender em Iº tess 4; 13-17, fala do arrebatamento da igreja incluindo os vivos transformados antes da tribulação- Em mat: 24;29-30 fala da vinda de Jesus em gloria apos a tribulação para julgamento das nações,e apos esse julgamento satanás seá preso e inicia-se o milenio o que será um período de AUTOCRACIA pelo próprio Cristo. Está correto a minha interpretação.

Junior

Em apocalipse 7:9-17 fala dos mártires na gloria que passaram por grande tribulação, se esta multidão representa todos os que creram em Jesus, então são os que desde quando Jesus estava na terra até o dia do arrebatamento, não é só os ultimo que estavam vivos na época do arrebatamento, que passaram por grande tribulação, então grande tribulação se refere a todos os que aceitaram Jesus como salvador, pois somos mais perseguido por guardar a palavra.

Junior

Se o anticristo é o Messias que os judeus esperam, só estes podem ser enganados, pois os que aceitaram cristo como salvador, que já veio em carne e morreu para salvar todo aquele que nele crer, estes se permanecerem firmes na graça serão arrebatados, já os judeus que ainda esperam o Messias serão arrebatados quando abrirem os olhos e crerem que Jesus é o Messias que eles esperavam. Estes passaram pela grande tribulação para se arrependerem.

SOSTENES OFICIAL

PENSO EU QUE A IGREJA NAO SOFRERÁ OS JUIZOS DERRAMADO SOBRE A TERRA ,POREM PENSO QUE , A APOSTASIA OCORRERÁ PRIMEIRO EM SEGUIDA MANIFESTARÁ O INIQUO FILHO DA PERDIÇAO EM SEGUIDA ACONTECE O ARREBATAMENTO,

Danilo Luiz Santos da Silva

A Paz Do Senhor Jesus Cristo, Pr Ciro. Se o arrebatamento ocorrerá antes da tribulação, como interpretar o que a bíblia nos fala em 1 Tes 2:3, nos diz que para a vinda de Cristo ocorrer, acontecerá dois eventos: 1 - a Apostasia - 2 - A manifestação do Anticristo. Partindo por uma exegese bíblica, entendemos que o período da Grande tribulação inicia-se com a manifestação do Anticristo. Como agora entender? Será isso mesmo, a igreja passará pela brande tribulação? Conto com a ajuda do senhor.

Itaniel

Prezado pastor Ciro: o senhor pode me esclarecer sobre a 2ª vinda do Senhor: A esperança do apóstolo Pedro era diferente do apóstolo Paulo? Conforme a doutrina Pré quando Paulo escreveu 1ª Ts. 4:15-18 ele está se referindo a 1ª fase da Vinda de Jesus e o texto bíblico de 2ª Pedro 3:7-10 é referente a 2ª fase da vinda do Senhor (?). Pedro estava ensinando algo "desnecessário" para a igreja? O texto escrito por Pedro aponta o "Fim do mundo" e destruição do planeta com a Vinda do Senhor.

Caio

Pois o mistério da iniqüidade já opera; somente há um que agora o detém até que seja tirado; e então será revelado esse iníquo, a quem o Senhor Jesus matará como o sopro de sua boca e destruirá com a manifestação da sua vinda; (2Tess 7-8). O esírito do anticristo já opera, mas ele não pode se manifestar, porque ainda existe na terra um povo cheio do Espírito Santo, um povo que ora, que jejua, que busca ao Senhor, este povo impede sua manifestação! Aleluia!

Ciro Sanches Zibordi

Caio, se o irmão cita "até mesmo a Bíblia de Estudo Pentecostal", então leia o estudo O PERÍODO DO ANTICRISTO, nas páginas 1.856-1858. Ali o irmão vai conhecer o REAL significado de "apostasia", que nada tem que ver com "partida". Não confunda exegese com eisegese!

Caio

Ao meu ver Paulo apenas estava os relembrando o que havia dito antes, que antes do Dia do Senhor viria o arrrbatamento, e nós versículos 7-9 ele só confirma. Abraços!

. Caio

Pastor Ciro, até mesmo a Bíblia de Estudo Pentecostal em seu estudo sobre "apostasia pessoal" (pg. 190) observa que o termo grego "aphistemi" é definido como decaida, deserção, rebelião, abandono, RETIRADA OU AFASTAR-SE". 2Tessalonicenses 2 poderia sim estar falando de uma rebelião contra Deus ou afastamento da fé, mas a palavra fé está lá. Além do mais, não pode se referir ao que o anticristo fará, pois está partida precede o seu aparecimento e não o contrário.

Ciro Sanches Zibordi

Caio, KJV antigamente também chamava a Epístola aos Hebreus de "Epístola de Paulo aos Hebreus". As boas versões bíblicas, ao longo do tempo, têm sido aperfeiçoadas, como é o caso da própria KJV. Eu particularmente aprecio muito as versões em inglês, especialmente a NASB e a ESV. Todas, hoje, após análises e mais análises feitas por ERUDITOS, traduzem o termo em apreço, constante de 2 Ts 2, para "APOSTASIA". Bem, teólogos respeitados e eu estamos convencidos de que a tradução está corretíssima.

Ciro Sanches Zibordi

Irmã Adriana, apesar de truncado o seu comentário, consegui entender a sua pergunta. Peço-lhe que leia, aqui mesmo neste blog, um artigo que escrevi sobre o Arrebatamento secreto. Link: http://www.cpadnews.com.br/blog/cirozibordi/apologetica-crista/178/o-arrebatamento-da-igreja-sera-mesmo-secreto.html

Adriana

B.tarde pastor,qual a base bíblica para acreditar em um arrebatamento secreto?qual sua visão sobre Margaret McDonald e o jesuíta Francisco ribeiro,ambos católicos e que tiveram essa visão pré tribulacionista com arrebatamento secreto.AK vai meu apreço e a paz de Cristo.

Adriana

B.tarde pastor,qual a base bíblica para acreditar em um arrebatamento secreto?qual sua visão sobre Margaret McDonald e o jesuíta Francisco ribeiro,ambos católicos e que tiveram essa visão pré tribulacionista com arrebatamento secreto.AK vai meu apreço e a paz de Cristo.

Caio

Antes da King James em 1611, todas as traduções em inglês, por exemplo, traduziam como “departure” ou "depart" (retirada). Consulte Wycliffe Bible (1384); Tyndale Bible (1526); Coverdale Bible (1535); Cranmer Bible (1539); Breeches Bible (1576); Beza Bible (1583); Geneva Bible (1608). Consulte também a Vulgata Latina, de Jerônimo (ano 400), que trás “discessio” (retirada, afastamento).A King James em 1611 traduziu como “fallen away”, e as demais foram seguindo o mesmo erro.

Caio Silva

Pr Ciro, as primeiras 7 traduções inglesas traduziram o termo "aποστασια" em 2Tess 2 como afastamento/partida, pois o termo em si significa simplesmente isto ("partida, separação, afastamento, ir embora, remoção"), o que creio eu se tratar claramente do Arrebatamento da igreja, pois a iúnica partida ou remoção que Paulo citou era esta, logo no versículo 2. Além do mais, os versículos 6-7 confirmam meu pensamento! Abraços e obrigado!

Ciro Sanches Zibordi

Irmão Sônia, WOW! Que argumento! Desculpe-me... Mas, o que a irmã diz sobre Lucas 21.36, considerando o texto grego?

Sônia

O texto mais usado pelos pré tribulacionistas é simples olhando no original. A expressão "da hora" da provação no original é "ek tês hóras" = "da hora". Porém, a chave pra entender é a partícula "ek" que quer dizer "a partir DE DENTRO". O escritor poderia ter utilizado outras palavras, mas ele escolheu uma justamente que quer dizer que a Igreja seria guardada "de dentro" da hora da provação. Ele poderia ter usado "apo" se ele quisesse dizer que a Igreja não passaria. Portanto a igreja passa!

Ciro Sanches Zibordi

Irmão Claudio Costa, a paz do Senhor. Em última análise, a Igreja é formada por todos os salvos de todas as épocas. Nesse caso, não somente os mártires, mas todos os salvos do período posterior ao Arrebatamento farão parte da Igreja.

Claudio Costa

Pr. Ciro, os mártires serão participantes da igreja que não foram arrebatados e rejeitaram a marca da besta ou, estão relacionados aos judeus que se "converteram" durante a grande tribulação?

Ciro Sanches Zibordi

Qual é sua fonte, irmão Caio? O irmão pensa que os eruditos que traduziram a Bíblia para os mais diversos idiomas se equivocaram? Acredite que W. E. Vine, Merril F. Unger, William White Jr., Stanley Horton, Russel Shedd, Antonio Gilberto e tantos outros eruditos que já interpretaram 2 Tessalonicenses 2 estão igualmente equivocados?

Caio

Querido pastor Ciro, a palavra ali é exatamente usada em Atos como "aparta-se", ou seja, ir embora, partir.

Caio Silva

Concordo plenamente que o arrebatamento é pré-tribulacional, Paulo ensinou que Cristo por meio de sua vinda dos céus "nos livra da ira que há de vir" (1Tessalonicenses 1.10), também mostrou que o Arrebatamento antecede Dia do Senhor, "pois Deus não nos destinou para a ira" (1Tessalonicenses 4.16-17 com 1Tessalonicenses 5.1-9), e o próprio Jesus prometeu que os crentes escapariam da grande tribulação (Lucas 21.36), pois Ele viria sem demora para os livrar deste terrível período (Ap 3.11).

Alex Rocha

A paz pastor, em uma de suas respostas o senhor cita: 2 tessalonicenses 2. Aqui, a palavra de deus mostra que o anticristo só se manifestará quando o povo de deus for tirado da terra (vv. 6-8). Ótima resposta por sinal, mas como explicar este texto sem a chamada doutrina da predestinação especialmente os versículos 13 e 14?

Ciro Sanches Zibordi

Irmã Terezinha alves, Escatologia é difícil, mesmo. Em Teologia Sistemática, ela é estudada por último, pois faz parte do grupo das doutrinas mais difíceis da Bíblia. O meu conselho à irmã é que dedique um tempo para estudar especificamente a Escatologia, consultando obras de autores piedosos, como Antonio Gilberto, Stanley Horton, Elinaldo Renovato de Lima etc. Modéstia à parte, também tenho um livro que pode ajudá-la: ERROS ESCATOLÓGICOS QUE OS PREGADORES DEVEM EVITAR (CPAD, 2012). Abraços.

Sérgio Luís

Pr. Ciro,a paz do Senhor. Agradeço a atenção dispensada. Desculpe, não me expressei corretamente. Quando disse controverso,quis dizer,na verdade, de difícil compreensão e,por isso,pode gerar discussões e controvérsias. Seu humilde leitor e,acima de tudo, irmão em Cristo.

Terezinha alves

Confesso que fiquei confusa.nao conseguir assimilar tantas perguntas e questionamentos adversos.ou seja. Indiferentes....no meio de tanta explicaçao e discordancia....tennho q pedir misericordia pra Deus pra eu entender melhor e me preparar melhor pro dia da sua vinda ou caso eu partir antes com seguranca de morar nas mançoes celestiais.paz!!

Ciro Sanches Zibordi

Irmão Sérgio, o assunto é difícil, mas à luz da Bíblia não é controverso. Ele é controverso à luz da filosofia. Mas o irmão tem razão: precisamos orar e pedir graça a Deus para, humildemente, apreender a sã doutrina em nossos corações. A paz do Senhor.

Ciro Sanches Zibordi

Eder Souza, já conheço essa posição expressa no vídeo, da qual discordo. A parábola em apreço está ligada à parábola dos dois servos (Mt 24.45-51). Mateus liga as duas com o conectivo "Então". Na parábola anterior, os servos são recompensados ou condenados segundo suas obras. A parábola das virgens diz respeito ao Reino (Mt 25.1)! Como o Senhor Jesus já tinha parado de verberar contra líderes judeus (cf. Mt 23.39), sua intenção foi claramente dirigir-se a seus seguidores (a nós, por extensão).

Sérgio Luís

Pr.Ciro,a paz do Senhor. O assunto em pauta é controverso, e,por isso mesmo, requer leitura, pesquisa e acima de tudo inspiração do Espírito Santo. Sejamos sóbrios. Que Deus nos abençoe.

Eder Souza

A paz do Senhor Pr. Ciro Em resposta ao irmão Bruno Lopes o senhor pergunta para ele qual base bíblica ele usa para dizer que a parábola das dez virgem diz respeito a Israel e não a igreja. Pr. João Maria Hermel em uma aula na escola de obreiros de Abreu e Lima ele fala sobre esse assunto. o senhor ira encontrar a parti de 1:05:00 https://www.youtube.com/watch?v=TNWE8W6OhoA

Ciro Sanches Zibordi

Irmão Caio, discordo da sua explicação. A maioria dos ERUDITOS, de várias escolas, concorda que o termo em apreço, ali, denota claramente "abandono da fé" (cf. 1 Tm 4.1), e não "partida". Grato por sua opinião.

Ciro Sanches Zibordi

Irmã Olivia, não é minha pretensão convencê-la. Pelo contrário, a irmã não é obrigada a concordar comigo. Mas penso que a irmã deveria, se desejar, é claro, expor com a Bíblia na mão o seu pensamento ou mostrar o que no meu texto contraria o que está escrito na Palavra de Deus.

caio

À luz do verdadeiro significado da palavra apostasia aprendemos que ele é escondido no contexto do assunto. A palavra apostasia no grego é uma palavra composta. “Apo” – (de- separação, ponto de partida) e “istemi”- (levantar-se). Concluimos que o significado básico é partida, e retirar-se de.

Olivia

Desculpe nao foi convicente, o senhor se contrapoe muitas vezes. Seguirei estudando o assunto e pedirei ajuda do Santo espirito. No mais nao importa quando meu Senhor voltara o importante é estarmos prontos.

Ciro Sanches Zibordi

Caro Ivan, não vejo com bons olhos essa interpretação. Apostasia ali é apostasia, mesmo! Não há nenhuma indicação, nem em termos de idioma, nem no contexto etc., que indique que o termo grego "apostasia" em 2 Tessalonicenses 2.3 signifique "partida". Esse termo, aliás, só aparece duas vezes no Novo Testamento. A outra é Atos 21.21, onde o termo significa "apartar-se".

Ivan

Caro Pr. Ciro, a Paz de nosso Senhor Jesus Cristo. O que o senhor acha da interpretação de que o termo grego "apostasia" em 2 Tes 2:3, pode significar "partida"? Assim, pode-se interpretar que o Anticristo só se manifestará após a partida da Igreja. É o que afirma o estudioso das profecias bíblicas Thomas Ice. 2 Tessalonicenses 2:3 Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, Maranata!

Ciro Sanches Zibordi

Bruno Lopes, segundo o Novo Testamento, a Igreja ingressa nas Bodas do Cordeiro já galardoada. Leia, por exemplo, Apocalipse 22.12. Ademais, aconselho o irmão a ler de novo, devagar, com calma, pois em nenhum momento eu disse que haverá Bodas do Cordeiro sem Igreja? Quanto à parábola das dez virgens, qual é a sua base bíblica para afirmar que o Senhor se referiu a Israel, e não à Igreja?

Bruno Lopes

Prezado Pastor segue o meu comentário anterior. Em Mt 25 a parábola das 10 virgens faz uma alusão a Israel e não a igreja, pois está acontecendo um casamento o Noivo ( Cristo ) e a Noiva ( igreja ) já faz parte da festa. Então as virgens representa a Israel , tanto as loucas como as prudentes. Explica para me . Grato Bruno L.

Bruno Lopes

A paz do Senhor. Prezado pastor Ciro, com todo respeito eu fiquei confuso com o seu ponte de vista no texto em geral, principalmente nos tópicos '3','5', '6',' 8' etc. Caro Pastor no tópico '3' o senhor alude que irá acontecer o arrebatamento, tribunal de Cristo e bodas. Como pode acontecer o tribunal de Cristo sem a igreja ? Como pode acontecer as bodas sem a igreja ? As bodas representa o casamento, cuja noiva e a igreja e o Noivo é Cristo. Não entendi a sua posição nesse tópico ! Em Mt 25 a

Deixe seu comentário







Perfil

Ciro Sanches Zibordi é pastor, escritor, membro da Casa de Letras Emílio Conde e da Academia Evangélica de Letras do Brasil. Autor do best-seller “Erros que os pregadores devem evitar” e das obras “Mais erros que os pregadores devem evitar”, “Erros que os adoradores devem evitar”, “Evangelhos que Paulo jamais pregaria”, “Adolescentes S/A” e “Perguntas intrigantes que os jovens costumam fazer”, todos títulos da CPAD. É ainda co-autor da obra “Teologia Sistemática Pentecostal”, também da CPAD.

COLUNISTAS