Colunistas

Ciro Sanches Zibordi

Ciro Sanches Zibordi

Grande mídia evangelicofóbica ataca outra vez

Sab, 20/06/2015 por Ciro Sanches Zibordi

Um gay é assassinado ou é agredido. Quem são os culpados? Antes de qualquer apuração, a grande mídia, o parlamentar bbbrasileiro com nome francês e sobrenome que nos faz lembrar de um carro antigo, bem como os ativistas LGBTUVWXYZ vão para as redes sociais e sentenciam: "Os culpados são os pastores fundamentalistas". Um famoso médium é assassinado com requintes de crueldade, e o túmulo de Chico Xavier é violado. Adivinha quem fez tudo isso? Os "perigosos evangélicos", é claro!

Bem, das duas, uma: Ou os evangélicos são realmente a escória da sociedade, intolerantes, preconceituosos, cruéis; ou existe uma grande orquestração evangelicofóbica e hitlerista pela qual se pretende gerar uma perseguição generalizada contra todas as pessoas que professam a fé evangélica.

Aliás, a grande mídia já afirmou que "traficantes evangélicos" expulsam mães e filhos de santo de favelas; que "bandidos evangélicos" incendiaram sede da ONG AfroReggae (RJ); que "fundamentalistas evangélicos" estão por trás dos crimes homofóbicos, etc. Agora, ela tem afirmado — ou, pelo menos, sugerido — que "intolerantes evangélicos" apedrejaram uma menina candomblecista de 11 anos. Meu Deus, como os evangélicos são preconceituosos e cruéis!

O que fazer, diante de tantas acusações? Devemos chamar gays, religiosos e ateus, a fim de lavar os seus pés diante das câmeras da Rede Globo, pedindo-lhes perdão por nossa intolerância e reconhecendo que somos a escória da sociedade? Ou devemos — com ousadia, mansidão e temor (At 4.31; Fp 1.16; 1 Pe 3.15) — pregar e defender o Evangelho, respondendo a essa estratégia hitlerista e evangelicofóbica de querer transformar os evangélicos nos grandes vilões da pós-modernidade?

Ciro Sanches Zibordi

26 comentários

Gabriel Ramos Tavares de Pinho

Amado pr Ciro Zibordi,o senhor acha que o fato do Bispo Edir Macedo ser proprietário de uma rede de tv não nos ajuda?Ele por ser evangélico,não difamaria outros evangélicos!

Gabriel Ramos Tavares de Pinho

Meu caro Pr Ciro,o senhor não mencionou que temos um irmão,dono de uma grande rede de TV,o Bispo Edir Macedo,e ele não é evangelicofóbico,é um homem de Deus,servo do Altíssimo,que pode nos defender,desses ataques da Globo,do Jornal O Globo,Extra,que tbm pertencem a Organizações Globo!A Globo sim odeia os evangélicos,e a Record não,a Record é evangélica!

Jardeane

Ser cristão é não abrir mão da verdade. a bíblia diz para não fazermos acepção de pessoas, mas, ela também diz para não amarmos o mundo e nem o que nele há, portanto amamos as pessoas mostrando as verdadeiras condições com que elas podem agradar a Deus e rejeitamos o mundo quando não apoiamos o pecado delas para pousar de bonzinhos para elas, afinal, a bíblia diz que bom só é Deus que deu a condição de sermos salvos da morte eterna através de Jesus Cristo, seu filho amado.

JARDEANE

O grande fato aqui não é propriamente o "LAVAR DOS PÉS" mas, o que significa o contexto, ou seja: QUAL O OBJETIVO DE LAVAR OS PÉS? Nesse caso o objetivo aqui é "LIBERAR PERDÃO". Agora covenhamos dizer que o único que pode LIBERAR PERDÃO é Jesus e ele faz isso mediante ao arrependimento do pecador. Afinal sempre que Jesus fazia isto era quando um pecador vinha ate ele angustiado e procurando alívio de suas dores e decidindo servi-lo. Lavar os pés de alguém não é pecado dependendo do objetivo.

Débora

O que nós temos que fazer é continuar pregando a verdade do Evangelho, que é Jesus, porque é para isso que estamos aqui, e não pra ficarmos tentando justificar as ações de quem nem sequer faz parte do Corpo de Cristo. Pelos frutos nós conhecemos quem é de Cristo e quem não é. O mundo também sabe disso, mas finge que não vê; afinal eles querem que pareçamos cruéis para que, assim, tenham mais uma desculpa para não se achegarem a Deus. O interessante é que ninguém faz notícia dos bons exemplos.

Débora

Isso não significa, no entanto, que nós somos cruéis e preconceituosos só porque a mídia está dizendo. Nós ainda representamos Cristo aqui, e se estão acreditando nessas acusações contra nós, não significa que é porque estamos agindo assim, mas sim que, mais uma vez, o povo está acreditando na mentira. Não foi diferente com Jesus, afinal o que tinham contra ele não era verdade, mas apenas invenções dos que queriam matá-lo.

Débora

Primeiramente, parabéns pelo texto, Pr Ciro. É fato que a mídia está sempre querendo nos culpar de tudo isso. Porém, a culpa não é nossa se alguns, dizendo-se evangélicos, andam por aí com discursos de ódio. Nós, cristãos, pregamos o amor; quem não prega isso não faz parte da Igreja de Cristo. Mas é claro que a mídia nunca vai se importar com esse fato, ela quer apenas nos incriminar de tudo para que suas notícias façam sucesso.

Jéter

Desculpe o segundo comentário, mas o espaço é pequeno.. hehe. Se o sr não quiser publicar, sem problemas. Mas veja, gosto da história de Zaqueu: o que realmente transformou a vida de Zaqueu, foi o simples fato de Jesus não tratá-lo mal, e ainda desejar pousar com ele! O Mestre foi criticado pelos religiosos por fazer isso. Os únicos a quem Jesus apontava os pecados eram os hipócritas do templo, que julgavam-se superiores e livres de pecado. Aos pecadores, Ele sempre apresentou compaixão e cura.

Jéter

Meu caro pastor, li seu texto. Fico muito feliz que essa janela para o diálogo tenha sido aberta. E concordo plenamente com o Sr que, quando falta a verdade, as coisas perdem o sentido... O senhor fala de um suposto falso evangelho que estaria ensinando que o cristão deve "ficar calado para não parecer preconceituoso". Eu discordaria disso também, e nunca o afirmei: antes, o cristão deve pregar, sim, e NÃO SER preconceituoso. No evangelho, o agir vem antes do falar: Jesus dizia e fazia (At 1.1).

PAULO

VEJO COM PREOCUPAÇÃO E COM TEMOR AS AGRESSÕES QUE ESTÃO SENDO FEITAS AO POVO DE DEUS, OS NOSSOS LIDERES ESTÃO FUGINDO DA SABEDORIA PARA CEDER ESPAÇO E ABRIR BRECHAS PARA SATANAS. TENHO VISTO MUITOS LIDERES COMO PEDRO ISSO NÃO É BOM, JESUS SOFREU E NOS NÃO SEREMOS DIFERENTE. NÓS ESTAMOS ABRINDO BRECHAS.VAMOS MAIS NOS DEDICAR MAIS NA PALAVRA E ESQUECER O MUNDO E DEUS VAI AGIR. E QUE DEUS NÓS ABENÇOA, PORQUE JÁ ESTAR COMEÇANDO A PERSEGUIÇÃO.

Ciro Sanches Zibordi

Caro Jéter, já que o irmão é estudante e deve ter bastante disposição para ler textos um pouco mais longos, peço-lhe que leia mais um artigo, aqui: http://cirozibordi.blogspot.com.br/2015/06/o-lava-pes-e-o-evangelho-politicamente.html. Copie o link e cole. Aqui o irmão encontrará referências bíblicas pelas quais fica claro o casamento entre o amor de Deus e a verdade de sua Palavra. A paz do Senhor.

Jéter

Eu imagino o que significa tal adjetivo. O senhor não forneceu nenhum embasamento bíblico para sua afirmação de que o Amor deve ser "validado" pela verdade. Qual verdade? A verdade de quem? A única coisa que importa é se o AMOR é" de verdade". Sei muito pouco sobre sobre o sofrimento dos judeus no nazismo, como qualquer um que não sofreu os mesmos escárnio, discrminação, e violência. Sou um estudante, não posso dizer que SEI nada, apenas que estudo. Quanto às Escrituras, aguardo o texto...

Ciro Sanches Zibordi

Jéter, você sabe o que significa o adjetivo "hitlerista"? Sabe qual foi a estratégia usada pelo nazismo para difamar os judeus e fazer com que a sociedade os odiasse? Procure saber. Quanto ao amor, ele só tem validade ao lado da verdade. Quem abre mão da verdade por causa do amor, está mais que equivocado. Está completamente enganado! Estude melhor as Escrituras.

Jéter

Hitlerista? Discordo. E usando a palavra FUNDAMENTALISTA, a pessoa reconhece que nem todos os evangélicos são iguais, e não é "evangelicofóbica". O talibã é fundamentalista, a família da Malala Yousafzai não é, mas todos se declaram muçulmanos. Concordo com a Erica. Era assim que Jesus disse que seríamos conhecidos? Se a Bíblia está correta, Ele disse assim: "Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos: se tiverdes amor uns pelos outros” (Jo 13.34,35). Sem amor, tudo é vão (1 Co 13).

ccdos

A segunda alternativa sem duvida nao temendo o leao que brama ao nosso derredor mas servindo a cristo e professando e anunciando sua verdade.

DEbora

A midia faz isso pq ela nao tem referencial.

Flaviana Alzira

Parabéns pelo seu texto e também pelo seu posicionamento como Pastor e como cristão, venho acompanhando as postagens do Pastor Ciro Sanches Zibordi pelo facebook e tenho notado que ele é diferente, diferente dos demais lideres evangélicos desse pais que muitas vezes tem se posicionado de maneira que contradizem com a nossa conduta de vida cristã. Pessoas como você Ciro Sanches Zibordi , eu posso dizer que me representa. Que Deus continue te abençoando.

Sérgio Luís

PR.Ciro, a paz do Senhor. Mais uma vez venho parabenliza-lo pelo texto pontual e coerente; desta vez com uma deliciosa pitada de ironia ( risos). É bem possível que alguns "evangelicos" mal orientados possam ter cometido estes crimes. Porém, me parece estranho estes fatos virem à tona quando após uma desastrada manifestação gay, símbolos cristãos foram desrespeitados ( não exclusivamente evangélicos). Será coincidência?

Leandro Chagas

É muita coincidência esta onda de acontecimentos... Não descarto a possibilidade de estarem promovendo estes fatos para incriminar os evangélicos, nos difamar perante a sociedade. Agora, precisamos ter sabedoria na hora de reagir. Não vejo muita vantagem em partir para o embate em redes sociais ou rádio e televisão. Isto só ajudará a promover esta guerra religiosa.

Edson

Houve audiência pública no STF, esta semana, sobre ensino religioso em escolas públicas (querem "ensino sobre religiões", dado por não religiosos; afinados ideologicamente, claro). Em paralelo, surgem esses casos, bem divulgados, justamente enquanto se aguarda decisão do STF. A mãe de santo e avó da menina "apedrejada" é "pesquisadora de marketing", veja o vídeo: .

Leandro Sales

Tô vendo muita gente dizendo que o Pastor Silas tem que imitar Jesus, no que diz respeito a ser humilhado, ofendido e ficar caladinho, tomando como base o que Paulo fala em 1Corintios 11:1: "Sede meus imitadores como sou de Cristo". O sacrifício, a humilhação de Cristo foram necessárias para que Ele cumprisse a sua missão. Hoje a Igreja é perseguida de forma maliciosa através da mídia e tem gente que acha que não devemos combater isso. Ai quando o Pastor Silas se expõe para bater de frente com e

grande

Apoio. Está correto pastor. Estão perseguindo os evangélicos.porém Deus não dorme

Ciro Sanches Zibordi

Erica, a irmã está equivocada. Jesus lavou os pés dos seus DIS-CÍ-PU-LOS. Penso que nós como evangélicos temos de saber separar as coisas. Somos cristãos, mas também somos CIDADÃOS. O apóstolo Paulo, que é um paradigma para os cristãos, exigiu ser tratado como cidadão romano, segundo a lei (At 16.35-40). O fato de haver alguns evangélicos mal-orientados não dá o direito à grande mídia de perseguir claramente o povo evangélico.

Dionatan Vidal Martins

Sempre muito pontual.

Erica

Jesus lavou os pés dos apóstolos e também mandou pregar o evangelho. Acho que essas coisas não se excluem. Acho que precisamos, como evangélicos, pensar no tipo de testemunho que temos dado ao ponto de a mídia dizer que um de nós apedrejou a menina e a população julgar plausível! Ninguém acreditaria se dissessem que Jesus tinha jogado a pedra. Qual tem sido a distância das nossas ações das de Cristo? Jesus também ensinou que se conhece a árvore pelos frutos...

Elias Domingos

A perseguição ganha força, mas com mansidão devemos pregar e defender o e pregar sacrossanto Evangelho de Cristo Jesus.... Que Deus continue te instrumentalizando Pr. Ciro Sanches Zibordi, e que o senhor seja sempre este apologéta, com graça unção e conhecimento defendendo o Evangelho de Cristo...

Deixe seu comentário







Perfil

Ciro Sanches Zibordi é pastor, escritor, membro da Casa de Letras Emílio Conde e da Academia Evangélica de Letras do Brasil. Autor do best-seller “Erros que os pregadores devem evitar” e das obras “Mais erros que os pregadores devem evitar”, “Erros que os adoradores devem evitar”, “Evangelhos que Paulo jamais pregaria”, “Adolescentes S/A” e “Perguntas intrigantes que os jovens costumam fazer”, todos títulos da CPAD. É ainda co-autor da obra “Teologia Sistemática Pentecostal”, também da CPAD.

COLUNISTAS